Como o penteado influencia na saúde de seu cabelo? - Melhor com Saúde

Como o penteado influencia na saúde de seu cabelo?

Evite ficar de cabelo preso o dia todo. Ele se tensiona, perde o brilho e pode ficar quebradiço, o que no futuro pode causar queda de cabelo.

Não importa qual penteado utilizemos, o cabelo sempre será reflexo de vários aspectos, desde nossa saúde até nossa personalidade. No artigo a seguir, falaremos mais a respeito e daremos ótimas dicas para que seu cabelo esteja sempre bonito e não haja a necessidade de escondê-lo ou disfarçá-lo com tranças, lenços etc. Confira.

Relação entre o penteado e a saúde do cabelo

Sabemos que existem diferentes tipos de cabelos: lisos, ondulados ou crespos. Entretanto, olhando além da tipologia de nosso cabelo, fatores como a aplicação de tinturas, pranchas, ou o uso de secadores e shampoos inadequados podem torná-lo frágil e falsamente exuberante.

Assim, podemos fazer qualquer coisa para que o cabelo pareça maravilhoso, mas às vezes não nos damos conta de que as técnicas que utilizamos para isso desgastam as fibras capilares e causam problemas.

Logo, poderíamos dizer que todos os dias sacrificamos a saúde de nossos cabelos para melhorar sua aparência. A maneira como nos peteamos diariamente e as ferramentas ou objetos que utilizamos podem ser os responsáveis, na maioria das vezes, pela fragilidade dos cabelos e mais, por seu aspecto opaco, quebradiço, dentre outros.

penteado2

Alguns dermatologistas se reuniram para oferecer uma série de dicas para cuidarmos da saúde de nossos cabelos todos os dias, assim, além de lindas, estaremos totalmente saudáveis. Algumas dessas dicas são:

  • Não penteie o cabelo muitas vezes ao dia, isso faz com que os fios se quebrem mais na região das pontas, principalmente se o cabelo estiver seco.
  • Envolva o cabelo com uma toalha depois de lavá-lo ou deixe que seque naturalmente, assim, será possível prevenir que ele se quebre facilmente. Quando o cabelo está molhado, torna-se mais frágil, por isso é preciso esperar que seque para depois penteá-lo. Se seu cabelo é crespo, faça o contrário, aproveite a água para manipulá-lo melhor e causar menores danos.
  • Evite o uso do secador ou evite usá-lo para secar o cabelo completamente, deixando um pouco de umidade para que o cabelo termine de secar sozinho.
  • Quanto à prancha de cabelo, deve ser usada a uma temperatura média a baixa e deve ser restrito a alguns dias, e não todos os dias. O ideal é que a prancha seja usada em casos extremos e especiais (como, por exemplo, uma festa ou sair no fim de semana). Caso utilize frisador, ele não deve permanecer mais de dois segundos em cada mexa. Lembre-se que o calor danifica as fibras capilares.
  • Limite a utilização dos fixadores ou géis de longa duração, pois fazem com que o cabelo quebre ou se torne mais fraco com o passar do tempo.

crescer-cabelo

  • Evite tranças, extensões e o uso de “xuxinhas” durante um dia inteiro. Isso tenciona os fios do cabelo, tornando-os opacos e quebradiços. No futuro, inclusive, pode causar a perda de cabelo.
  • Consulte um especialista em dermatologia e pergunte mais a respeito das características e cuidados com seu cabelo. Evite procurar cabeleireiros para se instruir sobre o assunto, principalmente no que diz respeito a saúde do couro cabeludo. Para seguir as tendências da moda, procure um salão de beleza, mas sempre se informe sobre o tipo de produto que utilizam em seu cabelo.

Relação entre o penteado e a personalidade

A maquiagem, a roupa e o penteado de uma mulher dizem muito a seu respeito, por mais que todo este conjunto pareça muito “casual”. É verdade que, mudamos de look várias vezes em nossa vida e, sem dúvida, vez ou outra, esta mudança é causada por ocasiões especiais, ou pelo menos, é o que acontece com a maioria das pessoas.

Assim, por exemplo, explicamos porque, diante de uma mudança brusca em nossas vidas, a primeira coisa que fazemos é procurar um cabeleireiro para cortar e pintar os cabelos, mudando o visual.

Existem muitos mitos em torno das relações entre personalidade e como usamos o cabelo, muitas, por exemplo, acredita-se que pessoas que usam os cabelos sempre soltos costumam ser mais românticas e apaixonadas.

São mulheres clássicas, discretas, maduras e serenas, aquelas que mantêm o corte na altura dos ombros ou um pouco mais abaixo são inteligentes e amáveis. As que o usam curto, costumam arriscar mais e ter um caráter mais atlético, extrovertido e autoconfiante.

penteado3

Aquelas que optam por cabelos ondulados, trabalhados com secador e penteados, apresentam um aspecto de amabilidade e proximidade, enquanto as que optam por um cabelo completamente liso apresentam uma personalidade mais séria e distante.

As que usam grandes mechas sem muito penteado, ou costumam penteá-las com os dedos, são as que projetam uma imagem descolada e jovial, menos retraída.

E ainda, diz-se que mulheres de cabelo mais crespo são ambiciosas, mas inconstante, as de cabelo liso são mais tímidas e sensíveis, as com cabelos volumosos e grossos apresentam uma personalidade enérgica e são mais capazes de tomar rápidas decisões.

Dicas para cuidar do seu cabelo

Estas dicas vão além do que usamos para deixar os cabelos mais bonitos, ou do corte e da forma que escolhemos. São dicas para que cuidemos do cabelo diariamente, colocando atenção em sua saúde. Dentre algumas atitudes que podem favorecer a saúde de seu cabelo estão:

  • Lave-o habitualmente, pelo menos duas vezes por semana. Use, preferencialmente e se possível, shampoo neutro, mais adequado para ser usado diariamente. No verão, depois de usar a piscina ou ir a praia é preciso lavá-lo bem para eliminar o cloro e o sal, de preferência com um shampoo sem sais.

penteado4

  • Umedeça o cabelo bem antes de usar o shampoo, comece enxaguando com água morna e faça o último enxágue com água fria. Isso permitirá uma melhor circulação do sangue no couro cabeludo, estimulando o crescimento e fortalecimento do cabelo.
  • Penteie suavemente, com uma escova de cerdas separadas a uma distância moderada. Não se penteie quando o cabelo estiver seco, nem com muita força, pois isso fragilizará os fios.
  • Ajude a circulação no couro cabeludo realizando alguns exercícios, como apoiar a cabeça no chão e manter os pés para o alto com a ajuda de uma parede para apoio por pelo menos 3 minutos (ou mais, se puder e não for incômodo). Também é possível realizar massagens com um pouco de azeite de oliva, com suaves movimentos circulares, antes de lavar o cabelo.

Imagens oferecidas por Mari Morri, Uwe Trottman, Hery Zo Rakotondramanana, Jackie Waters, Kathryn Decker, Kris Krug.