Teve um dia ruim? Reflita sobre estes 5 aspectos

Teve um dia ruim? Reflita sobre estes 5 aspectos

Solucione os seus problemas e afaste as preocupações da sua mente antes de ir para a cama. Do contrário, você não conseguirá descansar adequadamente e, além disso, terá que enfrentá-las novamente no dia seguinte.

Você chegou em casa, fechou a porta e deixou escapar um longo suspiro de cansaço. Hoje foi um dia ruim, daqueles que você não sabe muito bem como enfrentou e que quer esquecer o quanto antes. Qual é a melhor coisa a fazer nestes casos? Qual é o modo mais saudável de enfrentar estes dias tão comuns?

Convidamos você a descobrir estas simples reflexões que, sem dúvidas, serão de grande ajuda.

1. Não leve os problemas do dia para a cama

ansiedad-500x333

É algo que fazemos com frequência: chegar em casa e ir direto para a cama para esquecer o quanto antes esse dia ruim. Isto serve para algo? De jeito nenhum. Este comportamento causará duas consequências:

  • Dormir mal, ter dificuldades para conciliar o sono e aumentar ainda mais a ansiedade.
  • Um mau dia nem sempre vai embora durante o sono. O mais provável é que, quando se levantar pela manhã, esse mal-estar surja novamente.
  • O mais adequado é controlar os problemas do dia antes de dormir. Tente achar uma solução e passar esta página antes de ir para a cama. Desse modo, o sono será mais reconfortante e você se levantará com mais ânimo.

2. A importância dos dias bons e dos maus

Caminar-para-relajarse

A vida está cheia de experiências boas a serem desfrutadas e de experiências ruins para que aprendamos com elas. Ter um dia ruim é e será algo comum ao longo de nossa vida, mas o importante, o essencial, é nossa atitude frente a estes momentos.

  • Existem pessoas que aumentam muito os aspectos negativos vividos durante o dia. Verbalizações como “coisas ruins sempre acontecem comigo”, “tenho azar” ou “por mais que me esforce, tudo sai errado” não irá ajudar mesmo.
  • É necessário ter consciência de que não se pode ter o controle absoluto de todas as coisas que acontecem. Existem momentos bons e momentos ruins, e temos que aprender com todos eles. Os aspectos negativos nos obrigam a refletir, a pensar se devemos realizar alguma mudança.
  • Um dia ruim não deve bloquear você nem fazer você fugir daquilo que aconteceu. Pense, avalie e conclua o que pode ser feito para que o outro dia seja um dia melhor.
  • Evite antes de tudo ser fatalista: se hoje foi um mau dia, não necessariamente amanhã também deverá ser. Uma atitude positiva é a melhor defesa para esta vida, ás vezes tão complexa.

3. A importância do desabafo emocional

Mujer-triste-500x333

Precisa chorar? Faça-o. Precisa ficar sozinho? Busque um momento de intimidade. As pessoas precisam se descarregar daqueles momentos onde as emoções são muito grandes. Preferir não fazê-lo, preferir esquecer o ocorrido indo para cama dormir o quanto antes, somente aumentará o problema.

  • Permita um momento de solidão para poder aliviar o mal-estar. Talvez as lágrimas não sirvam como alívio, outra opção muito saudável é, por exemplo, escrever.
  • Pegue um caderno e escreva a primeira coisa que vier na sua cabeça: uma palavra, uma frase, uma exclamação. Depois, tente ordenar suas ideias internas mediante esta estrutura: “O que estou sentindo? O que me faz sentir assim? O que posso fazer para me sentir melhor?”. É uma simples estratégia que pode ser muito saudável.

4. Permita que outros o ajudem

Amistad-500x374

Você teve um dia ruim e somente precisa ir para casa e ficar sozinho. Talvez um banho relaxante, um jantar leve e ir para cama seja o suficiente, mas, nem sempre funciona. Em certos casos, pode ser libertador falar com alguém, com aquela pessoa que sempre é sincera e que compreende você.

Permita que outras pessoas o ajudem. A vida não é uma sala vazia para ser vivida em solidão, e sim deve ser vivida em companhia de outras pessoas e sempre é mais fácil se apoiar em alguém. Fale com seu companheiro ou ligue para aquela amiga especial e converse sobre o dia.

Certamente que com a ajuda dos demais, você compartilhará um pouco os problemas e irá perceber de que não está sozinho, de que todos têm dias ruins e que sempre são superados.

5. Você merece este presente

emociones

Você teve um dia ruim? Se presenteie. Ás vezes algo tão simples como sair para passear, tomar um café, um sorvete ou ver um filme, pode significar um descanso mental. Coisas simples que nos aliviam e nos trazem descanso, nos permitem resolver muitos dos problemas do dia a dia.

Dias ruins sempre existiram e sempre existirão, mas o essencial é a atitude com a qual enfrentamos estes momentos.

Tudo passa, amanhã é um novo dia e o sol sairá novamente, então viva com otimismo. Vamos tentar?