Asma crônica e alergias: o que fazer? - Melhor com saúde

Asma crônica e alergias: o que fazer?

Se sofremos com a asma, devemos manter uma dieta balanceada e evitar certos alimentos que podem desencadear crises, além de manter hábitos de vida saudáveis.

Lamentavelmente a asma crônica e as alergias são duas condições médicas muito frequentes. O problema é que o quadro costuma se agravar porque, frequentemente, ambas as infecções estão diretamente relacionadas e podem condicionar significativamente a vida de quem padece delas.

No entanto, sempre é possível recorrer a diversos tratamentos naturais que podem ajudar muitíssimo aos alérgicos e asmáticos. Se quiser conhecer alguns destes recursos terapêuticos, continue lendo este artigo.

Asma e alergia juntas?

As mesmas substâncias que desencadeiam os sintomas de rinite alérgica, também podem causar sinais e sintomas de asma, como dificuldade para respirar, sibilância e pressão no peito. É o que se conhece como asma alérgica ou asma induzida por alergia.

Algumas substâncias, como o pólen, os ácaros do pó e o pelo de animais, são desencadeantes comuns. Além disso, em algumas pessoas alergia na pele ou a alimentos podem causar sintomas de asma.

Então, de que maneira uma reação alérgica causa os sintomas de asma?

Uma reação alérgica é produzida quando as proteínas do sistema imune identificam erroneamente uma substância inofensiva, como o pólen, como um invasor. Em uma tentativa de proteger seu corpo desta substância, os anticorpos se unem ao alergênico.

As substâncias químicas liberadas pelo sistema imune conduzem aos sinais e sintomas da alergia, tais como congestão nasal, coceira nos olhos ou reações na pele. Para algumas pessoas, esta mesma reação também afeta pulmões e vias respiratórias, o que leva aos sintomas de asma.

Remédios naturais que podem ajudar

  • A redução dos espasmos das vias respiratórias é um aspecto importante. O magnésio é muito conhecido porque alivia o espasmo muscular e isto inclui os músculos que rodeiam as vias respiratórias.
  • O chá verde também é um broncodilatador eficaz que pode ser utilizado facilmente.
  • É fundamental, se você sofre de asma crônica e alergias, conseguir equilibrar as vias alérgicas no corpo. Os óleos Omega-3, encontrados em sementes de linho e em peixes, podem ser uma forma efetiva para fazer isto. Um estudo demonstrou que as crianças que comem peixe mais de uma vez por semana tem um terço a menos de risco de desenvolver asma em relação aos que não comem.
  • Evite corantes artificiais, conservantes, aspirina ou o ibuprofeno e outros medicamentos anti-inflamatórios não esteroides, já que estas substâncias promovem a produção de leucotrienos, substâncias inflamatórias potentes que favorecem a asma.
  • Muitas pessoas com asma não produzem suficiente ácido no estômago e isto pode gerar alergias a certos alimentos, além de uma redução na absorção de nutrientes. Este problema pode ser corrigido com suplementos de ácido clorídrico.

Além dessas dicas, nunca se esqueça dos medicamentos que foram prescritos. Lembre-se que sempre é importante consultar um especialista sobre nossa condição.

Lembre-se também que sob supervisão médica e mediante a combinação de alguns remédios naturais, é possível reduzir a medicação. Tendo isso em mente e aproveitando tudo que a natureza nos oferece, poderemos melhorar significativamente nosso estado de saúde.