Onicomicose: quando os fungos estão nas unhas 

Onicomicose: quando os fungos estão nas unhas 

O vinagre de maçã tem propriedades antimicóticas, e por isso nos ajuda a acabar com os fungos. Para prevenir o seu surgimento, tente manter os pés secos. Você pode aplicar talco em pó.

Embora seja conhecido como simplesmente fungos nas unhas, o nome médico é onicomicose, Esta infecção altera a aparência da unha no seu aspecto geral, bem como na cor como na espessura. Conheça mais sobre este problema no seguinte artigo.

Causas e sintomas da onicomicose

Trata-se de una condição muito frequente na população mundial, que começa em um só dedo (dos pés ou das mãos) e depois se estende para as outras, com o passar do tempo e a falta de tratamento. Alguns também podem apresentar pé de atleta, porque é o mesmo fungo que afeta a pele.

A onicomicose só pode ser observada pelas mudanças na unha, seja na cor, na forma ou na espessura, não tem sintomas como dores ou incômodos. Muitas pessoas demoram muito tempo em tratar o fungo e é isso que se precisa vários meses ou até anos para curar completamente.

Causas e sintomas_Onicomicose

Embora que o habitual seja tratar a onicomicose como uma alteração estética das unhas, nos casos muito avançados pode causar dores crônicas de difícil solução. O diagnóstico precoce é ideal para erradicar o fungo de forma permanente.

Entre as causas da onicomicose encontramos três tipos de fungos diferentes, o mais conhecido deles é a Candida albicans. Transmitem-se por contato direto e podem conviver com as pessoas sem produzir infecção, entretanto, quando há certas condições ou fatores que debilitam o nosso sistema imunológico, aumenta o risco de desenvolver esta patologia.

O envelhecimento é uma das razões, por exemplo, já que com a idade vão acumulando os fungos que colonizam o pé, além disso as defesas do corpo são mais fracas. Quando o pé está sempre úmido, como é o caso dos nadadores ou pessoas que utilizam sapatos inapropriado (de borracha, meias de nylon, etc.) Sofrer doenças de pele tais como as psoríase, o pé de atleta, etc.

A diabetes está relacionado a onicomicose, pois afeta as defesas do corpo. Se tiver familiares com onicomicose é mais provável que sofra o mesmo problema, seja por pré-disposição genética ou pela transmissão do fungo ao usar as mesmas toalhas, banheira, sapatos, etc. Por último, a imunossupressão ou o uso de medicamentos biológicos também podem ser a causa dos fungos nas unhas.

Fungos_Unha

O principal problema, acredita-se, é a estética pelas alterações na aparência da unha. Podemos distinguir cinco tipos de modificações:

  • A borda da unha fica amarelada e engrossa, a superfície é áspera e fragmentada.
  • Danifica a matriz da unha (a raiz), com áreas brancas ou amareladas. 
  • Pode-se ver pequenos pontos ou manchas brancas na superfície da unha.
  • A unha fica na cor marrom (em casos raros de melanoníquia).
  • A unha se deforma totalmente, fica curvada, espessa e endurecida, se desfaz facilmente em fragmentos.

Para poder prevenir o aparecimentos de onocimicose é preciso manter a higiene, evitando a proliferação dos fungos ou das bactérias. Lavar as mãos e os pés e secar bem toda vez. Usar meias adequadas de algodão e não usar sapatos muito apertado e que permita que o pé respirar e transpirar. Evitar tomar banho descalço em vestiários ou academias, nem compartilhar toalhas com pessoas infectadas. 

Quando se tem a onicomicose, é necessário manter bem curtas as unhas, que não se sobressaiam do dedo. Depois de usar as ferramentas para cortá-las, desinfetá-las. Não usar unhas postiças nem pintar as unhas.

Fungos

Remédios caseiros para os fungos nas unhas

O óleo de árvore-do- chá é um dos mais conhecidos tratamentos naturais para a onicomicose, serve para os casos leves ou moderados, já que é uma potente fungicida. Misture em partes iguais o óleo de árvore de chá com azeite de oliva e óleo de tomilho. Cubra com essa preparação a unha afetada, pode ser com um algodão ou um pincel (que não será usado para mais nada). Deixe atuar 15 minutos e esfregue com uma escova de dente a unha. Quando o pé ou a mão estiver limpo e seco, aplique umas gotas de óleo de árvore-do-chá sobre a unha.

O segundo tratamento conhecido por sua eficácia para eliminar os fungos nas unha, é com vinagre de maçã. Para isso, prepare um banho de pés com vinagre e água morna em partes iguais. Mergulhe os pés ou as mãos (ou pelo menos até molhe as unhas) durante 20 minutos. Seque bem com uma toalha e um secador de cabelo, enfatizando nas unhas afetadas mas também entre os dedos. Remedios_caseiros_fungos

Outra opção também usando o vinagre é preparar uma mistura com duas colheres, que adicionarás duas colheres de farinha de arroz grosso moída. Colocar sobre a unha, deixar atuar uns 15 minutos e enxaguar (repetir o processo de sacar indicado anteriormente).

Misture bicarbonato de sódio na água e forme uma pasta. Passe esta preparo em um algodão e depois espalhe em toda a unha, fazendo com que entre também na pele por debaixo na unha afetada. Deixe uns minutos, enxaguar e secar.

Coloque em uma panela duas xícaras de água e três colheres de tomilho. Ferver por cinco minutos, apague o fogo, tampe e deixe esfriar. Molhe um algodão ou um cotonete e coloque nas unhas que estão com onicomicose. 

Ferva um litro de água com 10 pauzinhos de canela cortadas. Coloque em fogo baixo e cozinhe por cinco minutos. Deixe descansar 45 minutos e ainda morno, despeje em um recipiente onde você pode colocar nas unhas.

Extrair o suco de uma cebola e molha um algodão. Esfregar sobre as unhas que tenha fungos. Você também pode passar diretamente a cebola cortada na metade.

Misture uma colher de suco de limão, cinco gotas de água oxigenada e duas colheres de gel de aloe vera. Coloque sore a unha afetada e deixe que se seque sozinha.

Ferva cinco dentes de alho em uma xícara de água, Despeje em um recipiente com água fria e coloque os pés ali, deixando por quinze minutos. Repetir todos os dias em mês completo.