Gravidez sem inchaços: confira dicas para evita-los

Inchaços durante a gravidez, como evitá-los?

Infelizmente, o sintoma de pernas e pés inchados é muito comum entre as gestantes, desde o início do sétimo mês até o fim da gravidez. Por isso, alguns cuidados para prevenir tais incômodos serão muito úteis.

O inchaço intensifica-se em dias mais quentes?

No verão, mais precisamente, as mulheres grávidas são as que mais sofrem com a mudança de temperatura, pois em dias de calor excessivo, elas têm a sensação de que estão inchadas, as pernas e os pés são os pontos mais sentidos.

Os membros inferiores são os mais atacados durante o verão, a esse fenômeno conhecemos como edema gravitacional.

Esse mal-estar acontece de forma gradual, ou seja, começa leve e aos poucos vai aumentando, gerando um grande desconforto.

Prevenção para os inchaços

É muito importante, antes mesmo da gravidez, que a mulher saiba o que é necessário fazer para prevenir os inchaços comuns desse período. Dentre os cuidados mais recomendados encotramos:

  1. Reduzir o sal na alimentação;
  2. Beber bastante líquido;
  3. Não permanecer na mesma posição por longos períodos;
  4. Elevar as pernas de vez em quando;
  5. Consultar um médico em casos de inchaço nos membros superiores (mãos, cabeça, braços e rosto), pois estes são considerados perigosos, e podem ser diagnosticados como diabetes gestacional;
  6. Realizar um bom pré-natal.

Como evitar inchaços na gravidez

Causas dos inchaços na gravidez

A causa mais comum é a retenção de líquidos, além do aumento do tamanho do útero, que faz com que a região da pélvis fique cada vez mais apertada no decorrer dos meses de gestação, dificultando a circulação sanguínea e provocando o formigamento.

O excesso de líquido no sangue também pode contribuir para encher a bexiga, causando desconforto.

O que evitar durante a gestação?

  • Sapatos e roupas apertadas;
  • Malhação pesada;
  • Passar muito tempo sentada ou em pé;
  • Muito sol.

O perigo do inchaço nas mãos e no rosto

O mal-estar causado pelo inchaço na região das mãos e no rosto durante a gravidez, e também em crianças, chama-se pré-eclâmpsia.

Este tipo de problema é muito comum nas grávidas assim que elas completam a vigésima semana. Isso ocorre por causa de um aumento na pressão sanguínea, porém, é tratável.

Mamães e bebês são cuidados de forma a não terem outros prejuízos na saúde. Mas, sintomas desagradáveis como o zumbido nos ouvidos e enjoos podem aparecer. O tratamento mais conhecido é próprio parto, entretanto diminuir o sal já é um caminho. Além de repouso frequente.