Quantos anos de vida o hábito de fumar tira de você?

Quantos anos de vida o hábito de fumar tira de você?

Muitas pessoas ainda pensam que o hábito de fumar é algo inofensivo e, até que não sofrem suas graves consequências, não chegam a perceber de quão nocivo pode ser para a saúde. O cigarro está composto por uma grande quantidade de substâncias tóxicas que afetam grande parte dos órgãos do corpo e que, a longo prazo, podem provocar graves doenças como o câncer.


Fumar diminui a expectativa de vida e, de fato, esse é um dos hábitos que mais mortes causa em todo mundo. Além de diminuir a expectativa de vida, o hábito de fumar também pode acabar com a juventude. Em uma recente pesquisa foi determinado que fumar pode tirar até 10 anos de vida, que afeta grande parte dos órgãos do corpo e que também acelera o envelhecimento da pele.

De acordo com dados revelados pela Organização Mundial da Saúde, a cada ano morrem 6 milhões de pessoas devido ao cigarro, das quais, 5 milhões correspondem a fumantes e 1 milhão a fumantes passivos. O tabagismo é um hábito que deteriora a saúde em geral e, de acordo com os dados reais a nível mundial,  ele produz mais mortes que o vírus da imunodeficiência humana (VIH), o uso do álcool e as drogas ilegais.

O que acontece ao fumar?

Fumar aumenta o risco de desenvolver doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, enfisema ou doença pulmonar obstrutiva crônica, bronquite, câncer de pulmão, câncer de esôfago, câncer de estômago, câncer de pâncreas e câncer de pele, entre outros tipos de cânceres.

Em um estudo realizado por cientistas americanos, canadenses e britânicos, foi determinado que uma pessoa pode perder até 10 anos de vida por fumar. Esse estudo se realizou com o objetivo de determinar os perigos do consumo do tabaco e os benefícios de deixar de fumar, e foi publicado na revista New England Journal of Medicine.

Para levar a cabo este estudo, os cientistas reuniram os dados de quase 217.000 pessoas adultas dos Estados Unidos, entre 1997 e 2004. Nesses dados encontraram que a taxa de mortalidade de uma pessoa fumante é três vezes maior do que a de uma pessoa que não fuma. Grande parte dessas mortes ocorreu por doenças relacionadas com o cigarro.

O estudo encontrou que as pessoas que não fumam têm o dobro de probabilidades de viver até os 80 anos em comparação com as pessoas que fumam. Quer dizer, o tabaco não só afeta às pessoas na velhice, mas também  na meia idade. A boa notícia é que o estudo também conseguiu determinar que as pessoas que deixam de fumar a tempo podem ganhar até 10 anos de vida. Aqueles que deixaram de fumar entre os 25 e os 34 anos, entre os 35 e os 44 anos, e entre os 45 e 54 anos, ganharam, respectivamente, aproximadamente dez, nove e seis anos de vida.

É possível parar de fumar?

Pulmoes-cigarros-500x516

Fumar é um hábito muito difícil de largar, mas não é impossível. Ao querer deixar o cigarro as pessoas podem sofrer de ansiedade e outros sintomas de abstinência que lhes farão acreditar que é impossível deixar esse mau hábito. Entretanto, com decisão e mente positiva é possível parar de fumar embora seja necessário fazer várias tentativas. Se você estiver disposto a deixar esse vício agora mesmo, tenha em conta os seguintes métodos:

  • Parar de fumar imediatamente: é possivelmente o método mais difícil de aplicar, mas o mais benéfico. Parar de fumar repentinamente dá muito bons resultados e a grande vantagem é que estará detendo seus efeitos negativos de uma vez por todas.
  • Parar de fumar aos poucos: se definitivamente não se sentir capaz de deixar de fumar de um dia para outro, trata de diminuir a quantidade de cigarros que consome diariamente até que não sobre nenhum. Comece por fumar a metade dos cigarros e, dia a dia, diminua essa quantidade.
  • Alternativas de nicotina: os métodos alternativos de nicotina consistem em utilizar uma série de produtos que substituem as altas quantidades de nicotina do cigarro por quantidades menores. Os produtos de substituição podem ser adesivos, chiclete de mascar, pílulas ou atomizadores nasais, entre outros. Esse método é bom para reduzir as ânsias pelo cigarro até conseguir largá-lo por completo.
  • Acupuntura: essa técnica tradicional da medicina da China pode ajudar a controlar a ansiedade por fumar. É relaxante e pode ser de grande ajuda para quem está motivado a largar o cigarro.