Plantas medicinais para a gastrite crônica - Melhor Com Saúde

Plantas medicinais para a gastrite crônica

Cada vez mais pessoas sofrem de gastrite. Seja devido ao estresse ou à dieta inadequada, o estômago tem sido um órgão que tem sofrido muito com os hábitos modernos. A falta de exercícios também contribui para esse mal. Confira neste artigo alguns conselhos para cuidar de seu estômago e complementar um tratamento médico contra a gastrite usando remédios naturais.

O que saber sobre a gastrite?

De maneira geral, a gastrite é a inflamação do revestimento interno do estômago. Pode ser aguda (de curta duração) ou crônica, sendo esta última a mais frequente. Os sintomas da gastrite são:

• Queimação no abdômen
• Dor estomacal
• Náuseas
• Indigestão
• Inflamação abdominal
• Sensibilidade alimentar

Gastrite-500x325

Quais são as causas da gastrite?

As principais causas da inflamação da parede estomacal são:

• Excesso de laticínios na dieta
• Dieta rica em gordura
• Pouca ingestão de fibras
• Excesso de cafeína, chá preto e outros estimulantes
• Infecção pela bactéria Helicobacter Pylori
• Certos medicamentos (como a aspirina o anti-inflamatórios)
• Álcool
• Cigarro
• Excesso de comidas apimentadas ou condimentadas (como conservas)
Anemia perniciosa (quando o organismo não absorve bem a vitamina B12)
• Refluxo gástrico

As melhores plantas medicinais para a gastrite crônica

Os remédios naturais podem ajudar você a diminuir os sintomas da gastrite, sem efeitos colaterais e sem intoxicar ainda mais seu corpo. Essas plantas têm o poder de combater inflamações, reduzir inchaços e irritações, proteger a mucosa gástrica, facilitar a digestão e funcionar como antiácidos, diminuindo a produção de suco gástrico. Confira:

camomila
Camomila

Indicada para qualquer problema estomacal, a camomila tem propriedades calmantes cujos benefícios chegam a outros sistemas do corpo, além do nervoso. No estômago, promove a regeneração da mucosa e combate a inflamação. Prepare um chá com as flores e beba uma xícara três vezes ao dia para sentir os resultados.

Aloe vera

A aloe vera (babosa) tem alto poder cicatrizante. Você pode encontrar o suco de aloe vera em lojas de produtos naturais. Seu consumo pode aliviar as dores da gastrite e fortalecer o estômago, desde que o paciente esteja seguindo as recomendações médicas apropriadas.

Boldo

O chá de boldo é a primeira opção para quando temos dor no estômago. Isso porque um de seus componentes é o cineol, um óleo essencial que tem a capacidade de proteger a mucosa do estômago. Consuma o chá de boldo três vezes ao dia, após a refeição. Não consuma o boldo por mais de quatro semanas consecutivas.

O boldo tem propriedades para cuidar da saúde, tem efeitos benéficos com relação às disfunções estomacais e hepáticas.

O boldo tem propriedades para cuidar da saúde, tem efeitos benéficos com relação às disfunções estomacais e hepáticas.

Sálvia

É muito usada para diminuir a acidez. Suas propriedades terapêuticas melhoram os sintomas da gastrite crônica. Prepare um chá da seguinte forma:

Ingredientes
• Uma colher de sopa de folhas secas de sálvia (15 g)
• 1 litro de água

Modo de preparo

Ferva a água e coloque as folhas da planta. Deixe descansar por cinco minutos. Coe e beba ao longo do dia.

Alecrim

Se você deseja favorecer a digestão e evitar as dores causadas pela inflamação das paredes do estômago, é aconselhável consumir até duas xícaras de chá de alecrim por dia, sempre após o almoço e o jantar.

Ingredientes
• 1 colher de chá de folhas secas de alecrim (5 g)
• 1 xícara de água (250 ml)

Modo de preparo

Prepare como qualquer chá e beba morno. Você também pode preparar chás de malva e hibisco, que também contêm substâncias benéficas para o estômago.

Como evitar a gastrite?

gastrite_fogo

Para proteger seu estômago de uma crise de gastrite, fique atento às seguintes recomendações:

• Não pule refeições.
• Mastigue bem os alimentos e coma sem pressa.
• Elimine os refrigerantes da dieta.
• Elimine o cigarro e o álcool em excesso.
• Consuma muitas fibras, sobretudo no café da manhã.
• Não utilize pimentas ou um excesso de condimentos.
• Reduza o teor de gordura da dieta.
• Leve em consideração se você toma algumas medicações que afetam o estômago.
• Consuma verduras amarelas e verdes, que são ricas em antioxidantes.
• Coma de três em três horas
• Diminua a quantidade de sal na dieta.
• Troque o leite de vaca pelos leites vegetais (como de aveia, de amêndoas, de soja ou de arroz).
• Faça atividades físicas duas a três vezes por semana.
• Diminua os níveis de estresse.
• Evite o consumo de frituras e fast food.