Os amigos beneficiam seriamente a saúde

Os amigos beneficiam seriamente a saúde

Os amigos beneficiam a saúde

“Existem pessoas em nossas vidas que nos fazem felizes pela simples casualidade de cruzarem nosso caminho. Algumas percorrem esse caminho ao nosso lado, vendo muitas luas passar, mas outras acabamos vendo apenas entre um passo e outro. A todas essas pessoas chamamos de amigos, e há muitos tipos deles.

Talvez, cada folha de uma árvore caracterize um de nossos amigos. O primeiro que nasce do broto é aquele tipo de amigo que nos mostra o que é a vida. Depois vêm os amigos irmãos, com os quais dividimos nosso espaço para que possam florescer conosco.

Passamos a conhecer toda a família de folhas, as quais respeitamos e queremos bem. Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que cruzariam nosso caminho. Denominamos muitos deles como amigos de alma, de coração. São sinceros, verdadeiros, sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz felizes.

E às vezes um desses amigos da alma estala em nosso coração, e então é chamado de amigo apaixonado. Esse faz nossos olhos brilharem, é como música em nossos lábios, um salto, como se nossos pés flutuassem. Mas também existem aqueles amigos que ficam só um tempo, talvez em uma viagem de férias ou por alguns dias, ou horas. Esses costumam colocar muitos sorrisos em nosso rosto durante o tempo que estão próximos.

E falando em proximidade… não podemos nos esquecer daqueles amigos distantes, que estão na ponta dos ramos de nossa árvore e que quando o vendo sopra, sempre aparecem entre uma folha e outra.

O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima e perdemos algumas das folhas, algumas nascem no próximo verão e outras permanecem por muitas estações. Mas o que nos deixa mais felizes é que as folhas que caíram continuam próximas, alimentando nossa raiz com alegria. São lembranças de momentos maravilhosos de quando essas pessoas cruzaram nosso caminho.

Te desejo, folha de minha árvore, amor, saúde, sorte e prosperidade. Hoje e sempre… simplesmente porque cada pessoa que passa por nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.

Haverá aqueles que levarão muito, mas nunca haverá alguém que não nos deixe nada. Essa é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso. ”

A árvore dos amigos, de Jorge Luis Borges

Costuma-se dizer que os amigos são a família que escolhemos, pessoas que se esforçam para nos escutar, ainda que não tenham respostas para todas as nossas perguntas e que compartilhem conosco cada sentimento e cada emoção.

Neste sentido, diz-se que um amigo é aquele que conhece todos os nossos defeitos e que, apesar disso, permanece ao nosso lado e nos ama.

Pode ser sangue de nosso sangue ou não, mas o que está claro é que os amigos da alma merecem o maior título, o de companheiros de vida. Sabemos que nossos camaradas são tesouros valiosíssimos e que, graças a eles, nossa árvore sempre permanecerá frondosa.

Apesar do fato de que eles desejariam muito, infelizmente eles não têm uma varinha mágica que resolva nossos problemas, mas eles não nos deixam sozinhos diante do perigo. O fato é que essa varinha mágica com a qual todos já sonhamos uma vez não existe, mas sua réplica mais certa é um bom amigo.

Não por ter a capacidade de mudar o mundo, mas porque ao seu lado as coisas têm um aroma mais agradável e uma cor mais pura. As alegrias e as tristezas de nossos amigos não são nossas, e nem as nossas são suas, mas ambos aproveitamos quando estamos felizes.

menina-pegando-coracoes-em-arvore

Os grandes amigos

A amizade é uma alma que habita em dois corpos, um coração que habita em duas almas.

Aristóteles

As boas amizades podem ser contadas nos dedos das mãos, mas essas são as mais puras, mais desinteressadas e mais livres. Podemos ter centenas de conhecidos com os quais mantenhamos uma boa conversa ou compartilhemos bons momentos, mas a sintonia e a confiança plena não se conseguem com qualquer um.

Durante nossa vida cruzamos com poucas almas gêmeas. Por isso, quando as encontramos, nos emociona a cumplicidade que podemos chegar a alcançar com alguém.

São relações baseadas no respeito e não em exigências ou em chantagens. Quando aparecem e permanecem, nos invade aquela sensação de sermos os seres mais afortunados do planeta.

É maravilhoso sentir que, para mais além do mundo que criamos, existe um sem fim de histórias para compartilhar.

amigos-em-um-balao

Não é preciso um contato físico frequente para que permaneçam unidos, e nem é imprescindível falar com tanta frequência. Porém, são capazes de recompor nossas partes quebradas com um simples abraço ou com uma palavra.

Todos sabemos que uma amizade não cresce devido à presença das pessoas, mas sim pela magia de saber que ainda que não se encontrem, estão em seu coração. Talvez passemos anos sem ver esses amigos, mas quando esse encontro acontece, o tempo parece que não passou.

O amor e a amizade baseados no respeito e na cumplicidade são os ingredientes mais importantes da receita da vida. Eles nos oferecem a possibilidade de nos permitir ser livres, e de cultivar um espaço para crescer em um mundo onde nos obrigam a permanecer sentados.

Sabendo disso, não há dúvidas de que o melhor que pode acontecer em nossas vidas é encontrar alguém com quem rir, com quem falar e com quem chorar. É gratificante saber que há quem se preocupe com nossa felicidade e está a par de nós, e vice-versa.

Não é preciso ter muitos amigos, o mais importante é ter os melhores. Esses que fazem com que nos sintamos afortunados, porque há poucas coisas tão bonitas quanto um olhar unido pela cumplicidade de duas pessoas que sabem se amar.