O coletor menstrual, uma alternativa aos absorventes internos - Melhor com Saúde

O coletor menstrual, uma alternativa aos absorventes internos

O coletor menstrual é uma alternativa ecológica e saudável aos absorventes internos e externos. Ele não contém substâncias tóxicas e nos ajuda a prevenir infecções.

A cada dia escutamos falar mais dos efeitos negativos dos absorventes para a saúde, associados aos seus componentes tóxicos. Mas, sem os absorventes, quais opções restam as mulheres que não desejam renunciar de sua comodidade?

Nesse artigo, apresentamos o coletor menstrual, uma alternativa ecológica, econômica, cômoda e, principalmente, saudável.

Quais riscos corremos ao usar absorventes?

Dentre os componentes dos absorventes, encontramos algumas substâncias tóxicas. Uma dessas substâncias é o asbesto, uma substância mineral capaz de aumentar o sangramento menstrual, o que faz com que usemos mais os absorventes. Outro problema dessa substância é que pode ser cancerígena.

Como ela é comercializada para ingestão oral não é considerada ilegal, mas, ao utilizar absorventes externos e internos ela entra em contato com a mucosa de nosso útero e o corpo a absorve diretamente na corrente sanguínea.

Outro componente tóxico é a dioxina, usada para branquear as fibras dos absorventes. Ela também é potencialmente cancerígena e pode alterar o sistema imunológico e o reprodutivo, além de ser um fator contribuinte para problemas de endometriose. Vários estudos, e inclusive algumas instituições, já declararam que o contato repetitivo com essa substância é muito perigoso.

Finalmente, os absorventes também contêm raiom, um componente que serve para absorver e que pode chegar a causar um choque tóxico.

Tendo todos esses perigos em vista, com certeza muitas de nós nos perguntamos: Então por que a venda de absorventes não é proibida? Simples, eles são considerados como produtos que não são ingeridos, logo, sua toxicidade passa a ser desconsiderada no mercado. Porém, muitas mulheres os usam habitualmente, e basta calcular quantas horas usamos o produto em períodos menstruais ao longo de nossa vida para entender que o contato contínuo com ele deveria ser o suficiente para garantir que não existisse nenhuma substância tóxica ou potencialmente perigosa.

É preciso considerar que nesse caso, o uso de absorventes externos é menos perigoso, mesmo que eles também contenham dioxina, porque pelo menos nesse caso não estão em contato direto com a parte interna da vagina.

É possível encontrar no mercado absorventes preparados com 100% de algodão natural e sem processos de branqueamento, mas o ponto negativo desses produtos é que costumam ser muito caros.

O coletor menstrual

Por sorte, temos uma alternativa aos absorventes convencionais, o coletor menstrual. Ele é feito totalmente de silicone e tem o formato de semelhante a um pequeno copo. É flexível, o que permite que seja facilmente dobrado quando introduzimos na vagina. Uma vez lá dentro, recolhe o sangramento sem absorvê-lo. Quando o retiramos, basta esvaziar descartando o sangue em um vaso sanitário e lavar simplesmente com água e sabonete, para voltar a utilizá-lo.

No fim do período menstrual esterilizamos bem, fervendo-o em água, e guardamos até o período seguinte. Também podemos ocasionalmente limpá-lo com água oxigenada, vinagre ou sabonetes naturais.

coletor-menstrual-Zane-Selvans

Conheça algumas vantagens do coletor menstrual:

  • É ecológico, pois é fabricado com silicone e dura aproximadamente dez anos;
  • É econômico, afinal, não é descartado depois de cada uso;
  • É saudável, pois não contém nenhuma substância tóxica em sua composição;
  • É prático, pode ser usado da mesma maneira que um absorvente interno, sem que precisemos levar mais na bolsa;
  • Ajuda a prevenir infecções como a cistite, diferentes dos absorventes;
  • O coletor tem uma capacidade aproximada de 30 ml, que é mais ou menos um terço do sangramento total de uma mulher durante o período menstrual, por isso não há a necessidade de removê-lo habitualmente, como é o caso dos absorventes;
  • Nos ajuda a ter uma relação saudável com nossa menstruação, sem tabus, conhecendo nosso fluxo e ritmo natural ao menstruar.

Tipos de coletores

Existem muitas marcas de coletores menstruais no mercado. Podemos comprá-los em lojas de produtos naturais ou pela internet.

Geralmente existem dois tamanhos, um para mulheres mais jovens ou que ainda não tiveram filhos, e outro um pouco maior, para mulheres mais velhas ou que já são mães.

coletor-menstrual-Greencolander

Como usá-lo?

Ao comprar um coletor recebemos também as instruções detalhadas do produto, porém, é possível encontrar diversos vídeos mais detalhados de seu uso na internet. Basicamente, comprimimos a parte larga do coletor para introduzi-lo bem, uma vez que esteja interno o soltamos para que se abra. Para retirá-lo basta puxá-lo suavemente pela base.

Talvez no início seja um pouco custoso de usar, mas rapidamente aprendemos a fazê-lo com mais agilidade e naturalidade. Já existem mulheres que o adotaram e não o trocam jamais. 

Imagens oferecidas por Zane Selvans e Greencolander.