O tempo leva toda a dor - Melhor com Saúde

O tempo leva toda a dor

Ainda que nos pareça que as feridas da alma nunca vão sarar, tudo o que precisamos para que cicatrizem é tempo. Continuarão ali, porém já não doerão.
O tempo leva toda a dor

Não importa o dano que tenha lhe feito, o quanto você sofreu. No fim, o tempo levará toda a dor.

São muitas as frases que fazem referência a este espaço que precisamos para que essa ferida que temos cicatrize. Uma lesão que deixará marcas, mas que já não nos fará sentir nada.

Tendemos a buscar a solução no aqui e agora. Queremos um remédio efetivo com o qual não seja necessário passar por uma etapa de dor ou um período de ainda mais sofrimento.

Porém, isso não funciona assim, e muito menos quando nossos sentimentos e emoções se encontram implicados.

É preciso dar tempo ao próprio tempo.

O tempo e a aceitação de uma nova perspectiva

Homem sentindo dor

Nossas emoções embaçam nossa visão e nos tornam cegos. É por isso que, quando somos espectadores de uma situação, há muitas coisas que não entendemos.

Pense, como exemplo, nas pessoas maltratadas que voltam com seus parceiros ou inclusive justificam suas péssimas ações contra elas.

Você, como pessoa que presencia o que acontece, não entende como o outro não faz uma denúncia. Como não procura por ajuda… Talvez em sua mesma situação poderia agir da mesma forma que a pessoa abusada.

A pessoa maltratada tem sentimentos encontrados e é vítima de uma manipulação constante. Sua falta de autoestima e suas emoções a levam a não saber tomar decisões.

Leia: O que tenho agora é calma, e sofri muito para consegui-la

Mulher que sente dor e se esconde

Por que essas pessoas tentam justificar as ações de seus agressores? Simplesmente, porque suas emoções se tornaram cegas. Não é o mesmo ver uma circunstância de determinada perspectiva e vivê-la em pessoa.

Por isso, quando as adversidades chegam a nossa vida é importante dar-lhes tempo. Só nos afastando e colocando certa distância é que conseguiremos analisá-las melhor.

Verdade que quando você se encontra em uma circunstância extrema não consegue agir ou falar como gostaria? Isso é porque suas emoções o controlam.

O que dói hoje, deixará de doer amanhã

Mulher envolta por nuvem de dor

Por mais difícil que nossa vida tenha sido no passado, hoje somos pessoas novas.

Ainda que você tenha passado por uma experiência de maus tratos, tenha passado um longo período desempregado ou alguém que você amava tenha ido, você já não vive tudo isso como antes.

Nossas emoções não perduram no tempo. Não passamos o ano todo tristes, nem se quer podemos ficar um dia todo nos sentindo completamente contentes e felizes.

Isso porque as emoções flutuam e mudam. O que acontece se uma emoção se prolonga? Então pode ser que estamos diante de um caso de depressão ou transtorno que precisa ser controlado.

Não perca: 7 chaves para a resiliência: a coragem que vem de dentro

Imaginemos que seu parceiro foi infiel e isso lhe causou uma grande dor. Você passou por um período em que não confiava em ninguém, mas isso não foi eterno. No fim, você superou.

O que dói hoje deixará de doer amanhã, ou depois, ou mês que vem. Somos diferentes e precisamos de nosso próprio tempo para que todas as feridas se curem.

Tudo tem seu lado positivo

Mulher feliz sem sentir dor

Ainda que você pense na mais terrível das situações, sempre há um ensinamento positivo que pode ser tirado dela.

  • O primeiro é, poder aprender. Se você tropeça na mesma pedra é porque você desejou issoSe não está em suas mãos sorteá-la, pelo menos saberá enfrentá-la com mais coragem.
  • O segundo é que você sai mais fortalecido. Todo problema ou adversidade nos tornará muito mais fortes do que antes, muito mais corajosos.
  • A terceira é que você conhecerá melhor a si mesmo. O que acontece conosco nos põe à prova e nos ajuda a descobrir como atuamos diante de todas essas circunstâncias que não são cotidianas.

A dor não o enfraquece, mas o fortalece. É apenas algo que você sente, mas que, com o tempo, se vai.

Antes de ir, não deixe de ler: Perdoe, solte e feche o passado

Quando você olhar para trás não sentirá a mesma cosia e inclusive pode ser que pense “o quanto foi tolo por agir assim, deveria tê-lo feito de outra forma”.

Porém, se não tivesse passado por isso nunca teria refletido sobre como agiu naquele momento.

Não nascemos sabendo. E mais, nunca deixamos de aprender.

Lembre-se de que o sofrimento sempre tem os dias contados.