Remédios caseiros para evitar o chulé - Melhor com Saúde

Remédios caseiros para evitar a transpiração dos pés

O bicarbonato de sódio evita a proliferação das bactérias que causam os maus odores.

O mau cheiro dos pés pode se desenvolver devido a uma série de razões, a mais comum delas é a falta de higiene, ou ainda a multiplicação bacteriana excessiva.

O famoso chulé e os pés muito suados podem se tornar situações muito constrangedoras, mas, com a ajuda de alguns remédios caseiros bastante eficazes é possível se livrar de tais problemas com muito êxito.

A seguir, confira nosso artigo e conheça alguns dos remédios caseiros capazes de evitar a transpiração excessiva dos pés.

O que causa o chulé?

A principal causa são os pés suados. O suor, mesmo que sem odor, proporciona um ambiente propício para a proliferação de bactérias. O crescimento de bactérias é responsável pelo chulé. O uso de sapatos e/ou meias inadequadas (principalmente de poliéster e nylon) e a ventilação insuficiente, agravam a condição.

As meias absorvem quantidades variáveis de suor dos pés, o uso de sapatos sem meias, de fato, aumenta a quantidade de suor em contato com os pés e, portanto, aumenta as atividades bacterianas que causam o chulé.

Pelos nos pés também é um fator que contribui para o crescimento bacteriano. O chulé ou bromidrose, é causado por bactérias que se proliferam principalmente em pés quentes e úmidos. O suor gera um entorno favorável para que as bactérias se multipliquem.

O peito do pé tem inumeráveis glândulas sudoríparas que liberam o suor, composto por água, sódio, cloro, gorduras e ácidos. A multiplicação bacteriana e a produção desses componentes causam o chulé.

Remédios caseiros para combater a transpiração dos pés

Tratamento-pes

A seguir, conheça alguns remédios caseiros eficazes para tratar o chulé:

Bicarbonato de sódio

Adicione um pouco de bicarbonato de sódio a um copo de água e molhe os pés na mistura por 10 minutos. O bicarbonato aumenta a propriedades ácidas do pé e diminui o chulé significativamente.

Além disso, ele gera um ambiente hostil impróprio para a proliferação de bactérias, evitando cheiros desagradáveis.

Chá preto

Ferva a água com 5 bolsinhas de chá preto durante 15 minutos. Retire do fogo e espere até que a água esteja morta, depois, mergulhe os pés nela. Passados alguns minutos, seque bem os pés e aplique um talco próprio para a região.

Óleo essencial de árvore do chá

Lave bem os pés, seque-os e depois aplique um pouco de óleo essencial de árvore do chá apenas nas plantas dos pés. Não aplique o óleo diretamente. Misture aproximadamente 10 gostas de óleo de árvore do chá com 10 ml de óleo de gérmen de trigo ou de amêndoas.

Como prevenir o chulé?

Abaixo deixamos algumas dicas que podem ajudar a evitar o chulé:

  • Lembre-se sempre de lavar bem os pés todos os dias, se possível, utilize um sabão antibacteriano. Esfregue os pés uma ou duas vezes por semana para se desfazer das células mortas. Não se esqueça da região entre os dedos;
  • Seque os pés imediatamente após o banho;
  • Mude as meias com regularidade;
  • Evite usar os mesmos sapatos durante dias seguidos;
  • Polvilhe um pouco de talco nos dedos dos pés para mantê-los secos e diminuir o crescimento de bactérias.