Sintomas das principais doenças cardíacas em mulheres - Melhor Com Saúde

Sintomas das principais doenças cardíacas em mulheres

Os problemas emocionais, as tensões e a ansidade também aumentam o perigo deste tipo de doença cardíaca nas mulheres. Em algumas ocasiões, elas podem ser confundidas com outras condições de saúde.

As doenças cardíacas são uma das principais causas de morte no mundo. É importante observar e reconhecer seus sintomas, uma vez que, em mulheres, suas características não são tão óbvias assim. As manifestações serão mostradas a seguir de forma clara e simples.

As causas das enfermidades coronárias variam de acordo com o gênero e, também, as mulheres, por vezes, são mais propensas a certas doenças devido ao seu estilo de vida. Às vezes, um cansaço pode ser justificado pela pressão das obrigações diárias. Enfim, pequenas coisas que, especialmente a mulher, deve considerar.

Doenças cardíacas em mulheres: Quais são os sintomas?

1. Angina torácica

Angina-de-pecho

  • A angina torácica ocorre quando o músculo cardíaco não recebe sangue rico em oxigênio suficiente.
  • Nos homens, se manifesta por uma forte pressão no peito, podendo ir até o braço. Nas mulheres, é mais difusa. Ocorre na forma de queimadura, uma pressão indefinível, principalmente no pescoço, na mandíbula, na garganta, no abdômen, até mesmo nas costas.
  • Vale ressaltar que, quando os homens sofrem de angina torácica, sentem mais dor durante a atividade física do que quando em repouso. Nas mulheres, é o contrário e pode até ocorrer durante o sono.
  • Dados também mostram que problemas emocionais, tensões e ansiedade em mulheres também aumentam o risco de sofrerem este tipo de enfermidade.

2. Sintomas de um infarto

Cuidar-al-corazon

  • O sintoma mais comum que precede um infarto é a dor no peito. Mas, de acordo com dados estatísticas, apenas metade das mulheres tem desconforto, pressão ou mal estar nesa parte do corpo.
  • Deve-se, portanto, considerar os seguintes dados: as doenças cardíacas em mulheres podem, por vezes, ser confundidas com outras condições. Por isso, é preciso prestar atenção a: dores contínuas nas costas ou na garganta, indigestão, azia, náuseas, fadiga extrema e dificuldade respiratória ao subir as escadas.
  • Vertigens e tonturas são também sintomas típicos em mulheres. Os homens geralmente têm suor frio e dor no braço esquerdo.

3. Insuficiência cardíaca

insuficiencia-cardíaca

  • A insuficiência cardíaca ocorre quando o coração não bombeia sangue suficiente para o organismo e causa problemas para a realização das atividades cotidianas.
  • Como afeta as mulheres? Nas mulheres, pernas, tornozelos e veias do pescoço inchados e cansaço são um sinal de alerta. Deve-se consultar o médico. 

4. Síndrome do coração partido ou cardiomiopatia, induzida pelo estresse

corazon-pieza

  • A “síndrome do coração partido”, ou cardiomiopatia induzida pelo estresse, é uma cardiomiopatia temporária muito semelhante à síndrome coronariana aguda que afeta mais as mulheres. É reversível e, geralmente, tem bom prognóstico.
  • Tal síndrome é causada pelo estresse emocional extremo que afeta a funcionalidade do coração. Não há evidências de artérias bloqueadas, mas os sintomas impactam e são muito semelhantes aos de um infarto.
  • É uma doença cardíaca recém-identificada de grande incidência, associada com o estresse emocional grave: uma elevada ansiedade diária, problemas pessoais, etc.
  • Esse nível de estresse causa no coração um abaulamento do ápice do ventrículo esquerdo devido à hiperestimulação.
  • Os sintomas dessa síndrome são asfixia e fadiga. Ao sofrer momentos difíceis na vida e sentir asfixia contínua, deve-se consultar o médico e realizar um exame. A taxa de mortalidade associada a ela é baixa, mas não deixa de ser uma alteração na função cardíaca.
  • Essa doença afeta principalmente as mulheres, já que problemas pessoais e emocionais parecem ter mais incidência na sua constituição. Considerando isso, aprenda a controlar suas emoções, a praticar técnicas de relaxamento ou algum esporte para liberar a tensão. É essencial para a sua saúde. Não se esqueça!