Óleo de rícino: tudo que você precisa saber sobre ele

Tudo que você precisa saber sobre o óleo de rícino

O uso externo de óleo de rícino pode servir tanto para fins estéticos quanto medicinais, já que é ideal, por exemplo, para aliviar as dores musculares.
Óleo de rícino: tudo que você precisa saber sobre ele

O óleo de rícino é obtido da semente homônima. Às vezes as folhas também são usadas.

Em sua composição é possível encontrar ácidos graxos, aos quais são atribuídas suas incríveis propriedades.

Este arbusto também é conhecido como figueira infernal, é venenoso e pertence à família Euphorbiaceae.

O rícino foi cultivado e aproveitado durante séculos, e hoje em dia é possível encontrá-lo em todas as regiões de clima quente.

  • É cultivado anualmente e seu tamanho varia em função do clima em que se encontra. Em lugares quentes se usa para adornar jardins.
  • No clima temperado chega a ter uma altura entre 2,5 e 3 metros, enquanto em clima tropical pode alcançar os 12 metros.
  • Os climas frios podem ser fatais, já que o rícino não sobrevive.

Características do óleo de rícino

Óleo de rícino

Dentro de sua estrutura o rícino apresenta ambos os sexos em uma só planta.

Folhas

  • Suas folhas são de grande tamanho, pois podem medir entre 10 ou 35 cm de diâmetro aproximadamente. Porém, com os cuidados adequados podem chegar a alcançar até 60 cm.
  • Estas folhas têm colorações alternantes entre púrpura, vermelho e verde.

Flores

Ficam agrupadas e podem alcançar uma longitude entre 20 e 50 cm.

Como já indicamos, o rícino contém em sua ampla estrutura o sexo masculino e o feminino, em dois tipos diferentes de flores dispostas em ramos ou inflorescências.

A seguir, especificamos as diferenças entre ambas:

  • Flor feminina: tem um diâmetro entre 1,5 e 3 cm. Fica na parte superior da inflorescência com um ovário formado por três folhas e um pistilo destinado a captar o pólen.
  • Flora masculina: tem medidas entre 25 e 30 cm. Fica na parte inferior da inflorescência e apresenta um cálice e um pedicelo de até 12 mm.

Em alguns lugares o óleo de rícino também é conhecido como “óleo de castor”, por isso algumas pessoas acreditam que provém de um animal.

Porém, isso é só fruto de uma tradução ruim do inglês “castor oil”, que faz referência ao rícino e não ao animal.

Benefícios que o óleo de rícino tem para o corpo

Alivia a artrite

Óleo de rícino para aliviar a artrite

Para aproveitar as propriedades do óleo de rícino para amenizar a dor causada pela artrite devemos esquentá-lo (a uma temperatura suportável) e aplicá-lo na região afetada.

Podemos aplicá-lo diretamente ou com ajuda de um pano, e repetir as vezes que considerarmos necessárias.

Dor muscular

Este óleo ajuda a suavizar os músculos, os tonifica e, além disso, ajuda a aliviar a dor que se apresenta no corpo.

É especialmente eficaz contra a dor nas costas que em algumas pessoas é tão comum por causa das más posturas.

Como utilizá-lo?

Para aproveitar seus benefícios deve-se aplicar uma porção quente através de massagens circulares suaves na região onde o incômodo se apresenta.

Se desejar, pode repeti-lo até 2 vezes por dia.

Quer saber  mais? Leia: Como aliviar a dor muscular sem tomar analgésicos

Olheiras

Óleo de rícino contra as olheiras

Este óleo ajuda a reduzir as incômodas olheiras que são produto do cansaço ou condição genética.

Como usá-lo?

  • Deve-se aplicar um pouco diariamente por meio de batidinhas suaves, sem esticar a pele, e deixar uns minutos sobre ela.
  • Desta forma conseguiremos fazer com que os nutrientes penetrem na pele e melhorem o aspecto da região afetada.

Cílios

Os cílios normalmente caem quando esfregamos os olhos, por causa da maquiagem e de outras agressões do ambiente. Algumas pessoas têm cílios mais frágeis do que outras.

Felizmente, o óleo de rícino ajuda a promover o crescimento dos cílios.

Como usá-lo?

  • Para aproveitar suas propriedades devemos aplicá-lo diariamente com a ajuda de uma escova de rímel que já não esteja em uso e se encontre totalmente limpa.
  • Se o usarmos todas as noites em pouco tempo poderemos notar as mudanças.