Sinais que nos alertam sobre possíveis problemas no cólon

Sinais que nos alertam sobre problemas no cólon

Há determinados sintomas digestivos que, embora possam ser normais, se surgirem isoladamente e se estenderem no tempo, podem ser decorrentes de problemas mais graves, como o câncer de cólon.
Sinais de problemas no cólon

Neste artigo contaremos quais são os sinais que nos advertem a respeito de problemas no cólon. É importante ficar atento para que você possa detectá-los a tempo e tratá-los como corresponde.

Síndrome do cólon irritável: o que devemos saber?

Desenho de cólon irritável

Os problemas no cólon afetam quase um quarto da população, e cada vez mais pessoas são diagnosticadas com esta síndrome.

São mais comuns nas mulheres e não estão relacionados apenas com a alimentação, mas também com o estresse, o nervosismo e os medos.

Esta condição está incluída nos chamados “transtornos funcionais do aparelho digestivo”, entre os quais podemos mencionar também a prisão de ventre e a dispepsia.

Em todos eles predominam os sintomas crônicos, que muitas vezes surgem quando a lesão já está muito avançada ou é muito significativa.

Os problemas no cólon aparecem em adultos jovens (antes dos 45 anos). Os hábitos diários podem ajudar a piorar a situação.

  • Por exemplo, os alimentos que não deveríamos consumir são as verduras de folhas, as leguminosas e as ameixas.
  • Também não são recomendáveis os laticínios e os cítricos consumidos em excesso.
  • Poderíamos dizer que é preciso erradicar das receitas aqueles alimentos que causam gases, como o repolho e as favas.

Por outro lado, é aconselhável que as refeições sejam ricas em fibras e proteínas.

  • Um bom exemplo de dieta saudável é a mediterrânea, que inclui muitos peixes, azeite de oliva e tomate.
  • É necessário também beber ao menos 2 litros de água por dia para reduzir a irritação intestinal, facilitar o movimento do bolo fecal, e evitar a prisão de ventre.
  • Além disso, o exercício é fundamental para melhorar a atividade intestinal e reduzir o estresse e a ansiedade.

Leia também: Remédios imediatos para crises de prisão de ventre

Os fatores psicológicos também podem alterar a motilidade ou a sensibilidade digestiva. Portanto, é mais provável sofrer de problemas intestinais se estivermos estressados, nervosos, preocupados, etc.

Outras causas dos problemas no cólon:

  • Gastroenterite aguda
  • Intolerâncias alimentares
  • Fatores genéticos
  • Alterações hormonais

Sintomas de problemas no cólon

Muitas vezes relacionamos estes sinais a outras condições como, por exemplo, uma indigestão, uma refeição exagerada ou uma consequência da caótica vida cotidiana.

No entanto, precisamos ter muito cuidado quando os sintomas aparecem mais de uma vez por semana e se transformam na regra, e não na exceção.

Dor abdominal

Pessoa com dor no ventre por problemas de cólon

  • Está localizada na parte inferior do abdômen e os incômodos são semelhantes a cólicas, ou seja, pulsantes e opressivas.
  • A dor abdominal começa de forma leve, e depois a intensidade vai aumentando (moderada e depois forte).
  • A duração deste sintoma costuma ser de 2 horas ou menos, e se alivia com a evacuação.

O início da dor condiz com a vontade de ir ao banheiro, com as mudanças na frequência da deposição, ou com as alterações na consistência das fezes.

Também pode estar relacionado com a ingestão de um alimento em particular.

Alterações no ritmo intestinal

Podem se manifestar através da diarreia ou prisão de ventre, bem como uma combinação entre ambos. Além disso, pode ocorrer distensão abdominal e uma grande quantidade de gases.

Como consequência destas alterações, a pessoa pode ter a sensação de uma evacuação incompleta, ou ter uma mucosidade nas fezes.

Problemas digestivos

As náuseas e os vômitos frequentes podem ser outro sinal de problemas no cólon, bem como do ardor torácico.

Outro indicativo que vale a pena levar em conta é a saciedade deficiente após a ingestão. Depois da comida parecer ter nos deixado “cheios”, temos apetite novamente.

Sinais que advertem sobre um câncer de cólon

Embora os problemas no cólon possam ser tratados com uma boa alimentação e redução do estresse, também devemos descartar que se trate de uma doença mais grave, como o câncer.

Os sintomas que podem delatá-lo são:

Cólicas abdominais

São comuns depois de comer muito. No entanto, quando se alongam por muito tempo, não são acompanhadas por outros sintomas e aumentam sua intensidade em vez de diminuí-la, talvez estes possam ser sinais de um câncer de cólon.

Fadiga

Mulher com fadiga por causa de problemas no cólon

É verdade que nos tempos atuais é normal se sentir cansado.

No entanto, este é um sinal de alerta quando, sem importar quantas horas dormimos ou as atividades que realizarmos, sempre estamos cansados, sem força e sonolentos.

Perda de peso inexplicável

Se você não está fazendo dieta e nem mudou seus hábitos alimentares, mas mesmo assim está perdendo peso, deve consultar um médico.

A perda de, pelo menos, 5% do peso em 6 meses é um sinal de que algo está errado.

As células cancerígenas empregam a gordura armazenada para se desenvolverem, e além disso o sistema imunológico queima mais calorias do que o normal quando está afetado.

Recomendamos também: Está tentando perder peso? Evite estas 6 bebidas

Alterações nas fezes

A aparição do sangue e as mudanças na coloração, aparência e tamanho das fezes pode ser um sinal que não devemos deixar de lado.

Também é preciso controlar se você tem pólipos no intestino já que, com o passar do tempo, eles podem se tornar cancerosos.

Imagem principal cortesia de © wikiHow.com