Quais são os sintomas do intestino irritado em mulheres? - Melhor com Saúde

Quais são os sintomas do intestino irritado em mulheres?

Nosso estado emocional pode influenciar muito a saúde digestiva. Quando passamos por momentos de estresse nosso intestino sofre mais, e se relaxa quando estamos mais tranquilas.

Segundo estatísticas, quase 22% da população mundial sofre ou já sofreu do chamado intestino irritado, ou Síndrome do Cólon Irritável, sendo as mulheres as mais afetadas.

Suas causas não são conhecidas com exatidão, mas deduz-se que a doença esteja relacionada com períodos de estresse e com as emoções. A seguir, explicaremos quais são seus principais sintomas, principalmente nas mulheres.

O que é a Síndrome do Intestino Irritável (SII)?

A Síndrome do Intestino Irritável é a denominação mais correta para essa doença. Ela engloba uma série de circunstâncias sofridas pelos pacientes, sendo que dores abdominais e mudanças significativas no ritmo intestinal são algumas das mais características.

Esse problema não ocorre devido a infecções ou alterações físicas, e muito menos por algum tipo de colite ou cólon espástico.  Por isso, é preciso se submeter a vários exames para que um médico diagnostique do que se trata, mas, em geral, o problema costuma surgir em mulheres que ainda não alcançaram os 35 anos.

Quais são suas causas?

Masagens-para-o-colon-irritavel_0

Como dito anteriormente, os mecanismos que dão origem à doença ainda não são conhecidos. Em muitas ocasiões se trata de uma doença crônica, episódios que se repetem todo mês. Assim, ocorrem problemas digestivos, alterações na mobilidade intestinal, dentre outros sintomas associados.

Alguns especialistas afirmam que, de certo modo, o intestino atua quase que como um segundo cérebro, onde se concentram nosso sistema nervoso, nossas ansiedades, etc. Logo, qualquer preocupação pode causar uma alteração digestiva, por menor que ela seja.

Mas, o desenvolvimento da doença também pode ser influenciado por determinados alimentos aos quais reagimos mal, ou a alterações hormonais e fatores genéticos. Assim, é comum que, ao notarmos a incidência da síndrome do cólon irritável em um parente próximo (como pai e mãe) seja provável que também venhamos a apresentá-la um dia.

Sintomas

Dor-de-estomago

1. Dor abdominal

Esse é, sem dúvida, o principal sintoma. Costuma ocorrer principalmente na parte baixa do abdômen, de um ou de ambos os lados. É uma espécie de ardor muito característico que, em algumas ocasiões, pode se irradiar para a lombar ou até para as pernas.

Em alguns momentos esse sintoma costuma ser sentido como pontadas e queimação. É algo muito incômodo e incapacitante.

2. Menstruações dolorosas

Segundo estatísticas, a síndrome do intestino irritável é mais comum em mulheres que apresentam ciclos menstruais dolorosos. É o que se conhece como dismenorreia. Costuma ocorrer quando alguns hormônios fazem com que as contrações dos músculos uterinos sejam mais intensas.

É por isso que o fator hormonal determina que o maior grau de incidência da síndrome seja em mulheres, e geralmente, ela é herdada de mãe para filha. Esse é um fator que deve ser considerado.

3. Períodos de prisão de ventre e períodos de diarreia

É algo muito comum. Em dados momentos passa-se o dia sem conseguir evacuar, porém em outros surge uma incômoda diarreia. Também é habitual que as deposições sejam dolorosas, que não se saiba o que comer para aliviar a situação ou resolvê-la, já que costuma-se sentir saciedade ou inclusive perder o apetite. E também ocorrem episódios incômodos de gases.

4. O estado emocional

Nosso estado de humor está intimamente relacionado à síndrome do intestino irritável. Pacientes que sofrem esse problema, sem dúvida, já notaram que ele se manifesta e piora em períodos de estresse e ansiedade. Em contrapartida, quando estão mais tranquilos a situação melhora e o intestino relaxa.

É por isso que devemos prestar bastante atenção a esses períodos em que nos encontramos emocionalmente mal, quando temos algum problema que nos tira o sono.

Quem padece da doença sabe que sua incidência diminui significativamente em períodos de mais calma. O problema pode ser quase que comparado com uma dor de cabeça no sentido de que, não é preciso apresentar um problema orgânico para ser acometido pela dor, porque em muitas ocasiões cansaço, má alimentação, preocupações ou ansiedade podem desencadeá-lo. Assim é com o intestino irritável.

É por isso que é básico começar a gerenciar adequadamente nossas emoções, estresse, ansiedade, e qualquer situação que possa desencadear a doença.

Como tratar o intestino irritável?

suco-de-cenoura-beterraba-morangoelaranja

Durante os períodos de incidência da síndrome do cólon irritável, é recomendável seguir as seguintes dicas:

  • Evite alimentos ácidos, tais como o café, as bebidas gasosas (como refrigerante de cola, por exemplo);
  • Evite doces e todos os alimentos que contenham farinhas refinadas;
  • Diversas pesquisas demonstraram que nesses casos é importante reduzir o consumo de alimentos com glúten, pois costumam agravar o quadro;
  • Evite também proteínas animais: carnes vermelhas, peixes, etc.
  • Coma pouco e várias vezes por dia, ou seja, é melhor optar por consumir porções pequenas de comida, entretanto fazê-lo umas seis vezes ao dia. E lembre-se de mastigar bem;
  • Beba muita água. O suco de beterraba com cenouras é muito bom para ajudar a combater o problema;
  • Aumente o consumo de probióticos, eles cuidarão e reforçarão o intestino. Alguns exemplos são, leite fermentado, iogurtes fermentados, missô, etc.
  • Frutas cítricas serão muito adequadas: pêssegos, morangos, kiwis, maçãs, mamão;
  • O óleo de menta atua como um bom protetor;
  • No que diz respeito às infusões, as mais adequadas são as de semente de funcho, menta e melissa.

Antes de tudo, lembre-se: gerencie melhor seus sentimentos, maneje o estresse para que ele não te supere. Estabeleça prioridades na vida, reconhecendo primeiro o que é mais importante. Proteja sua autoestima e encontre tempo para você e suas coisas diárias, descansando e fazendo aquilo que te deixa mais feliz.