Hábitos que prejudicam nosso intestino - Melhor Com Saúde

Hábitos que prejudicam nosso intestino

Você sente dor de estômago quando está nervosa? Ainda que estejamos acostumados a focar na alimentação, o estresse e as preocupações também podem afetar o nosso sistema digestivo.

Inflamação, gases, pressão abdominal… os intestinos cumprem uma função essencial em nosso organismo e, mais ainda, de algum modo, estão relacionados também com nossos estados de ansiedade e estresse. São muitos os fatores que afetam sua saúde, problemas que às vezes podem culminar, inclusive, no conhecido intestino irritável. O que podemos fazer? Quais hábitos devemos mudar para manter nossa boa saúde intestinal.

1. Altos níveis de estresse podem prejudicar seu intestino

estresse pode atrapalhar seu intestino

Devemos levar isso a sério. O ritmo de vida que levamos atualmente, a nossa pressa, preocupações, nossa ansiedade e nosso estresse, afetam diretamente a saúde de nosso estômago e nossos intestinos. Existem teorias que falam deles como “o segundo cérebro”, de fato são neles onde se sintetizam alguns neurotransmissores, daí então a importância de dar certo equilíbrio e tranquilidade a nossa vida. Muita ansiedade pode derivar, segundo os especialistas, em intestino irritável, é por isso que devemos observar os seguintes pontos:

  • Altera o Sistema Nervoso Autônomo. Influi na correta mobilidade dos intestinos, acelerando-os ou baixando seu ritmo.
  • Altera o Sistema Endócrino. Se produz o aumento na produção de alguns hormônios associados aos estresse, como a adrenalina e o cortisol, o que provoca problemas na digestão dos alimentos.
  • Ingestão em excesso. É muito conhecido o hábito de algumas pessoas de comer em excesso para aliviar os nervos e a ansiedade, provocando, assim, o acúmulo de comida a ser digerida, que os intestinos não podem executar de modo tão rápido. Originam-se problemas de digestão e de absorção dos alimentos.

Lembre-se, pois, que os hábitos de vida e as emoções, impactam diretamente em nosso organismo, em especial os intestinos. Encara a vida de modo mais leve, devagar, desfruta sua vida e de seus entes queridos com tranquilidade.

2. Uma alimentação inadequada e errada

2.1 Evitar alimentos fritos, processados, fast-food e com alto teor de gorduras

Alimentos com alto teor de gordura prejudicam o intestino

Hambúrgueres, batatas fritas, frango frito com muito óleo, pizzas, aros de cebola, todos sabemos reconhecer o fast-food, no entanto, em muitos casos recorremos a elas por falta de tempo ou, simplesmente, porque gostamos. Mas, quantas vezes já te ocorreu que depois de ingeri-la você sentiu, por exemplo, dor de estômago ou cólicas intestinais? Estas comidas apenas dispõem de fibras solúveis, assim que, quando consumidas em excesso, estimulam o trato intestinal e podem causar tanto diarreia como prisão de ventre.

  • Conselhos: Usa o forno para cozinhar, já que deste modo você usará menos óleo. Quando preparar verduras, por exemplo, é ideal fazê-las a vapor. E com relação ao óleo mais saudável que podemos usar, lembre-se que é sempre o de oliva extra virgem.

2.2 Evitar carnes vermelhas

Excesso de carne vermelha pode fazer mal ao intestino

Por que devemos evitar as carnes vermelhas? Principalmente porque são difíceis de ingerir, têm muita gordura e muitas vezes não conhecemos sua origem. É comum que se alterem geneticamente os animais para que cresçam rápido, originando, assim, uma carne cheia de toxinas que não são nada recomendáveis.

Conselho para sua saúde: A carne mais recomendável é aquela que é magra, como, por exemplo, a carne de frango ou de peru. Quando comprá-la, procure investigar sua origem, onde foram criados os animais. E quando cozinhá-las, evitar fritá-las. É melhor preparar a carnes com receitas simples na grelha ou no forno.

2.3 Evitar os lácteos

Lácteos em excesso podem irritar o intestino

Os lácteos são outro alimento causador da síndrome do intestino irritável. Em geral muitos produtos lácteos nos fazem  mal, não são digeridos com facilidade e carecem de fibra. Dispõem, além disso, de gordura e lactose, causadores de problemas sérios digestivos, que podem nos causar tanto diarreias como prisão de ventre. Melhor evitar os lácteos sempre que possível.

  • Conselhos para sua saúde: É simples, basta substituir o leite de vaca por leites vegetais, naturais e saudáveis como o leite de aveia, de arroz, de amêndoa, nozes e, inclusive, de pistache. São fáceis de encontrar em lojas de produtos naturais e também podemos nós mesmos prepará-los. Vale a pena tentar.

3. O uso de alguns medicamentos

Alguns medicamentos podem fazer mal ao intestino

Há muitos estudos que nos explicam que diversos problemas de saúde presentes em nossos intestinos, como pode ser, por exemplo, o caso da síndrome do intestino irritável, está relacionado com o uso dos antibióticos. Muitas pessoas começaram a desenvolver esta doença justo depois de ter sofrido alguma infecção severa. O uso excessivo deste tipo de medicação prejudica diretamente os nossos intestinos.

Mas, como isso ocorre? Os antibióticos não distinguem entre as bactérias boas e as ruins, sua função é basicamente a de acabar com qualquer microorganismo que esteja diante dele, por isso surgem graves desequilíbrios em nossa flora intestinal.

Mas, teremos que cuidar, porque pode ocorrer o mesmo com outros medicamentos como os que utilizamos, por exemplo, para a prisão de ventre ou a diarreia, sempre é melhor nestes casos recorrer a remédios naturais ao invés dos fármacos convencionais. De todos os modos, e para ficarmos mais tranquilos, sempre é preciso consultar um médico para que ele dê uma opinião e informe sobre os efeitos secundários dos medicamentos que tomamos.