Por que os joanetes são formados? - Melhor Com Saúde

Por que os joanetes são formados?

O excesso de peso pode provocar pressão nas articulações e causar esta condição. O uso de sapatos de salto ou muito apertados pode reduzir a mobilidade dos pés e favorecer o seu surgimento.

Os joanetes são um aumento da articulação da base do dedão do pé que se produzem pelo deslocamento do osso ou do tecido da articulação do dedão. Como consequência, uma inflamação realmente dolorosa aparece na maioria dos casos e se não for tratada a tempo pode se converter em um grave problema de saúde.

Sintomas dos joanetes

Identificar os joanetes acaba sendo muito simples, já que podem ser facilmente vistos nos pés, entre seus sintomas mais comuns está o inchaço e a extrema dor, mas também existem outras formas de identificá-los:

  • Na borda extrema do pé se desenvolve um nódulo firme sobre a base do dedão.
  • A articulação metatarsofalângica começa a apresentar uma coloração avermelhada, inchaço e/ou dor.
  • Aparecem calos, bolhas ou outro tipo de irritações.
  • O dedão do pé apresenta um movimento limitado e doloroso. 

Qual é a causa dos joanetes?

Os joanetes são formados quando se altera o equilíbrio de forças que são exercidas sobre as articulações e os tendões do pé. Como consequência, uma deformação no pé ocorre e também instabilidade na articulação.

Diferentes estudos demonstraram que os joanetes podem aparecer devido a fatores hereditários, pela forma de caminhar, pelo uso de saltos altos ou outro tipo de calçados, entre outros. Também foram observados casos de joanetes devido a feridas no pé, desordens neuromusculares ou deformidades congênitas.

Conselhos para prevenir os joanetes

exfoliar.pies_

  • Evite o uso de calçados apertados e opte por aqueles que permitam ter mobilidade no pé.
  • O uso de saltos altos ou sapatos com ponta ajudam a desenvolver com mais facilidade os joanetes, já que expõe o pé e dedão a mais pressão.
  • Usar separadores entre os dedos ajuda a corrigir a direção dos dedos durante a noite.
  • Consultar um especialista para que recomende um protetor de algum material suave e macio com a finalidade de reduzir a dor dos joanetes e evitar que rocem com o calçado.
  • Consumir vitaminas A e C, cálcio e vitamina D para fortalecer os ossos.
  • Você pode adquirir talas especiais para joanetes, as quais ajudam a corrigir a deformidade do osso e evitam que o problema se agrave e não seja necessária uma cirurgia.
  • Manter um peso equilibrado para evitar a obesidade, a qual é um problema causador de joanetes.

Como tratar os joanetes?

Existem várias formas de aliviar os joanetes sem que seja necessária uma intervenção cirúrgica. Para saber qual é o tratamento ideal para o joanete, deve-se identificar a gravidade que tem e atuar antes que a deformidade se converta em um problema mais grave. A seguir deixamos alguns tratamentos para aliviar a pressão sobre o joanete e deter a progressiva deformação da articulação.

Acolchoado e vendado

Em um plano de tratamento, o primeiro a se fazer é acolchoar o joanete. As vendas ajudam a manter o pé em uma posição normal, reduzindo a pressão e a dor.

Tratamento para desinflamar

Um dos sintomas mais comuns dos joanetes é a inflamação nos pés e a dor. Para reduzir este problema você pode fazer um tratamento muito comum e eficaz que não custa muito e somente tomará alguns minutos do seu tempo.

O que fazer?

  • Ponha para ferver 3 litros de água e depois deixe repousar.
  • Adicione 5 colheres de sal grosso e depois deixe os pés de molho na água por 15 minutos.
  • Outra opção é por gelo na zona afetada. Para isto basta por cubos de gelo em uma bolsa ou embrulhados em uma toalha. Evite colocar o gelo diretamente sobre o joanete.

Tratamento com lavanda

lavanda-rutger

Este tratamento ajuda a aliviar as dores provocadas pelos joanetes, é ideal para reduzir a inflamação e previne a aparição futura deste problema.

O que você vai precisar:

  • 200 g de flores de lavanda
  • 3//4 de óleo de girassol

O que fazer?

  • Coloque 100 g de flores de lavanda e ¾ de óleo de girassol em um recipiente metálico. Esquente por 2 horas em banho Maria.
  • Passado este tempo, filtre o óleo sobre uma panela, depois adicione os outros 100 g de flores de lavanda e ponha de novo 2 horas em banho Maria.
  • Para terminar, filtre de novo o óleo e aplique algumas gotas na parte afetada.