Por que devemos consumir ovo habitualmente? - Melhor Com Saúde

Por que devemos consumir ovo habitualmente?

Ainda que sempre tenhamos ouvido que comer ovos aumenta o colesterol, esta afirmação é falsa. Além disso, os ovos nos oferecem proteína animal, como a carne e os peixes.

O ovo é um dos alimentos mais nutritivos que temos. É rico em proteínas, gorduras saudáveis, vitaminas e minerais, e é um alimento fácil de ser preparado e que todas as pessoas parecem apreciar.

Neste artigo, explicaremos todos os benefícios do ovo, que demonstram que podemos consumir este alimento mais habitualmente do que as pessoas nos fizeram acreditar.

O que o ovo nos traz?

O ovo é um alimento que mesmo em pequena quantidade nos traz muitos nutrientes, e por isso, dizemos que ele apresenta um grande valor nutritivo.

  • O ovo é muito rico em proteínas de alta qualidade biológica, o que significa que contém todos os aminoácidos essenciais nas quantidades adequadas para nosso organismo.
  • O ovo contém vitaminas do grupo B (B1, B3, B12, ácido fólico e biotina), A, E e D.
  • Contém minerais como o selênio, o zinco, o fósforo e o ferro.

A maioria dos componentes se encontra na gema, porém é na clara que está presente a maior parte das proteínas.

tortilla-formalfallacy-Dublin

Benefícios para a saúde

  • Graças aos seus componentes e especialmente pelo seu conteúdo em proteínas, o ovo é ideal para atletas, mulheres grávidas e crianças.
  • Seu conteúdo em vitaminas do grupo B ajuda a obter energia, equilibrar o sistema nervoso e melhorar a função cerebral.
  • Seu conteúdo em vitamina D ajuda a absorver o cálcio e a evitar doenças como a osteoporose e outros problemas ósseos.
  • É ideal em casos de anemia, graças ao seu conteúdo em ferro e outros minerais.
  • O ovo é um alimento imprescindível nas etapas de recuperação e convalescença, já que além de ser muito nutritivo não tende a causar problemas digestivos.
  • O selênio e o zinco tornam o ovo um alimento altamente antioxidante, o que nos ajuda a evitar o envelhecimento celular.
  • Graças à luteína presente entre seus componentes, o ovo ajuda a prevenir transtornos visuais causados pelo envelhecimento, como a degeneração macular ou as cataratas.
  • Com o ovo cru, podemos preparar máscaras muito hidratantes para a pele e o cabelo, misturando-o com outros ingredientes como o azeite de oliva ou de amêndoa, a aveia ou a levedura de cerveja. Recomendamos estas máscaras especialmente para pessoas com pele seca e cabelo quebradiço ou com pontas duplas.

Quantos ovos se podem comer?

Há vários anos pessoas começaram a dizer que não era ideal consumir mais de três ovos por semana, já que o consumo podia aumentar significativamente os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue. No entanto, esta afirmação foi perdendo força à medida que se foi demonstrando que o que mais provoca estes níveis altos é o consumo das gorduras trans, da combinação com o resto dos alimentos e, inclusive, o fato de estar sofrendo de contínuas situações de estresse.

Podemos consumir ovos quase todos os dias, de acordo com nossa situação e levando em conta que devemos combiná-lo com vegetais, assim como estar conscientes de que os ovos são proteína animal e por isso não é necessário incluir carne ou peixe na mesma refeição.

Além disso, se queremos perder peso devemos reduzir os triglicerídeos da dieta como frituras ou molhos, sobremesas, etc.

Também podemos alternar, por exemplo, comer ovos de galinha como os de codorna.

huevo-RMT

Como cozinhar os ovos?

O ovo nos oferece múltiplas possibilidades na cozinha:

  • Frito: preferivelmente com azeite de oliva, com um pouco de alho e sal marinho.
  • Cozido: é melhor cozinhá-lo por menos de um minuto e depois deixá-lo na água até que esta esteja morna, ou também voltar a cozinhá-lo, mas apagar o fogo ao ferver, para evitar as substâncias com enxofre que dão ao ovo mais cheiro e um aspecto cinzento a gema.
  • Passado por água: cozinhe brevemente o ovo e imediatamente passe-o na água fria para parar o cozimento e para que o ovo fique semicozido, ideal para comer com pão.
  • Mexido: faremos este prato na frigideira, como se fosse frito, mas mexendo-o com uma colher de madeira. É delicioso se combinado com alho, camarão, cogumelos ou queijo.
  • Omelete: a omelete deve ser preparada batendo o ovo e fritando-o na frigideira. Podemos fazer a omelete com batata, verduras, champignons, ervilhas, etc.

Além disso, não se esqueça de que muitas receitas já incluem o ovo, como a maionese, os empanados, os bolos, os merengues, etc.

Imagens por cortesia de cobalt123, formalfallacy Dublin e RMT.