Como reconhecer um ataque de apendicite? - Melhor com saúde

Como reconhecer um ataque de apendicite?

A dor da apendicite aparece na região do umbigo e se torna mais intensa quando apertamos a área. É fundamental tratá-la rapidamente para que não se transforme em uma peritonite.

A apendicite sempre chega de surpresa, por isso é muito importante reconhecer os sintomas, pode ser muito perigoso se os mesmos avançarem sem que se busque rapidamente ajuda médica, pois a apendicite pode se transformar em uma .

O sintoma mais característico da apendicite é uma forte dor abdominal, juntamente a outros não menos importantes e que veremos mais adiante.

É essencial que todas as pessoas estejam bem informadas a respeito destes sintomas e os riscos de sofrer um ataque repentino de apendicite.

O que é a apendicite?

O apêndice é um pequeno órgão parecido com um saco que se encontra na parte mais inferior do abdômen, ligado ao começo do intestino grosso. Quando esse saco se incha e inflama pode se encher com pus, causando uma terrível dor, e isso é a apendicite.

Ainda que a função do apêndice não seja conhecida, sabemos que ele pode causar muitos inconvenientes quando se inflama.

Como mencionamos anteriormente, a dor de uma apendicite é bastante forte e geralmente começa ao redor do umbigo e à medida que as horas passam a dor aumenta de intensidade e começa a se espalhar pela zona inferior direita do abdômen.

Quando os primeiros sintomas aparecem podem durar de 12 a 18 horas de dor intensa quase insuportável, porém depois deste lapso a situação piora e se torna realmente perigosa.

Quem pode sofrer de apendicite?

Todas as pessoas, de qualquer idade, podem sofrer de um ataque de apendicite em algum momento, ainda que os casos mais frequentes sejam em pessoas entre 10 e 30 anos, também pode acontecer em idosos e inclusive em crianças muito pequenas.

Sintomas

Realizar um diagnóstico de apendicite em um tempo curto é realmente muito complicado, especialmente quando se trata de crianças e idosos, pois os sintomas variam de pessoa para pessoa, e como já mencionamos anteriormente o processo da doença é muito curto e há urgência em agir com prontidão e sem erros, já que a vida do paciente depende da eficácia do diagnóstico.

Os sintomas mais comuns se apresentam à medida que o problema avança e se agrava. Os mais reconhecidos são os seguintes:

 

  • Dor que começa ao redor do umbigo e ao passar das horas troca de posição.
  • Dor intensa e insuportável ao se fazer pressão na zona.
  • Dor forte no abdômen, especialmente na parte inferior direita.
  • Arrepios.
  • Diarreia.
  • Febre que vai aumentando de intensidade à medida que o tempo passa.
  • Falta de apetite.
  • Náuseas.
  • Tremores.
  • Vômito.

apendicite

Causas da apendicite

As causas da apendicite são diversas, na maioria dos casos pode se tratar de uma obstrução nas cavidades do apêndice, que pode ser ocasionada por restos de comida e fezes ou por uma infecção. A apendicite pode aparecer depois de uma infecção gastrointestinal.

Em qualquer caso, bactérias se multiplicam rapidamente, fazendo com que material infeccioso e fluidos como o pus preencham todas as cavidades, provocando a inflamação e possível rompimento do apêndice.

Quais as possíveis complicações?

A complicação mais preocupante é o fato de que se a inflamação não for tratada a tempo, de forma imediata e correta, o apêndice se rompe e todo o material infeccioso que está dentro das cavidades é liberado e provoca peritonite, que pode ser fatal. Por esta razão, o mais indicado é realizar uma cirurgia onde se extrai o apêndice, antes que surjam complicações.

Outros tipos de complicações são a formação de uma fístula, um abscesso ou infecção na ferida.

Como reconhecer facilmente a dor da apendicite?

Se você apresenta dor na zona do umbigo e que logo se instala na zona inferior direita do abdômen, com dores intensas que aumentam com rapidez ao passar do tempo e que se tornam mais intensas ao fazer pressão na área, você pode estar sofrendo um ataque de apendicite. Outros sintomas também podem aparecer:

  • Febre intensa.
  • Vômito ou diarreia com sangue.
  • Abdômen duro y dores no peito ou pescoço.
  • Ardor ao urinar.
  • Tonturas.

Se você apresenta estes sintomas procure imediatamente um hospital e com urgência, caso o contrário haverá complicações tão extremas que podem causar a morte.

E não é exagero, é uma situação real, já que um número considerável de pessoas perdeu a vida por não terem consultado o médico a tempo, pensando que se tratava de um simples mal estar passageiro ou uma indigestão e que poderiam aliviar com um chá de alguma erva.

Enquanto esperam que o chá faça efeito, o apêndice se rompe e infecta todos os órgãos que estão ao redor, ocasionando peritonite, que na maioria dos casos é fatal.

A apendicite, lamentavelmente, é impossível de prevenir, porém o que se pode fazer é evitar todas as complicações indo ao médico imediatamente assim que a dor começa.

Depois de saber quais são os sinais e sintomas que se apresentam ante um ataque de apendicite, você não ficará tranquilo em casa se senti-los, pois já sabe todos os riscos que corre se não for atendido por um médico urgentemente. É preferível que o médico te diga que não é apendicite, antes que chegue tarde e não haja nada mais a se fazer.