Os 6 melhores antioxidantes naturais - Melhor com Saúde

Os 6 melhores antioxidantes naturais

Para aproveitar o limoneno que se encontra na casca dos cítricos podemos congelar a fruta e ralar a casca sobre nossas sobremesas ou pratos.

Os antioxidantes são moléculas que oferecem grandes benefícios para a saúde, já que protegem as células saudáveis dos danos que os radicais livres podem causarmoléculas que causam graves danos à saúde -, como por exemplo, mudar o DNA, as gorduras e as proteínas.

A longo prazo, os radicais livres podem causar doenças degenerativas, dentre as quais estão o Parkinson e o Alzheimer, proporcionar um alto risco de desenvolvermos algum tipo de câncer, acelerar o processo de envelhecimento, dentre muitas outras complicações.

Uma das principais fontes de antioxidantes são, sem nenhuma dúvida, as frutas e as hortaliças frescas, e essa é uma das milhares de razões pelas quais devemos considerar a possibilidade de adicioná-las à nossa lista de alimentos mais saudáveis, visto que são de grande ajuda para proteger nosso organismo dos graves efeitos que os radicais livres podem nos causar.

Por sorte, podemos contar com muitos tipos de antioxidantes, dentre os quais destacam-se as vitaminas E e C, alguns minerais como o selênio, o zinco, o cobre, aminoácidos como a cisteína e algumas enzimas como o SOD, GPS.

Da mesma maneira, existem muitos outros alimentos com maiores propriedades antioxidantes que podem ser adicionados à nossa alimentação, nos beneficiando e favorecendo nossa saúde. Mas para isso devemos conhecer esses alimentos e as propriedades que cada um deles nos oferecem. Então, aprofunde-se nesse artigo e descubra muito mais!

O limoneno

limao

O limoneno é um composto encontrado na casca das frutas cítricas, ele é quem produz o cheiro característico da laranja e do limão, além de outras frutas. Esse componente tem a propriedade de reduzir o risco de sofrermos de infarto, hipertensão, catarata, algumas doenças degenerativas e certos tipos de câncer.

As catequinas

As catequinas são da mesma família que os polifenóis, um tipo de antioxidante que tem a capacidade de ativar as enzimas do fígado, responsáveis por eliminar as toxinas. Esse composto é encontrado principalmente no chá verde, afinal, é seu principal componente, e tem grande propriedades capazes de prevenir doenças como a artrite.

O sulforano

É o principal componente da couve de Bruxelas, do rabanete, da couve-flor, do brócolis e do agrião. O sulforano ajuda a desintoxicar o organismo e sua propriedade mais importante é a de eliminar os agentes cancerígenos que possam estar em algum tipo de tumor.

O Resveratrol

sementes-de-uva

Esse é um importante e efetivo componente, encontrado principalmente na casca das uvas, e, por conseguinte, no vinho, bem como no mirtilo, na framboesa, nas ostras, nas nozes e no amendoim. O Resveratrol atua diretamente sobre as sirtuinas, as enzimas encarregadas de regular a ação de determinados genes.

O licopeno

O licopeno é o composto que dar a cor vermelha ao tomate e à melancia, bem como a outras frutas e verduras, assim, é considerado um dos mais importantes antioxidantes e não pelo seu potencial colorante, mas por ajudar a prevenir o câncer e melhorar a circulação do sangue, o que é fundamental para evitarmos problemas cardiovasculares.

A quercetina

cebola

É um pigmento natural que tem a grande capacidade de proteger o fígado, prevenir a asma, trabalhar como vasodilatador, reduzir notavelmente os níveis de açúcar no sangue e prevenir doenças cardiovasculares. É, em geral, um dos antioxidantes naturais mais importantes e efetivos que existem e pode ser encontrado no chá verde, nas uvas e na cebola.

Lembre-se:

Conhecendo o potencial antioxidante de cada um dos alimentos que consumimos e considerando a importância deles para a nossa saúde, podemos trabalhar melhor seu consumo e adicioná-los à nossa alimentação diária, assim, desfrutaremos de todos e cada um de seus benefícios e propriedades.