Depressão: um mal que atinge muitas mulheres - Melhor Com Saúde

Depressão: um mal que atinge muitas mulheres – Melhor Com Saúde

Existem aspectos que as mulheres possuem que causam depressão com mais frequência. Conhecer estes fatores, enfrentá-los e solicitar ajuda é fundamental para lutar contra esta doença.
Sou mulher e sofro de depressão

Se você for mulher, saiba que a depressão é uma das doenças mais comuns hoje em dia, uma condição que afeta muito mais mulheres do que homens. E por quê?

Uma pessoa não se rompe porque cai, cai porque já está em pedaços.

Existem diversos fatores que fazem com que a mulher esteja mais exposta a sofrer esta terrível doença, uma doença que o destrói, que é difícil sair dela e na qual o apoio de seus familiares e amigos será essencial.

Tristeza, depressão, melancolia

Em certas ocasiões confundimos o fato de estar triste ou melancólico com a depressão. Está doença não é algo passageiro, você não está um dia mal e no seguinte já está bem.

Mulher que sofre de depressão

Geralmente os sintomas mudam a sua vida, impede você de fazer as coisas habituais, em certos momentos você nem sequer quer levantar da cama. Ela o faz desabar e você tem que fazer um esforço sobre-humano para voltar a levantar.

Não se esqueça de ler: 7 dicas para prevenir uma depressão na fase inicial

Se você for mulher e acredita que possa estar sofrendo depressão, não espere mais e peça ajuda. Ás vezes é um obstáculo fazê-lo, acreditamos que tudo pode ser fruto de nossa imaginação, mas o melhor é tirar a dúvida, pois, como dissemos antes, ser mulher é um fator importante para diagnosticar a depressão.

Qualquer mudança, como ter dificuldade para dormir, sentimentos de culpa constantes, dar-se conta de que não é feliz, não poder viver normalmente, as coisas que você gostava, agora lhe são indiferentes…. Todos são sinais de alarme que você deve prestar atenção, porém preste mais atenção ao fato de você ser mulher. Quer saber por que as mulheres têm mais chances de sofrer de depressão?

¨Se sinto depressão, cantarei. Se sinto tristeza, rirei. Se me sinto doente, duplicarei meu trabalho. Se sinto medo, seguirei em frente. Se me sinto pobre, pensarei na riqueza. Se me sinto insignificante, lembrarei das minhas metas”

-Og Mandino-

 

Ser mulher, sofrer depressão

Mulher chorando por causa de depressão

Como dissemos, existem algumas condições que tornam as mulheres mais vulneráveis à depressão, mais do que os homens. Quais são? Conhecê-las ajudará a compreender melhor o que acontece.

  • Questões genéticas: se alguém em sua família sofreu previamente com está doença, você pode padecê-la. Apesar de também terem muito a ver com questões psicológicas próprias.
  • As mudanças hormonais: estas mudanças influenciam de forma negativa, pois modificam a química cerebral causando mudanças emocionais que podem causar depressão.
  • A puberdade: uma época difícil na qual sofremos mudanças físicas e onde a necessidade de aprovação, de ser desejado pelo gênero oposto ou do próprio gênero, é muito importante.
  • A menstruação: algo pelo qual todas as mulheres passam e que lhes provoca mudanças de humor importantes, podem causar depressão, pois também influenciam na química do cérebro.
  • A menopausaum período difícil tanto para homens como para mulheres, mas as mudanças físicas que as mulheres sofrem as tornam mais predispostas a sofrer depressão.
  • Depressão pós-parto: algo muito comum, mais do que pensamos. As mulheres desenvolvem está doença por causa de mudanças hormonais e a responsabilidade que adquirem ao ter um filho, algo pelo qual não se veem preparadas.

Estas são algumas das condições que a mulher apresenta que a torna mais propensa a sofrer depressão, mas isso não é tudo. Como bem sabemos, as mulheres têm uma expectativa de vida maior do que a dos homens, o que aumenta o tempo para desenvolver a doença.

As mulheres costumam expressar de forma mais frequente o que pensam e o que sentem, algo que nos homens não é tão comum. Por esta razão, se conhecem mais casos de mulheres que sofrem depressão do que homens.

Mulher triste com depressão

Ela não é como as outras. Um dia ela se sente feliz, depois triste, confusa, quebrada ou perdida

Ante qualquer mudança, ante qualquer dúvida preste atenção em todos estes fatores de sua condição como mulher e procure um especialista.

É sempre melhor tirar a dúvida e começar a ver onde está o problema, para solucioná-lo o quanto antes. A depressão não deve guiar sua vida, somente você deve fazê-lo. Não permita que sua vida se torne escura, a luz está aí, você só tem que buscar alguém que te ajude a abrir os olhos.