Como saber se você está começando a sofrer de hipotireoidismo - Melhor Com Saúde

Como saber se você está começando a sofrer de hipotireoidismo

O hipotireoidismo é uma doença muito comum. Seus sintomas podem ser confundidos com os de outras doenças, ou até serem parecidos com os transtornos que apresentamos durante períodos de estresse.
Como saber se você está começando a sofrer de hipotireoidismo

Por outro lado, alguns dos sintomas mais específicos do hipotireoidismo são pouco conhecidos. Neste artigo, daremos as chaves para detectar se você pode estar passando pela fase inicial dessa doença ou se pode chegar a desenvolvê-la no futuro, assim como um teste que ajudará você a ter mais certeza se isso se aplica ou não ao seu caso.

O que é o hipotireoidismo?

Mulher-tocando-a-garganta

O hipotireoidismo é uma deficiência na produção de dois hormônios muito importantes para o funcionamento do organismo: o T3 (triodotironina) e o T4 (tireoxina), produzidos pela glândula tireoide, localizada no pescoço.

A doença atinge 3% da população mundial, principalmente mulheres, mas também afeta homens e até recém-nascidos. Através do teste do pezinho, é possível detectar a doença em bebês e tratá-la antes que cause danos graves, como lesões cerebrais irreversíveis.

O hipotireoidismo também é mais frequente em quem tem mais de 50 anos e em mulheres no período pós-parto. A tireoide se localiza acima da traqueia e tem a função de regular o metabolismo do corpo através dos hormônios que produz.

Sintomas mais frequentes

A seguir, explicaremos quais são os sintomas mais frequentes do hipotireoidismo e também os menos conhecidos.

— Cansaço e esgotamento: a pessoa pode sofrer de dores e fraqueza muscular.
— Sensação constante de frio, inclusive quando outras pessoas estão sentindo calor.
— Aumento inexplicável de peso ou dificuldade para perder peso, apesar de comer de maneira equilibrada e fazer exercícios.
— Tendência à prisão de ventre, apesar de consumir alimentos ricos em fibra e beber água suficiente.
— Depressão ou oscilação do humor.
— Palidez ou tom de pele amarelado.
— Retenção de líquidos, notado mais no rosto. A face fica inchada, sobretudo pela manhã, e aparecem bolsas embaixo dos olhos, o que dá à pessoa uma aparência de esgotamento.
— Desequilíbrios hormonais e, em alguns casos, dificuldades de engravidar.
— Queda dos cabelos, apesar de ter uma alimentação equilibrada. O cabelo fica seco, frágil e quebradiço.
— Pele seca. Em geral, necessitamos hidratar a pele muito frequentemente.
— Os pelos das extremidades de uma ou das duas sobrancelhas caem. Esse sintoma é muito típico e poucas pessoas o conhecem.
— Papada.
— Tendência a sofrer de infecções.
— Dores de cabeça frequentes.
— Perda de memória e falta de concentração.

Escova

O teste do termômetro

Existe um teste fácil que podemos realizar nós mesmos em casa, sem nenhum custo, e que nos dará mais informações sobre se estamos sofrendo de hipotireoidismo. Apenas precisamos de um termômetro, digital ou oral, para realizá-lo.

Devemos seguir os seguintes passos:

— Ao se deitar, deixe o termômetro pronto do lado da cama para não ter que se levantar pela manhã.
— Assim que acordar, antes de fazer qualquer outra coisa, pegue o termômetro e meça a sua temperatura corporal.
Recomendamos realizar esse teste durante vários dias seguidos, por pelo menos dez, para saber qual a temperatura média de nosso corpo em repouso total.

Qual o significado?

Essa temperatura média nos dá a chave para conhecer o funcionamento de nossa tireoide:

— Normal: se a temperatura estiver entre 36,2 e 36,7°C.
— Possível hipotireoidismo: se for inferior a 36,2°C. A glândula tireoide está funcionando de maneira mais lenta que o normal.

Para que esse teste seja confiável, não devemos utilizar nada que possa alterar nossa temperatura corporal natural, como os cobertores elétricos, ou beber álcool ou outras substâncias estimulantes, na noite anterior.

As mulheres também deverão evitar realizar o teste durante os primeiros dias do ciclo menstrual, durante a ovulação (aproximadamente, no dia 14 do ciclo). A febre, evidentemente, também vai alterar os resultados desse teste.

Termometro

Tenho os sintomas, o que fazer?

Se você observar pelo menos cinco dos sintomas que explicamos, e, além disso, o teste do termômetro confirmou que a sua temperatura corporal é inferior à média normal, recomendamos que consulte um especialista para que ele possa realizar os exames necessários e confirmar ou não o diagnóstico o quanto antes.

O hipotireoidismo é tratado com levotiroxina, um medicamento ingerido diariamente, em jejum, e que permite aos pacientes levarem uma vida plena, feliz e normal.

Recomendamos realizar exames de rotina periódicos para saber se tudo vai bem com nosso corpo.