Restabeleça seus hormônios para queimar gordura corporal - Melhor Com Saúde

Restabeleça seus hormônios para queimar gordura corporal

Já que os desequilíbrios hormonais podem ser os culpados por não conseguirmos perder peso, devemos seguir um tratamento de equilíbrio para cada hormônio específico, dependendo da região que queremos reduzir.

Nem todo mundo sabe, mas existe uma grande relação entre os hormônios, o peso e a gordura acumulada. É por isso que algumas pessoas, por mais que façam muitas dietas e treinem muito em uma academia, não conseguem reduzir suas medidas tão facilmente. Saiba como restabelecer seus hormônios e queimar gordura em partes específicas do corpo a partir deste artigo e pare de sofrer por estar acima do peso.

Não só os hormônios são diretamente responsáveis pelo seu peso, mas também o metabolismo. Ou seja, o lugar onde se armazena gordura, a vontade de comer e a fome. Para qualquer desequilíbrio hormonal que apresentar, seus esforços para perder peso vão ser em vão.

Talvez você pense que deixar de comer fast-food e correr por meia hora seja suficiente para perder peso, mas não é tão simples, pois há algo mais a ser considerado. Então lembre que, se os seus hormônios não estiverem equilibrados, você nunca alcançará o corpo que deseja.

Reposição hormonal, ao banquinho dos réus

É bom saber o básico em relação aos hormônios, que com certeza, já ouviu falar deles. Bom, trata-se de substâncias bioquímicas produzidas pelo organismo para que funcione como uma orquestra. Eles são uma parte essencial para que possamos obter energia, combater o estresse, manter a massa muscular, e também, responsável por acumular gordura.É por isso que, por exemplo, muitas mulheres em certo momento do período menstrual sentem muita necessidade de comer ou sentem-se enjoadas quando grávidas. Portanto, ao equilibrar os hormônios será mais bem sucedida ao desfrutar de uma vida feliz, enérgica e com peso ideal.
Como primeiro passo, é preciso desintoxicar o organismo, eliminando as toxinas e tudo aquilo que lhe faz mal. Os alimentos compostos por substâncias negativas são os mais ”viciantes”, razão pela qual você terá mais vontade de comer um pacote de batatas fritas do que uma maçã. Sendo assim, comece a evitá-los. Pode ser difícil no início, o esforço requer pelo menos três semanas. Mas a boa notícia é que os resultados são maravilhosos. A dieta pode influenciar muito ao intoxicar ou desintoxicar seu organismo.

Gordura abdominal

O que comer e não comer para equilibrar seus hormônios

Fique longe de todos os alimentos com alto índice glicêmico, porque são aqueles que incentivam a ansiedade e vontade de comer descontroladamente. Sendo assim, remova da sua dieta (ou reduza a sua ingestão) carboidratos e açúcares refinados (pão, arroz, massas, doces, tortas, tudo de cor branca ou muito doce), bem como alimentos processados que contenham muitos conservantes e aditivos.

No lado oposto se encontram os alimentos que podem ser usados não só para perder peso, mas também para melhorar a saúde. Os alimentos de baixo teor glicêmico são os que irão manter seus hormônios equilibrados, impactando positivamente no seu corpo e pele.

Os alimentos que oferecem uma boa quantidade de fibras, como bananas, uvas passas, alcachofras, aveia, nozes e feijão, vão ajudar a melhorar o seu sistema digestivo. Também não se esqueça de beber dois litros de água por dia (podem ser necessários até 3 durante o verão) para aumentar o metabolismo e fornecer a quantidade de líquidos necessária para que o corpo elimine as toxinas através da urina e a transpiração.

Alimentos para reduzir áreas específicas do corpo

É verdade que algumas partes do corpo são mais difíceis de emagrecer do que outras,tudo dependerá da pessoa e seus hábitos, e também dos conhecidos ”hormônios”. Por exemplo, quem tem uma grande produção de estrogênios (hormônios femininos), terá uma predisposição para quadris e coxas maiores. Portanto, para cada região do corpo existe um tratamento específico para equilibrar cada hormônio específico.

Barriga

Se você tem uma barriga mais saliente, pode ser devido à quantidade de comida que ingere ou porque não evacua corretamente. A gordura acumulada na região abdominal também está relacionada ao excesso do hormônio cortisol (conhecido como o hormônio do estresse). É por esta razão que os funcionários que passam horas sob pressão geralmente têm maior quantidade de gordura acumulada nesta região.

Um dos remédios naturais para perder barriga é o manjericão santo, uma erva nativa da índia que reduz os níveis de cortisol. Outras alternativas são o espinafre, frutas cítricas, cevada, feijão e nozes.

Tronco

Se você está armazenando uma grande quantidade de gordura na parte traseira e na parte superior do tronco (que não é tão comum, mas pode ocorrer), é porque seus níveis de insulina estão elevados. Os alimentos capazes de reduzir essa área são os que possuem ácido linoleico, como iogurte, carne (magra), cereais integrais e vegetais verdes.

Glúteos

gluteos

Um dos pesadelos das mulheres, é o bum-bum avantajado, embora esteja comprovado que muitas gostariam de tê-lo, mas sem exageros. Se você está armazenando mais gordura do que deveria nesta área, como mencionado anteriormente, é devido à alta produção de estrogênios. Para combater esses efeitos, é recomendado consumir vegetais que pertencem ao grupo das hortaliças crucíferas, como a couve-flor ou brócolis, ricos em fitoquímicos que neutralizam o hormônio que prejudica seus glúteos. Outras opções incluem a linhaça, chia, gergelim, uvas vermelhas e romãs.