O que é ansiedade e como superá-la? - Melhor Com Saúde

O que é ansiedade e como superá-la?

Já sofreu de ansiedade alguma vez? Muitas pessoas responderiam que sim, mas não saberiam explicar exatamente em que consiste tal sentimento, o que torna mais difícil encontrar uma solução. Remédios naturais, plantas relaxantes, terapias emocionais, exercício físico, suplementos nutricionais…

Há muitos bons conselhos para reduzir a ansiedade, porém neste artigo vamos explicar verdadeiramente o que é a ansiedade, o que nos levará também à única maneira que temos para eliminá-la de nosso dia a dia e melhorar nossa saúde física e emocional da forma mais natural e eficaz.

Não é sua inimiga

Geralmente, quando sofremos de qualquer problema de saúde, tanto físico quanto emocional, costumamos reagir como se estivéssemos diante de um inimigo. No entanto, muitos especialistas em remédios naturais explicam que nosso corpo sempre tende a tentar sobreviver, e definitivamente se vê obrigado a nos alertar sobre nossos maus hábitos em relação à saúde.

Por exemplo, quando temos febre devemos entender que nosso organismo está elevando a temperatura do corpo para combater os germes que querem nos adoecer.

Quando sentimos dor de cabeça, possivelmente signifique que estamos realizando muito esforço mental ou temos uma saturação de toxinas no organismo.

Do mesmo modo, a ansiedade também aparece para fazer com que nos conheçamos um pouco melhor.

ansiedade-máxima

É uma mensageira

A ansiedade aparece quando o corpo precisa nos dizer alguma coisa que estamos negando, algo que não queremos escutar ou aceitar, mas que sabemos que está aí. Você se identifica com alguma destas frases?

  • Realmente não desfruto do que faço.
  • Sinto-me sobrecarregado, trabalho além das minhas possibilidades.
  • Há algo que impede a minha felicidade.
  • Não estou fazendo o que desejo.
  • Preocupo-me excessivamente com o que a família ou os amigos pensam de mim.
  • Quero fazer uma mudança importante, mas não me atrevo.
  • Sinto que não controlo minha vida.

As pessoas que sofrem de ansiedade costumam ter alguns destes sentimentos, porém a maioria não foram compreendidos, ou talvez foram, mas não lhe deram a atenção necessária.

ansiedade-1

Então, o que é?

Sendo assim, podemos dizer que a ansiedade é um mecanismo de autodefesa, uma maneira inteligente de falarmos com nós mesmos, que nos obriga a nos escutar. Quando sofremos de ansiedade temos que saber que há algo que deve ser mudado. Uma verdadeira mudança relacionada com o nosso entorno, nosso modo de vida ou as pessoas que nos rodeiam.

Até conseguirmos solucionar isso, não iremos eliminá-la de nossas vidas, inclusive se buscarmos tratamentos convencionais ou naturais.

O medo e a ansiedade

Um dos maiores problemas que as pessoas ansiosas têm é o medo. Quando sentem ansiedade, ficam nervosas e isso acaba aumentando mais ainda o sentimento, portanto, somente  seremos capazes de manter a serenidade quando percebermos deste detalhe.

É provável que sintamos tremores, suor frio, aceleramento cardíaco, gaguejo, dificuldade para respirar, perda de visão e enjoos. O que podemos fazer neste momento de crise? Sentar, respirar fundo e não se preocupar demais pelas coisas. Quando já estivermos mais tranquilos será o momento de refletir sobre a causa que originou a ansiedade.

yoga-meditação

Sinais prévios

Nosso corpo vai nos avisando antes de sofrermos de ansiedade pela primeira vez. Se aprendermos a detectar os sinais, poderemos prevenir também episódios futuros:

  • Estresse
  • Insônia
  • Dor de cabeça
  • Nervosismo
  • Tendência a ficar doente
  • Impaciência e descontrole

Se você estiver sofrendo com algum destes sintomas ou estiver começando a notar a ansiedade, recomendamos que comece a adotar mudanças em sua vida. Desta maneira, poderá eliminá-la de forma mais natural, melhorar sua qualidade de vida e prevenir outras doenças mais graves no futuro.

Se aprendermos a observar nosso corpo e a nos escutar, nosso organismo não vai enviar alertas o tempo todo. Não há remédio mais natural e eficaz do que pôr isto em prática.