A relação entre tomar café e ter fome - Melhor Com Saúde

A relação entre tomar café e ter fome

Embora a cafeína possa nos ajudar a controlar o apetite, ao tomar café descafeinado temos menos fome, por isso é mais benéfico incluir este último em nosso café da manhã.
cafe

Bilhões de pessoas no mundo todo tomam café diariamente para ter mais energia e disposição, e muitos acreditam que ele tem também o poder de inibir o apetite. Mas será que isso é verdade? Se sim, será que o motivo é a presença da cafeína?

Alguns estudos foram realizados para tentar responder a estas perguntas, mas ainda não há um consenso científico sobre a relação entre o café e a fome. No entanto, algumas descobertas nos fazem caminhar rumo a uma resposta definitiva.

O que se sabe é que o café é rico em antioxidantes, e tomá-lo regularmente reduz o risco de desenvolver diabetes, doenças mentais e vários tipos de câncer, mas será que ele também pode nos ajudar a perder peso?

A cafeína e a fome

Um estudo da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, sugeriu que a cafeína é capaz de mascarar a fome e a fadiga, já que age como um estimulante e aumenta os níveis de alegria e atenção.

Por outro lado, usar a cafeína para reduzir os efeitos da falta de sono e da fome pode ser desastroso a longo prazo. Além disso, o excesso de cafeína pode causar ataques de ansiedade, hipertensão, nervosismo e insônia, já que ela estimula o sistema nervoso central.

Com isso, o corpo responde aumentando a produção de cortisol, hormônio que faz com que o organismo queira aumentar os níveis de energia através do consumo de alimentos. Essa reação pode resultar em “fome emocional”, e fazer com que comamos inclusive mais do que deveríamos.

Além de tudo isso, a cafeína pode aumentar nossa vontade de comer por estimular a produção de insulina, alterando os níveis de açúcar no sangue e causando picos de fome.

Entendendo a sensação de fome

cafe

A fome e a saciedade são basicamente reguladas por três hormônios principais: a grelina, a leptina e o peptídeo YY (popularmente conhecido como PYY).

  • A grelina é conhecida como o hormônio da fome, e é secretada principalmente no estômago. Ela é responsável por estimular o apetite e, portanto, causar a fome, aumentando o consumo de alimentos.
  • A leptina, por sua vez, é o hormônio da saciedade. Sintetizada principalmente nas células de gordura, ela causa o efeito contrário da grelina no organismo, reduzindo o apetite e aumentando o gasto energético.
  • O PYY é liberado por células da mucosa intestinal. Ele inibe o apetite, agindo no hipotálamo para fazer com que nos sintamos saciados.

A influência do café nos hormônios do apetite

Um estudo recente chegou a conclusões interessantes a respeito da relação entre tomar café e sentir fome. Por um determinado período de tempo, indivíduos tomaram aleatoriamente café, café descafeinado, uma bebida com cafeína e outra sem nenhum efeito (placebo), em um ambiente controlado, e, posteriormente, foram medidos os níveis de grelina, leptina e PYY no organismo.

Em um segundo momento, os indivíduos ingeriram glicose, para identificar se ela influenciava o efeito do café no apetite. Os resultados encontrados foram interessantes:

  • Não foram observadas alterações nos níveis de grelina e leptina
  • Foram observados níveis significativamente menores de PYY e, consequentemente, de fome, nos momentos de ingestão do café descafeinado. Esta alteração foi maior em relação à observada com a ingestão das outras bebidas cafeinadas, incluindo o café.
  • Os níveis se mantiveram baixos por um total de três horas, mesmo após a ingestão de glicose.
  • Especula-se, portanto, que o café possua outros componentes além da cafeína que podem ajudar a inibir o apetite. Uma possibilidade é o ácido clorogênico ou outros hormônios de saciedade, mas outros estudos serão necessários para analisar a ação destas outras substâncias.

O café como inibidor de apetite

cafe-e-fome

Podemos concluir que o café pode ter um efeito interessante na redução do apetite e da sensação de fome, mas é importante lembrar que não adianta exagerar na quantidade para comer menos, na tentativa de emagrecer.

O excesso de cafeína pode causar efeitos indesejados, aumentando a ansiedade e o nervosismo, que podem nos fazer comer ainda mais.

A melhor forma de perder peso e manter os níveis de apetite em patamares saudáveis é manter uma dieta balanceada e rica em nutrientes, além de praticar atividades físicas regularmente, beber bastante água diariamente e dormir bem para que o corpo se recupere.

Se você aprecia este hábito, tomar café não vai causar nenhum mal e pode até ajudar, oferecendo mais energia e tirando um pouco a fome, mas, a longo prazo, infelizmente não há mágica para perder peso.