Sintomas de uma hérnia de disco - Melhor com Saúde

Sintomas de uma hérnia de disco

São muitas as pessoas que sofrem de hérnia de disco. É um problema doloroso e incapacitante, além de ser grave, o que faz com que seja importante conhecer melhor seus sintomas.

Como já sabemos, a coluna vertebral é uma ligação de peças complexas anatômicas: ossos, músculos e ligamentos que, em dado momento, pode nos dar problemas. A seguir, explicaremos melhor a respeito.

Como saber se sofro de hérnia de disco na coluna?

1. O que é a hérnia de disco?

Hernia ciatica

Mas, o que realmente são esses discos na coluna que nos causam tanta dor e incômodo? Bom, para compreender isso precisamos pensar nos tecidos existentes entre os ossos e a coluna vertebral, que possuem uma textura mole e um revestimento exterior duro e que atuam como amortecedores, adaptando-se ao movimento que realizamos (esses são os discos, e o que causa a hérnia de disco).

Em certas ocasiões eles são degradados, deixando que o tecido branco se exponha, assim, ele pressiona os nervos e causa dor ao mesmo tempo em que perde a capacidade de amortecer a região.

2. Por que sofremos de hérnia de disco?

Dor nas costas por hérnia

Basicamente, a hérnia de disco aparece com o passar dos anos. A medida que envelhecemos a coluna se torna menos flexível, um pouco mais rígida e os ligamentos que rodeiam os discos, as vezes, podem se desgastar.

Esses discos também se tornam mais rígidos, porque perdem hidratação e se degeneram. Sentimos dor sem saber a causa, por isso vale a pena conhecer os sintomas dessa doença.

3. Sintomas de uma hérnia de disco

hérnia de disco

  • Em primeiro lugar é preciso saber que dependendo da região do corpo que dói, podemos ter um indicativo da região onde está localizada a hérnia. Isso é importante.
  • Caso você sofra de formigamentos, dormência, e peso nas pernas, é muito possível que a hérnia esteja localizada na região lombar. Se sente incômodos no meio das costas, é provável que se trate de uma hérnia dorsal, e se nota tensão e sofrimento na região do pescoço e inclusive na região dos braços, é possível que sofra de uma hérnia cervical.
  • Sintomas da hérnia de disco cervical: dor e sensação de rigidez no pescoço, impossibilidade de movimentá-lo com facilidade de um lado a outro, câimbras na região que descem para os ombros e braços, e inclusive enjoos e desmaios. Além desses sintomas é muito comum sentir os braços e as mãos dormentes durante a noite, inclusive carregar peso pode se tornar mais difícil e é possível sentir-se fraco e deixar as coisas caírem com mais frequência. Ou seja, são sintomas incômodos e incapacitantes.
  • Sintomas da hérnia de disco lombar: nesse caso a dor se concentra na parte baixa das costas, onde se sente um ardor estranho, um calor forte que faz com que tenhamos que manter as costas bem retas. Também se sente uma rigidez muscular acompanhada por câimbras que podem chegar até as pernas. Essa é conhecida como dor irradiada, ou, inclusive, ciática. São muitas as pessoas que comentam que as vezes sentem dor até mesmo nos pés, formigamento, fraqueza e inclusive incontinência. É um caso muito extremo, mas também pode ocorrer e se ocorrer é preciso procurar um médico imediatamente.
  • Os médicos também nos falam sobre a dor irradiada. O que essa dor significa? Bom, basicamente isso quer dizer que a dor se apresenta em uma parte do corpo, porém, a hérnia se encontra em outro lugar e não na parte que nos dói. É como quando, por exemplo, temos uma hérnia nas costas e sentimos dores, que são reflexo dessa hérnia, nas pernas. É um problema que ocorre principalmente em um disco intervertebral. É muito comum, por exemplo, sentirmos dores nos glúteos, um ardor que se estende desde essa região até a parte interna da perna. Se isso te ocorre é bom ficar atento à possibilidade de sofrer de uma radiculopatia. Mas, sempre será melhor que o médico dê um diagnóstico.

4. Quando devemos procurar por ajuda médica?

tratamento para hérnia de disco

A dor provocada por qualquer tipo de hérnia de disco interfere em nossa vida normal. Não conseguimos andar, trabalhar ou carregar peso com normalidade. Apresentamos dificuldades para dormir e até o ato de nos sentarmos em uma cadeira se torna muito custoso. Se esses sintomas persistem por duas semanas seguidas é preciso que procuremos por ajuda médica para que os exames pertinentes sejam realizados e proporcionem um diagnóstico fiel, bem como o melhor tratamento.

Os médicos também alertam que devemos procurar um hospital com urgência caso cheguemos a apresentar incontinência urinária ou de controle de esfíncteres. Nesse caso é evidente que a hérnia está dificultando as funções normais do organismo, e essa é uma prova clara de que existe uma clara gravidade resultante da doença.

Em geral o tratamento requer intervenções cirúrgicas, mas não há motivo para preocupações, as cirurgias sempre são bem sucedidas e permitem que a vida volte à normalidade. Assim, já sabemos, é preciso ter atenção aos sintomas, as dores, e não deixar de consultar um médico caso tudo o que relatamos aqui seja observado. Sem duvidas, valerá a pena, pois cada um de nós merece viver com qualidade!