Os perigo da obstrução das artérias coronárias

A obstrução das artérias coronárias e o perigo que representam para a saúde

As artérias coronárias são as responsáveis por transportar sangue com oxigênio ao músculo do coração. Quando essas artérias se veem obstruídas, se produz o que se conhece como doença coronária,  que provoca um fornecimento inadequado de sangre ao coração, sendo um problema de saúde altamente prejudicial.

Se a obstrução nas artérias é completa, é possível que isso chegue a danificar as áreas do coração implicadas. Em muitos desses casos,  a pior das consequências é a morte do músculo cardíaco, e o que mais preocupa hoje é que essa doença se tornou a principal causa de morte no mundo.

As pessoas que sofrem de artérias coronárias obstruídas têm um alto risco de sofrer um ataque cardíaco ou enfarte do miocárdio. A doença afeta tanto homens, como mulheres e, em ambos os casos, os índices de mortalidade são bastante altos.

Quais são as causas da doença coronariana?

Obstrução das artérias

A obstrução das artérias coronárias é causada principalmente pela acumulação de depósitos gordurosos e de cálcio no interior das artérias. Esses por sua vez são compostos por colesterol, cálcio e outras substâncias no sangue. Em geral, as causas principais da doença coronária são:

  • Espessamento das paredes das artérias que alimentam o músculo do coração.
  • Acumulação de placas adiposas dentro das artérias coronárias.
  • Estreitamento das artérias coronárias.
  • Bloqueio do fluxo sanguíneo por conta de um coágulo formado dentro das artérias coronárias.
  • Inflamação das artérias coronárias.

A obstrução pode ocorrer em uma ou mais artérias coronárias, sem importar sua localização. Do mesmo modo, existem diferentes graus de gravidade. Ao evitar que o fluxo sanguíneo passe corretamente para o músculo do coração, essa doença pode produzir sintomas como dor torácica ou falta de fôlego, entre outros.

Sintomas da doença coronariana

Sintomas de obstrução das artérias

Um dos maiores problemas da obstrução das artérias coronárias é que ela costuma se desenvolver ao longo de muitos anos. Isso supõe um alto risco já que nas suas primeiras etapas não revela sintomas concretos e eles podem demorar em se mostrar até que a doença já esteja muito avançada e seja difícil de tratar. Os sintomas da doença coronária diferem em cada pessoa e em cada caso, mas, em geral, quem sofre com eles costuma apresentar a seguinte sintomatologia:

  • Mal estar ou dor torácica (angina).
  • Dificuldades para respirar.
  • Edema o retenção de líquidos nos pés.
  • Cansaço extremo e fatiga depois de fazer exercício.
  • Dor nos braços ou ombros.
  • Sudoração excessiva.
  • Náuseas.

Fatores de risco

Cigarro ajuda na obstrução das artérias

Quando as pessoas envelhecem, em geral apresentam um endurecimento das artérias. Entretanto, há certos fatores de risco que podem acelerar este processo ou desencadear outra causa de obstrução das artérias.

  • Sexo: o gênero masculino tem mais risco de sofrer um ataque cardíaco em comparação com as mulheres.
  • Idade: os homens correm maior risco a partir dos 45 anos, enquanto que as mulheres incrementam seu risco a partir dos 55 anos.
  • Fatores genéticos: se houver antecedentes familiares de enfermidades cardíacas.
  • Obesidade e sobrepeso
  • Levar um estilo de vida sedentário.
  • Fumar.
  • Alta taxa de colesterol.
  • Sofrer de hipertensão.
  • Sofrer de diabetes.
  • Estresse.
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas.
  • Consumo excessivo de alimentos gorduroso, açúcares, colesterol e calorias.

É possível prevenir a obstrução das artérias coronárias?

Como muitas outras doenças crônicas, um estilo de vida saudável é chave para prevenir a doença coronária. A seguir deixamos conselhos que você pode aplicar no seu dia a dia para prevenir a obstrução das artérias coronárias.

  • Manter um peso equilibrado e evitar o sobrepeso.
  • Aumentar o consumo de cereais integrais, frutas e verduras, chaves para a limpeza das artérias e melhoria da saúde do coração. Do mesmo modo, devemos evitar consumir gorduras saturadas, carne vermelha e carnes processadas.
  • Inicie uma boa rotina de exercícios que se adapte à sua idade e capacidade física. Se tiver o mau hábito de fumar, comece a procurar apoio para deixá-lo.
  • No caso de sofrer de hipertensão ou diabetes é muito importante fazer sempre um check-up para controlar essas afecções e para prevenir as sérias consequências de ambas as doenças.
  • Uma dose baixa de aspirina diária pode ajudar a prevenir a obstrução das artérias coronárias, mas é muito importante consultar previamente o médico antes de consumi-la.
  • Aumente o consumo de colesterol bom e tente ter um estilo de vida saudável para reduzir os níveis de colesterol mal e triglicérides.