Sinais de que seu corpo não elimina bem as toxinas

Você sabia que problemas habituais como as cefaleias ou a falta de concentração podem ser por causa de um excesso de toxinas? É possível que seu corpo esteja enviando sinais para que o depure.

Inclusive quando mantemos hábitos saudáveis, podemos nos sentir sem vontade ou sem a energia suficiente.

Isso pode ser porque talvez o corpo não elimine corretamente as toxinas.

No seguinte artigo contaremos sobre os sinais aos que devemos estar atentos e que são consequência de que algo não está bem em nosso organismo.

Sinais de problemas ao não eliminar bem as toxinas

A dor de cabeça, a irritabilidade e a indigestão podem ser situações isoladas causadas por algum acontecimento em particular.

Porém, quando se transformam na regra e não na exceção, talvez devamos prestar mais atenção, porque podem ser sinal de que o corpo não está eliminando as toxinas como corresponde.

Dentre os principais sinais de que o sistema de eliminação de toxinas não está funcionando corretamente encontramos:

1. Fatiga constante

Mulher com fatiga porque o corpo não elimina bem as toxinas

Não importa quantas horas você dorme por dia, porque você sempre sente sono ou falta “combustível” para se sentir bem.

Quando o corpo trabalha arduamente para eliminar as toxinas é normal que nos sintamos cansados.

Se para lidar com este tipo de problema tomamos café ou comemos chocolate, só estaremos piorando a situação. Tenha em conta, além disso, que a fatiga crônica pode ser a resposta a um desequilíbrio hormonal que está danificando seu sistema imunológico.

2. Prisão de ventre

Quando algo não funciona bem no estômago e no intestino o corpo não pode eliminar as toxinas através das fezes.

A prisão de ventre crônica é sinal de intoxicação. Inclusive se você aumentou o consumo de fibra ou se mudou sua alimentação e não vê mudanças poderia ser devido ao fato de que precisa de uma limpeza profunda de cólon.

Não se esqueça que durante anos seu sistema digestivo foi acumulando rejeitos dos quais nem todos são excretados. Então consuma mais frutas e verduras cruas para ajudar no processo.

3. Dor de cabeça

Enxaqueca aparece quando o corpo não elimina bem as toxinas

As origens da enxaqueca são variadas. Porém, devemos prestar atenção se aparece várias vezes por semana.

Se você não pode determinar o motivo da dor de cabeça (não teve um dia estressante, não ficou no sol, não sofreu de insônia, etc.) então deveria pensar na opção de se desintoxicar.

Tenha em conta que a dor de cabeça pode aumentar durante o processo (algo que se conhece como “crise curativa”).

4. Aumento de peso

É verdade que perder quilos é algo muito difícil. Porém, se apesar do exercício e da dieta você não nota mudanças na balança (ou inclusive pesa mais do que antes) poderia ser por um problema hormonal.

Qual é a relação com as toxinas? Que a função dos hormônios também pode se intoxicar e se desequilibrar por causa dos alimentos que consumimos ou dos hábitos que mantemos.

5. Problemas de concentração

Função do cérebro ao não eliminar bem as toxinas

É cada vez mais custoso para você focar em suas tarefas? Você deixa coisas pela metade porque sua mente “está nublada”? É difícil para você tomar decisões precisas?

A “névoa mental” é a incapacidade de se concentrar e é muito habitual quando o corpo tem muitas toxinas acumuladas.

Não cometa o erro de tomar café ou álcool para encobrir o problema. Muito pelo contrário, elimine os rejeitos através de uma dieta adequada.

6. Depressão

Às vezes, você está feliz e, de uma hora para a outra, sente-se a pessoa mais infeliz do planeta.

O humor muda várias vezes por dia e colocamos a culpa disso em fatores externos como o trânsito, o trabalho, os problemas e econômicos ou os afazeres domésticos.

Porém, a depressão e a angústia também podem aparecer por manter uma alimentação pouco saudável e por onde recarregar o organismo de toxinas (que logo não podemos eliminar como deveríamos).

Comece uma dieta saudável e pouco a pouco verá os resultados.

 7. Insônia

Mulher com insônia porque seu corpo não elimina bem as toxinas

Se você tiver pesadelos, acordar no meio da noite e não pode conciliar o sono ou custar muito dormir, talvez possa ser por um excesso de toxinas.

Isso se deve ao fato de que interrompe às funções do hormônio conhecido como melatonina (encarregado pelo relaxamento e pelo descanso).

  • Às vezes, acreditamos que a solução é consumir soníferos ou relaxantes; porém, transformam-se em uma arma de dois gumes.
  • Precisa-se de doses mais altas para conseguir efeitos e além disso aumentamos o nível de toxinas o corpo.
  • Por isso recomendamos algumas técnicas, como a meditação e a ioga antes de deitar para conseguir um sono reparador.

8. Dores musculares

É verdade que a vida que levamos nos conduz às dores e contraturas musculares, principalmente na região cervical ou dorsal.

Porém, muitas vezes parece como se, ao não fazermos nada, continuamos sofrendo rigidez.

Pode ser que atribuamos isso a uma noite ruim, a uma almofada nova ou ao exercício, mas nada disso causa dor… quem é o culpado? São as toxinas.

Quando se encontram em níveis altos causam inflamação, dor e problemas de movimento.

9. Acne

Mulher com pele seca por que não elimina bem as toxinas

A pele reflete nossa saúde. Por isso é fundamental prestar atenção a ela. Quando o organismo deseja eliminar toxinas pode fazê-lo através de diferentes vias.

Uma delas é a pele. Como consequência, aparecem cravos em certas áreas do rosto, dorso ou costas.

Além disso a pele parece pouco saudável, com poros dilatados e cravos.

Para evitá-lo não basta apenas fazer uma limpeza e esfoliar, também é preciso prestar atenção ao que você come e ao que pode estar gerando este problema.

Recomendados para você