Irmãos, os melhores amigos que não escolhemos

Irmãos, os melhores amigos que não escolhemos

As discussões fraternas, longe de serem negativas, podem nos ajudar a crescer. Embora possamos ter altos e baixos no relacionamento com os nossos irmãos, sabemos que sempre estarão lá quando precisarmos deles.
irmãos

Os amigos são pessoas importantes que estão ao nosso lado porque, de alguma forma, nós os escolhemos. Isso não acontece com os irmãos, os membros da nossa família que chegam a ser nossos melhores amigos e com quem compartilhamos uma grande parte da nossa vida.

A relação entre irmãos é uma das mais intensas que viveremos.

Em outros relacionamentos, quando há algo de que não gostamos ou quando estamos constantemente discutindo, provavelmente terminamos a relação. Isto não acontece entre irmãos, onde os altos e baixos são mais do que normais.

Sempre poderemos contar com nossos irmãos

irmaos-os-melhores-amigos-que-nao-escolhemos

Nossos irmãos serão as pessoas que nos conhecerão melhor. Nós não escolhemos viver com eles, mas eles compartilharam vários anos de nossas vidas.

Esta é a coisa mais difícil para qualquer casal, mas entre irmãos não foi uma opção. Esta situação faz com que, por mais problemas que surjam, eles precisem ser solucionados sempre.

Além disso, o fato de que tudo sempre termina bem e que você acabe perdoando apesar de todas as discussões e brigas é baseado no amor incondicional que existe entre vocês.

Um amor forjado ao longo dos anos em que vocês compartilharam risos, lágrimas, brincadeiras, reflexões, dúvidas, opiniões…

Quer descobrir uma grande curiosidade?

As discussões entre irmãos, longe de serem negativas, podem nos ajudar emocionalmente a aprender a controlar nossos impulsos e ser flexíveis, a colocar de lado todos aqueles sentimentos negativos que podem nos tomar em um momento de raiva.

Leia: Os efeitos das emoções e pensamentos negativos no nosso corpo

irmaos-os-melhores-amigos-que-nao-escolhemos

Mas o que mais pode nos trazer a nossa relação com os nossos irmãos? Aqui deixamos algumas informações que, provavelmente, vão lhe surpreender:

  • Nossa autoestima aumenta.
  • A capacidade de ser generoso aumenta.
  • Ainda que não acreditemos, somos mais pacientes.
  • Evitamos problemas emocionais em idades precoces.
  • A solidão não será algo que sentiremos de forma próxima.

É claro que muitas destas circunstâncias podem ser desenvolvidas sem a necessidade de termos irmãos, mas digamos que o fato de termos esse tipo de relacionamento potencializa nossa capacidade de adquiri-las.

O relacionamento entre irmãos não se compara a nada

Embora tenhamos uma relação muito forte de amizade com alguém, é impossível comparar um relacionamento entre irmão de verdade com qualquer outro.

Pense que, desde pequenos, vocês viveram juntos, têm uma confiança que não pode ser equiparada com a que você pode ter com outras pessoas.

irmãos-fofocando

Inconscientemente vocês permanecem juntos, apesar de seus maus (e bons) momentos. Tudo o que é prometido no casamento e que, se o mesmo não correr bem, acaba se quebrando, não acontece em uma relação de irmãos.

Descubra: O amor está nos pequenos detalhes

É verdade que, às vezes, não temos nada disso. Há relacionamentos entre irmãos em que um deles é muito tóxico ou em que, por algum motivo, a incompatibilidade se faz presente.

Isto às vezes ocorre e resulta em uma relação desastrosa, que deixa uma experiência ruim na pessoa que a vive.

Sabemos que, ainda que às vezes surja o egoísmo ou outras circunstâncias desagradáveis, o normal é que acabemos cedendo e tendendo para o compartilhamento. Quando isso não acontece, talvez estejamos diante de um irmão malévolo, que não nutre sentimentos positivos.

No entanto, o normal é que os irmãos façam parte da nossa experiência de vida e que constituam o que consideramos família.

Ainda que cedo ou tarde sigam caminhos diferentes, você saberá que em seu reencontro continuarão mantendo essa confiança que sempre tiveram.

E se alguma coisa acontecer comigo ou se eu tiver um problema? Você sabe que com uma chamada seu irmão estará lá, pronto para ajudá-lo.

irmaos-os-melhores-amigos-que-nao-escolhemos

Antes que você vá, recomendamos: Nossos irmãos mais velhos: amigos e segundos pais

Pense nos relacionamentos entre irmãos como árvores. Por mais que seus ramos se separem, sempre compartilharão a mesma raiz, de forma que por mais que se separem, sempre manterão um vínculo.

Esses olhares cúmplices, essa linguagem que só vocês dois entendem, esses segredos que você nunca revelaria a ninguém.

Os irmãos são uma parte importante de nossas vidas, por isso devemos valorizá-los, protegê-los e mantê-los. Não haverá relacionamento mais puro e saudável do que esse.

Uma relação baseada no verdadeiro amor incondicional.