Sinais do corpo que não devemos ignorar - Melhor com Saúde

Sinais do corpo que não devemos ignorar

Existem determinados sinais do corpo que, longe de serem normais, podem ser indicativos de problemas graves que devemos resolver o quanto antes.
Sinais do corpo que não devemos ignorar

O corpo nos envia sinais o tempo todo. No entanto, muitas vezes não os escutamos ou não sabemos interpretá-los.

O organismo “pede algo em troca” por tudo o que fazemos (desde não se alimentar bem a não se exercitar como corresponde).

Por isso, devemos prestar mais atenção a essas chamadas de atenção que o corpo dá através de certos sintomas. 

Dores que não devemos ignorar

Muitas vezes pensamos que se uma parte de nosso corpo dói, a dor eventualmente vai passar e não nos preocupamos com isso.

Não há necessidade de ir ao médico por cada mal-estar, mas deveríamos prestar mais atenção aos sintomas que apresentamos e principalmente em sua evolução.

As dores são um mecanismo de defesa ou um chamado de atenção que o corpo tem para nos avisar que algo não está bem. E como o organismo é sábio, não devemos subestimar estes sinais.

Os principais sintomas que não devemos deixar para lá são:

Dor no peito

dor_no_peito

Se vier acompanhada com falta de ar ou taquicardia, pode ser um sinal de pré-infarto. Esse mal-estar pode ser severo e pode aparecer em qualquer momento do dia.

Se a dor se localiza no lado esquerdo do peito, é sinal de um possível ataque do coraçãoSe acontece no lado direito, pode ser devido a uma angina de peito, uma embolia pulmonar ou um ataque de asma.

Preste atenção, porque os incômodos relacionados ao sistema cardíaco podem se manifestar também na garganta, no braço ou ombro esquerdo ou no abdômen, e virem acompanhados por náuseas e tonturas.

Dor articular

dores-joelhos

Muitas pessoas acreditam que a dor nas articulações é algo “normal” à medida que vão envelhecendo, ou que surge devido a um grande esforço ou movimento brusco.

No entanto, devemos levar em consideração que em alguns casos esta dor pode ser causada por um acidente ou uma lesão. 

Se for observado, além disso, inflamação e vermelhidão na região, pode ser artrite reumatoide. Os tratamentos precoces podem evitar que o quadro piore e incapacite o portador (principalmente nas mãos).

Outros motivos de dor articular podem ser:

  • Febre reumática
  • Hepatite
  • Gripe
  • Gota
  • Osteoartrite

Dor de cabeça severa

mulher-dor-cabeça

As enxaquecas podem ser causadas por cansaço ou excesso de estresse, e por isso tomamos um analgésico, vamos dormir e nos esquecemos do assunto.

No entanto, devemos ter cuidado, porque a dor de cabeça pode ser um sinal de aneurisma cerebral. 

Para que esta condição seja possível também deve vir acompanhada por náuseas ou vômitos, sensibilidade aos ruídos e às luzes e visão de uma espécie de “aura”.

O aneurisma está caracterizado por um crescimento na artéria que se encarrega de levar sangue ao cérebro.

Se o quadro é grave pode provocar uma hemorragia e gerar um acidente vascular cerebral. Se você tem dor de cabeça severa com uma frequência grande, não ignore.

Dor aguda no ventre

dor-aguda-no-baixo-ventre

Se o mal-estar se produz no lado direito inferior do ventre, pode ser uma inflamação do apêndice.

Um dos sintomas comuns da apendicite é uma espécie de câimbra que começa no umbigo e se espalha até a perna. Além disso, o quadro vem acompanhado de náuseas, febre e inflamação na área.

No caso das mulheres a dor no ventre também pode ser sintoma de um cisto nos ovários. O incômodo pode aparecer tanto no direito como no esquerdo.

Quando estes sacos cheios de líquidos se rompem, a dor é insuportável e os restos devem ser eliminados o quanto antes, para evitar que o sangue não flua para os ovários.

Sinais que nos alertam sobre o mal de Alzheimer

O cérebro também pode nos dar sinais para avisar que algo não está bem em seu funcionamento.

Muito além da deterioração cognitiva típica do envelhecimento, existem sinais que indicam uma doença mais grave e que no momento não tem cura: o Alzheimer.

Preste atenção aos sinais comuns:

Recomendamos a leitura: Descubra como a cúrcuma ajuda na recuperação de pacientes com Alzheimer

Esquecimentos frequentes

memoria

A perda de memória e a dificuldade para reter informação recentemente aprendida são dois sinais muito comuns.

Não se lembrar de datas importantes, perguntar a mesma coisa uma e outra vez ou contar uma história várias vezes para as mesmas pessoas são questões que não devem ser ignoradas.

Problemas para resolver situações

A incapacidade para seguir um plano ou desenvolver uma atividade que requer pensar ou analisar informação pode ser outro sinal do mal de Alzheimer. Por exemplo, não poder seguir uma receita ao pé da letra ou não cumprir com a indicação do médico.

Pode ocorrer certa dificuldade para desempenhar tarefas comuns: dirigir, lembrar as regras de um jogo, colocar a lavadora para funcionar, etc.

Desorientação

desorientacao

Não saber que dia é hoje ou onde a pessoa está são típicos sinais deste problema degenerativo.

Perguntar a si mesmo: ‘por que eu vim para a cozinha?’ ou ‘o que estava procurando no quarto?’ também é muito comum.

Perder-se na cidade ou no metrô, não saber para onde vai enquanto caminha ou querer voltar para casa e não encontrar o ponto de ônibus são coisas que devemos levar em consideração.