O autoconhecimento pode ser sinônimo de felicidade -Melhor com Saúde

O autoconhecimento pode ser sinônimo de felicidade

As pessoas que conseguem o autoconhecimento sabem que a perfeição nem sempre é possível, e assim, são capazes de ser mais felizes, pois vão estabelecendo metas realistas.
O autoconhecimento pode ser sinônimo de felicidade

Se conseguirmos saber bem quem somos e como somos estaremos dando um passo muito importante.

Seremos os autênticos arquitetos de nossa vida e conseguiremos alcançar o bem-estar e a plenitude para desenvolver todo o potencial que podemos ter.

O conceito de felicidade

  • Entre as definições de felicidade está a que a define como um estado de bem-estar, satisfação pessoal e plenitude.
  • Nesse estado, a pessoa se sente grande, completa e com capacidade de enfrentar qualquer situação.

Leia também: A felicidade deve nascer dentro de você, não ao lado de alguém

O autoconhecimento para a felicidadeMulher feliz porque se autoconhece

  • Os especialistas concordam que uma das chaves mais importantes para conseguir ser feliz é o autoconhecimento pleno.
  • Também é a tomada de consciência pessoal acerca da identidade, valores, recursos e capacidades que tem cada pessoa.

A chave para ser feliz através do autoconhecimentoMulher com diferentes rostos

No primeiro passo estaria a tomada de consciência de que não somos os donos de nossas vidas. Dessa forma, assimilaremos que somos milagres vivos e que fazemos parte de uma natureza dinâmica, repleta de abundância e possibilidade de crescer.

Temos que observar nossos pensamentos, ser testemunha deles, das emoções e resultados.

Não nos empenhemos em nos julgarmos em demasia, simplesmente sejamos meros observadores.

Mudar os pensamentos

Uma vez detectados os pensamentos negativos é preciso substituí-los por outros alternativos, e observar de novo o seu impacto.

A chave é a felicidade no lugar do temor, ou seja, no lugar de focar-se nos medos e aumentá-los, conectar-se à felicidade que vem de estar vivo e da capacidades de análise.

Algumas ações que ajudam no autoconhecimento

Está demonstrado que gerenciar e controlar nossas emoções nos aproxima mais da felicidade. Nossa felicidade pode ser medida pela interpretação do que se passa em nós.

Sempre estão nos ocorrendo coisas, algumas mais tristes, outras mais alegres, mas o mais importante não é o que nos acontece, mas sim como interpretamos isso.

Nesta interpretação influem fatores como o controle de emoções, a forma em que nos conhecemos e gerenciamos nossa realidade, o entorno que nos rodeia…. E, sobretudo, nossas reações.

Conseguir a felicidade

A felicidade não é fazer o que se quer a todo momento, mas sim querer o que se faz. Que a cada dia tentemos desfrutar das circunstâncias com as quais temos que viver. 

É preciso compreender que o bem-estar não é sinônimo de felicidade, mas sim que a felicidade é uma atitude frente ao que fazemos.

Às vezes somos felizes ao recordar de eventos dos quais desfrutamos no passado. Essa recordação está comprovada que altera a química do cérebro.

A chave para a nossa felicidade começa a irrigar nosso cérebro com recordações positivas. Desta forma, basta se lembrar de realizações felizes para poder mudar nosso estado de ânimo graças à secreção de serotonina.

Motivação

É importante levantar-se pela manhã com um objetivo. Não importa se for grande ou pequeno, mas com um propósito… nossos dias podem ser diferentes.

Os pensamentos negativos mudam o nosso mundo interno. Assim, gerenciar nossas emoções e viver o aqui e o agora nos enche de otimismos e gera pensamentos positivos.

Estes pensamentos positivos nos ajudarão a secretar as endorfinas necessárias para modificar nossa saúde e nosso entorno. E acima de tudo,  a melhorar a vida de casado

Algumas palavras necessáriasCasal que se conhece bem

Entre as palavras que mais mudarão a nossa percepção da vida estão: por favor, obrigado e perdão. É mediante nossa linguagem que nos manifestamos ao mundo e nos predisporemos a enfrentar nosso dia.

  • Por favor nos abre o caminho para interagir com outra pessoa.
  • Obrigado supõe agradecimento, que é a memória do coração.
  • Perdão nos serve como terapia, entendendo as circunstâncias pelas quais perdoamos a nós mesmos e a nossos semelhantes.

Visite este artigo: Pessoas rancorosas não perdoam e nem esquecem

Conselhos para o autoconhecimento

  • Conhecermo-nos de verdade. Quando nos conhecemos nos compreendemos, aceitamo-nos e começa a nossa superação. Não é possível superar-se ou mudar algo se a própria pessoa não se conhece.
  • Evitar a autocrítica exagerada e o perfeccionismo permanente. As pessoas perfeccionistas demais têm insatisfação, e isso gera negatividade.
  • Está demonstrado que as pessoas insatisfeitas adoecem com mais frequência e têm mais enxaqueca do que aquelas que aceitam as situações.
  • É importante promover um diálogo interno positivo para nos auto apoiar.
  • Dizem que para podermos ser felizes devemos estar dispostos a fracassar para assim nos darmos conta do que é importante e do que é supérfluo.

Metas que se devem conseguir

É importante fixarmos as metas passo a passo, ou seja, visualizar primeiro objetivos e metas pequenas. Dessa forma, com o pequeno, consegue-se o grande.

Devemos trabalhar todos os dias na obtenção de metas pequenas para alcançar um objetivo maior. O mais importante é não perder o estado de automotivação interna.