Pelo encravado depois da depilação: Como tratá-lo? - Melhor Com Saúde

Pelo encravado depois da depilação: Como tratá-lo?

Com certeza, já passou pela sua cabeça alguma vez, que depois de se depilar e, à medida que os dias passam, você começa a perceber como aparece uma pequena e dolorosa inflamação. Você tem um pelo encravado e não sabe como tratá-lo, dói, você fica incômoda e é uma coisa antiestética nas suas pernas ou axilas.


Em ocasiões, pode desencadear um problema mais sério, como um quisto e devemos nos submeter a uma pequena intervenção para eliminar essa infecção. Este processo nos obriga a ter que prevenir no futuro esses pequenos inconvenientes na nossa depilação diária. Entretanto, existem remédios caseiros simples com os quais é possível eliminar esse pelo encravado.

Explicamos o que fazer e como melhorar suas rotinas de beleza depois da depilação.

Como se desfazer do pelo encravado?

O pelo é, sem dúvida, um de nossos inimigos. No caso das mulheres, não há nada mais incômodo do que essa rotina quase diária para fazê-los desaparecer, seja mediante a cera, a depilação laser ou a clássica lâmina.

No caso dos homens, e apesar de que agora as barbas estejam na moda, cabe dizer que eles também não estão isentos desse problema,  portanto também vão valer para eles esses remédios simples que hoje queremos apresentar.

Por que costuma aparecer o pelo enquistado? Em ocasiões, determinados pelos, em vez de sair com normalidade através do folículo e da pele, ficam no interior, ocasionando uma infecção. Se eles continuam crescendo e não conseguem emergir para fora, eles vão se transformar em um quisto. E isso é uma coisa perigosa. Mas, podemos eliminá-los? Com certeza! Mas não é fácil e devemos manter algumas medidas higiênicas muito especiais:

1. Você deve tomar um banho de chuveiro com água quente

Ducha-com-agua-fria

A água quente abre nossos poros, tonifica a pele e, ao mesmo tempo, relaxa a capa da epiderme, tornando-a mais mole e permeável, de modo que ela vai receber muito melhor o tratamento que vamos aplicar nela.  Deixe que a água quente caia na área onde está o pelo encravado, seja nas pernas, na virilha ou nas axilas.

2. Uma suave esfoliação

Exfoliante-natural-de-cafe

O  segundo passo é muito simples. Precisamos esfoliar e estimular essa área eliminando a pele morta, mas sem ser de maneira agressiva. Faça-o de modo delicado, como uma suave massagem.

Você pode usar uma luva esfoliante ou uma esponja. Mas, você também pode utilizar esfoliantes caseiros que, como se sabe, são igualmente efetivos. Quer algum exemplo?

  • O café usado.
  • Azeite de oliva e açúcar.
  • Sal grosso.
  • Aveia e mel.

As quantidades vão depender da zona que se deseja esfoliar, onde está o pelo encravado. Em geral, uma colher só é suficiente. Depois, é só aplicá-la na luva de banho e fazer uma suave massagem na parte do seu corpo onde está o pelo encravado.

3. Os melhores óleos essenciais para o pelo encravado

Oleos-esenciais-500x290

Depois do banho quente e da esfoliação, secaremos bem a pele e vamos aplicar, com ajuda de uma haste flexível de algodão, algum dos seguintes óleos essenciais:

1. Óleo essencial de hamamelis

Por que ele é adequado?

  • O óleo de hamamelis é um grande aliado para reduzir as inflamações e as infecções. Trata o tecido ferido reduzindo possíveis infecções onde exista sangue ou pus.
  • É um bom adstringente, rico em taninos, que estimula a circulação sanguínea.

Como devo preparar o tratamento?

É só aplicar uma gotinha na zona onde está o pelo encravado e fazer uma suave massagem com a haste flexível de algodão. Faça isso duas vezes por dia.

2. Óleo essencial de árvore de chá

Por que ele é adequado?

  • É o melhor antibacteriano natural que se pode encontrar, reduz a infecção e seca o pontinho inflamado para permitir que o pelo volte a sair.
  • Em pouco mais de um dia, você vai ver como para de doer e a inflamação diminui.

Como devo preparar o tratamento?

É muito simples, vamos fazer o mesmo que com o hamamelis. Depois do banho quente e de secar adequadamente a pele, é só aplicar uma gotinha de óleo essencial da árvore do chá, e fazer uma massagem com a haste de algodão.

Se quiser que o pelo encravado se cure logo, faça-o duas vezes por dia. Primeiro, aplique um pano quente na zona afetada para, depois, umedecê-la com o óleo antibacteriano e anti-inflamatório. Vai dar muito certo.

4. Como extrair o pelo encravado

Circulacao-nas-pernas

  • Nunca faça com as mãos.
  • Use pinças afiadas e desinfetadas.
  • Quando o pontinho estiver seco e seja possível ver claramente o pelo, segure-o com as pinças com cuidado e extraia-o.
  • Por último, aplique na área um pouquinho de aloe vera ou óleo essencial de rosa mosqueta para que cicatrize e se seque adequadamente, evitando, dessa maneira, possíveis infecções.

O importante para prevenir esse tipo de problemas com pelos enquistados ou encravados é que seja realizada sempre uma boa esfoliação da pele antes da depilação e depois dela. Desse modo, eliminamos a pele morta e permitimos que o pelo cresça com normalidade.