Propriedades curativas do cacto - Melhor Com Saúde

Propriedades curativas do cacto

O cacto nopal tem propriedades diuréticas, melhora a digestão e, graças ao seu alto teor de fibras, ajuda a prevenir a obesidade.

Trata-se de uma planta da família dos cactos que habita em toda América e cresce de maneira silvestre. Não é exigente para se manter e pode ser plantada em qualquer tipo de solo. Por isso é tão popular neste continente. Mas, além disso, está comprovado que oferece grandes qualidades que o tornam um remédio natural para várias enfermidades. Aprenda um pouco mais sobre as propriedades curativas do cacto neste artigo.

Valores nutricionais do cacto

Esta planta é rica em cálcio, potássio, sódio e também oferece glicídios, componentes nitrogenados, fibras, vitaminas dos grupos A, B, C e K, clorofila, riboflavina e proteínas. Muitos são os estudos e pesquisas que afirmam que o cacto é realmente valioso para a saúde das pessoas, ajudando os sistemas glandular, nervoso, imunológico, circulatório, digestivo e respiratório.

Por sua vez, tem várias propriedades para uso externo, sendo possível a produção de cosméticos, cremes e tratamentos de beleza tanto para a pele como para o cabelo. Foram criados também sabonetes, shampoos, condicionadores, géis, umectantes, loções, pomadas, sombras para os olhos etc. com o cacto. Na medicina tradicional foi utilizado para tratar feridas ou queimaduras leves na pele.

nopal2

Pode-se consumir de diferentes formas: sucos, molhos, em pó, doces, com carnes, saladas, geleias, sopas, caldos, combinado com cereais, frutas ou linhaça. Para seu uso gastronômico, o cacto é usado como forragem e seus cachos são tão macios como uma verdura, que se prepara o escabeche,por exemplo. É muito popular usá-los em batidas com frutas.

Propriedades do cacto para a saúde

  • Poderoso antibiótico: inibe ou suspende diretamente o crescimento e desenvolvimento de várias bactérias. O cacto é usado como um cataplasma (seus cachos) e tem efeitos muito bons para a pele, tanto em feridas como em infecções.
  • Trata a arteriosclerose: essa inflamação cardiovascular causada pela placa do vaso sanguíneo pode ser tratada com essa planta, já que é antioxidante e anti-inflamatória. Consumir regularmente o suco de cacto fresco ou em pó ajuda a prevenir o aparecimento desta doença.

nopal3

  • Não permite proliferar o câncer: o cacto tem muitas fibras dietéticas, solúveis e insolúveis. As últimas absorvem a água e ajuda os alimentos em sua “passagem” pelo trato digestivo. Sendo assim, melhora a digestão e são as encarregadas de diluir a concentração de células, que podem ser potencialmente cancerígenas no cólon, prevenindo a aparição desta doença.
  • Ajuda a regular o colesterol: graças aos aminoácidos, a vitamina B3 e as fibras. O cacto previne, por sua vez, o excesso de açúcar no sangue e sua conversão em gordura, pelo que reduz de maneira substancial o colesterol “ruim” e os triglicérides. Elimina, ainda, os ácidos biliares, que se tornam colesterol.
  • Melhoram o trabalho do cólon: devido aos seus ingredientes ativos, ajudam na prevenção da absorção de gordura e carboidratos. Mantêm o balanço do nível do sangue e ajudam a controlar a obesidade. O cacto tem fibras que absorvem a glicose até o intestino. Mantendo, dessa forma, esse órgão limpo e em excelente estado.

nopal4

  • Regula o diabetes: melhor dizendo, o nível de açúcar no sangue para os que sofrem com essa condição. Graças aos 18 aminoácidos presentes na planta, o corpo terá mais energia e reduzirá a fadiga, pelo que a glicose também baixará. Fortalece o fígado e o pâncreas e aumenta a sensibilidade à insulina, estimulando o movimento de glicose em todas as células do corpo. Também diminui a digestão de carboidratos, reduzindo a produção de insulina.
  • Melhor a digestão: pelas vitaminas do grupo B (1, 2 e 3) e C, além do cálcio, do potássio, magnésio, sódio e ferro. Com seu poder antioxidante, nos dá grande proteção ante as toxinas que são ingeridas com a comida e reduz os efeitos prejudiciais da ingestão de álcool ou determinados alimentos “pesados”.
  • Evita a prisão de ventre: as fibras que o cacto contém ajudam na digestão, como dito anteriormente, pelo que evita os problemas para ir aos banheiro.
  • Um aliado contra a obesidade: devido às grandes quantidades de fibras que contém, ajudando a retardar o processo de absorção dos alimentos e a entrada dos nutrientes no sangue, facilitando também sua eliminação. Permite que os líquidos cheguem mais rápido à corrente sanguínea, ajudando a diminuir a celulite e a retenção de líquidos. Recomenda-se consumir o cacto com sucos, como o de laranja, por exemplo. As fibras insolúveis que ele tem geram a sensação de saciedade e evitam que comamos mais. E, como se fosse pouco, regula o movimento intestinal para a evacuação correta.
  • Fortalece o sistema imunológico: isto se deve ao fato de que o cacto oferece muitas vitaminas, sobretudo, as dos complexos A, B e C. Também aporta minerais e muitos aminoácidos que ajudam a eliminar toxinas, desintoxicar o fígado e eliminar os efeitos nocivos da contaminação ambiental, os ambientes com fumaça de cigarro, os problemas que derivam do álcool etc. Pelos fotoquímicos ajudam o corpo a se defender de qualquer ataque de vírus ou bactérias.
  • Previne o sistema imunológico: ajuda, por sua vez, a relaxar, a alcançar melhores estados de ânimo e até pode ajudar a erradicar problemas de depressão ou desequilíbrios sentimentais.
  • É um excelente diurético: o suco de cacto é usado para desinchar o sistema urinário e reduzir as dores nos rins ou bexiga.

Imagens cortesia de Razi Marysol Machay, Diógenes el Pacífico, David de la Luz, Javier Lastras, Roberto González e Luis Daniel Carbia Cabeza.