Conheça uma técnica japonesa para eliminar o estresse

Técnica japonesa para eliminar o estresse

Além das massagens localizadas, também podemos recorrer a diferentes técnicas de relaxamento, práticas e alongamentos que nos ajudem a relaxar tensões e encontrar o bem-estar.
Técnica japonesa para eliminar o estresse

Ninguém pode negar que o estresse é o “mal do século XXI”, e que traz muitas consequências negativas para a nossa saúde.

No Japão foi criada uma técnica revolucionária que promete nos livrar do cansaço, do nervosismo e da ansiedade em questão de minutos.

Você gostaria de conhecê-la? Então continue lendo este artigo.

O método japonês para reduzir o estresse

metodo-japones-reduzir-estresse

O esgotamento e a fadiga, somados às obrigações e cargas do dia a dia, formam uma combinação prejudicial para a nossa saúde. Parece que o estresse é o comum, e não a tranquilidade.

Nestes momentos em que as coisas do trabalho ou de casa se complicam, aconselhamos que você realize uma técnica oriental muito interessante.

No ocidente não sabemos o poder que cada parte de nosso corpo tem, e principalmente os dedos das mãos. Cada um deles está relacionado a uma emoção ou a um sentimento diferente.

A teoria indica que, dependendo de qual dedo você pressionar ou massagear, estará aliviando uma dor específica.

Se você unir uma palma à outra e pressionar durante alguns segundos, você poderia erradicar o que há de negativo em sua vida (incluindo certas dores ou doenças que se desenvolvem como consequência das emoções tóxicas).

Para poder compreender melhor este mecanismo, primeiro é preciso conhecer o poder de cada um dos dedos das mãos.

acabar-com-estresse

  • Polegar: preocupações, nervosismo e estresse
  • Indicador: medos
  • Médio: ira, raiva e cólera
  • Anelar: depressão, tristeza e falta de decisão
  • Mindinho: pessimismo, falta de energia e ansiedade

A explicação “científica” para esta técnica está baseada no fato de que as mãos estão conectadas com o cérebro, e pontualmente com a região que se encarrega das emoções.

Para poder utilizar este mecanismo é preciso fechar o punho esquerdo e envolvê-lo ou abraçá-lo com os dedos da mão direita.

A seguir, exerça uma pressão unicamente com o dedo específico da sua condição ou problema. Se for o estresse, então o polegar é o indicado. Mantenha a posição durante 30 segundos, descanse outros 30, e volte a começar quantas vezes quiser ou puder.

Pressione os dedos e melhore a sua vida

pressao-dedos-estresse

Outra opção para trabalhar as emoções através dos dedos está baseada em uma arte japonesa chamada “Jin Shin Jyutsu” (que na tradução seria algo como “arte da felicidade”).

Devemos massagear pontos das mãos dependendo do que estivermos sentindo. O dedo polegar representa as preocupações, o indicador os medos, o médio a raiva, o anelar a tristeza, e o mindinho as pretensões.

Abra uma das mãos e preste atenção ao dedo que coincide com a sua situação.

Pressione as duas falanges durante alguns minutos usando o polegar e o indicador da outra mão, ou então com o punho fechado para que o dedo em questão fique “preso”. Uma vez que terminar, mude a mão e repita o exercício.

Estas técnicas não apenas nos ajudam em casos de estresse ou problemas emocionais, mas também servem para aliviar dores físicas. Neste caso explicamos para que “serve” cada dedo:

  • Polegar: estômago e baço, dores de cabeça ou estômago e problemas na pele.
  • Indicador: rins e bexiga, dores musculares e problemas digestivos.
  • Médio: vesícula e fígado, dor menstrual ou de cabeça, problemas oculares ou sanguíneos e fadiga.
  • Anelar: cólon e pulmão, indigestão, problemas respiratórios (principalmente a asma).
  • Mindinho: coração e intestino, problemas ósseos.

Mais técnicas orientais para combater o estresse

Parece que os asiáticos são especialistas em conseguir um estado “zen” de tranquilidade e bom humor. Por isso a maioria dos exercícios ou métodos que são aconselhados provêm desta parte do mundo.

Além de aproveitar os benefícios da técnica dos dedos da mão, se você tem um grau elevado de estresse recomendamos que escolha uma das seguintes alternativas.

Ioga

Os primeiros vestígios desta prática e filosofia de vida são do ano 3000 a.C., segundo pinturas encontradas na Índia. Ela é baseada na meditação e na possibilidade de unir o corpo e a alma.

Ao longo da história foram se desenvolvendo vários tipos de ioga, mas todos têm o mesmo propósito: alcançar um equilíbrio entre o físico e o espiritual.

Entre os diversos benefícios do ioga estão: perder peso, eliminar dores (sobretudo nas costas), tonificar músculos, oferecer flexibilidade e combater a depressão e o estresse. O relaxamento é conseguido através de diversas posturas de acordo com cada pessoa.

Banho do bosque

banho-do-bosque

Para poder colocar em prática esta técnica conhecida como “Shinrin Yoku” é preciso caminhar descalço por um parque ou um campo.

A ideia é que quando caminhamos a natureza deve ingressar ao corpo através dos cinco sentidos. Isto serve para melhorar o humor,  a criatividade e a saúde. A ideia é passear pela grama, pelo menos durante uma hora, duas vezes por semana.

É preciso prestar atenção somente ao que o rodeira e desfrutar de um delicioso chá ou suco de frutas enquanto caminha. Não estão permitidos os telefones celulares nem os problemas.

Segundo os estudos esta técnica também permite reduzir a pressão arterial, o cortisol (hormônio do estresse) e a ansiedade, ao mesmo tempo em que fortalece o sistema imunológico e estimula as funções cognitivas.

Taichi

É uma disciplina oriental que pretende encontrar o perfeito equilíbrio entre o corpo e a mente usando movimentos lentos, mas vigorosos. Certamente você já viu pessoas praticando esta técnica no parque: é divertida e para todas as idades.

Trata-se de uma arte marcial, mas também é uma atividade que nos permite relaxar. Entre seus benefícios conseguimos diminuir o estresse, eliminar a rigidez corporal, estimular o físico e fazer fluir a energia positiva.

Shiatsu

shiatsu

É de origem japonesa e nos ajuda a aliviar todo tipo de mal-estar causados pelo estresse como, por exemplo, a rigidez nos ombros e nas costas.

Está baseado em exercer pressão em diversos pontos específicos do corpo, cada um deles relacionado ao sistema nervoso e a diferentes órgãos.

Reduz as tensões e ativa a energia, mas além disso elimina as toxinas, regula a pressão arterial e a ansiedade e afasta os transtornos do sono.

Do-in

Esta prática foi inventada na China e tem como objetivo melhorar a qualidade de vida das pessoas mais velhas. Ela é baseada em uma série de exercícios respiratórios para reduzir o nervosismo, incentivar o equilíbrio e conseguir chegar à serenidade.

A técnica também é usada nos escritórios em momentos críticos. Entre suas vantagens: permite uma respiração consciente e adequada, ajuda a meditar, fortalece os músculos, recupera o sono e elimina tensões e o estresse.

Aikido

Também é uma arte marcial mas, diferentemente do karatê ou do taekwondo, fomenta a serenidade mental, recusa a violência e respeita as demais pessoas.

Os movimentos são circulares e permitem melhorar a capacidade de concentração enquanto equilibram a mente, eliminam o estresse e tonificam os músculos. O significado da palavra “aikido” quer dizer caminho de energia e harmonia.