Como melhorar a má circulação nas pernas? - Melhor com saúde

Como melhorar a má circulação nas pernas?

As varizes surgem por causas genéticas e hormonais e impedem a boa circulação do sangue. Para preveni-las, os exercícios cardiovasculares são os mais recomendados.

O seguinte artigo é dedicado as nossas fiéis e dedicadas companheiras na luta diária: nossas pernas! Quantas vezes as deixamos de lado sem lhes dar importância e os cuidados que merecem por nos ajudar em tão valiosa função de caminhar e nos deslocar de um lado a outro?

Você poderia imaginar quão difícil seria nossa vida sem elas? Ou se não pudessem funcionar corretamente? Já chegou a imaginar? Vamos aprender a valorizá-las e a cuidar delas. Um problema comum na nossa vida são os incômodos por conta da má circulação em nossos membros inferiores.

A má circulação causa desde as incômodas veinhas até as varizes antiestéticas e, além de tudo, ainda são dolorosas, incapacitantes e com graves complicações, como a trombose.

A trombose indica a formação de um coágulo de sangue no interior de um vaso sanguíneo, este trombo, ou coágulo, pode se converter em embolo, caso se desprenda do seu lugar de origem, e é arrastado pela corrente sanguínea com perigosas consequências para a vida, até a morte.

O que são e por que se produzem as varizes?

São dilatações das veias causadas por acúmulo de sangue estancado em seu interior. Na sua maioria, apresentam-se por causas genéticas e hormonais, com maior frequência em mulheres. Outras causas são a obesidade, a gravidez, maus hábitos de vida, entre outros, os quais impedem uma boa circulação do sangue ocasionando o aumento do tamanho das veias.

Quais são algumas das medidas preventivas para má circulação?

Prevenir má circulação

As caminhadas de ao menos 30 minutos são muito benéficas para a saúde das pernas.

A natação e os passeios de bicicleta são muito recomendados para prevenir as varizes. Quando for descansar, o melhor é elevar as pernas para contribuir com o retorno venoso, evitando o estancamento do sangue.

Devemos evitar expor as pernas a muito calor, seja tomando sol em horários pouco adequados ou com banhos de imersão muito quentes. Poderíamos optar por roupas mais folgadas e cômodas ao invés de calças justas, que limitam a boa circulação do sangue.

A depilação com cera quente não é recomendada para aqueles que sofrem de varizes. As massagens também são benéficas, mas não podem ser bruscas e com muita pressão. Devem ser realizadas por um especialista, pois, caso contrário, poderiam agravar os sintomas.

Nutrição e remédios favoráveis

A vitamina E é recomendável para aqueles que sofrem de problemas de circulação. Também, o Creme de Pimenta de Caiena é utilizado para ser aplicado externamente, podendo melhorar a dor nas pernas. A niacina ou Vitamina B 3 relaxa os vasos sanguíneos melhorando a circulação. O extrato de alcachofra diminui a pressão arterial, e previne a arteriosclerose.

Circulação das pernas

Tenhamos em conta o valor de cuidar das nossas pernas, para assim, desfrutarmos de uma vida plena com nossos entes mais queridos, sem nenhum tipo de incapacidade.

Os remédios que podemos utilizar para melhorar a circulação das pernas generosamente agraciados pela nossa mãe natureza são:

  • Ginkgo biloba: possui a capacidade de dilatar as veias e, dessa maneira, o sangue circula melhor.
  • Alho: evita a formação de coágulos.
  • Unha de gato: diminui a capacidade de coagulação do sangue.
  • Cavalinha: Atua como diurético, melhorando a circulação. Faça uma decocção durante 30 minutos de 100 gr da planta seca por litro de água. Beba dois copos por dia.
  • Hamamélis: Pode-se esfregar ou realizar fricções com a água de hamamélis para aliviar a dor e o inchaço das pernas com varizes.
  • Castanheiro-da-índia: Faça uma decocção da casca em uma colherinha por copo de água. Beba dois copos por dia.
  • Argânia: o óleo de argânia pode ser utilizado cru para temperar a salada.
  • Salgueiro: Faça uma infusão de uma colherada pequena da casca por copo de água. Beba um copo a cada dois dias.