Tratamento e prevenção das infecções urinárias

Tratamento e prevenção das infecções urinárias

Além de ser positivo para todos os nossos órgãos, o consumo de água nos ajuda a eliminar toxinas através da urina e evitar a proliferação de bactérias.

As infecções urinárias podem se apresentar em qualquer momento de nossa vida e também em qualquer parte de nossas vias urinárias, seja na bexiga, nos ureteres, nos rins ou na uretra.

Em geral, estas infecções se iniciam graças aos germes que entram na uretra e posteriormente se deslocam para a bexiga. As infecções urinárias são contraídas mais facilmente pelas mulheres do que pelos homens, graças a sua uretra reduzida e pelo fato da uretra estar mais perto do ânus.

A ideia principal do nosso artigo é te oferecer uma série de recomendações para prevenir e tratar as incômodas e perigosas infecções urinárias.

Sintomas antes de a infecção propagar

A infecção urinária nem sempre começa em todo o sistema urinário, antes de se propagar pelos rins e demais estruturas, começa em outras mais específicas, como a bexiga. Aqui os sintomas principais:

  • Urina turva ou com sangue;
  • Urina com cheiro muito forte;
  • Febre baixa (nem todas as pessoas apresentam febre);
  • Ardor ao urinar;
  • Pressão na parte inferior do abdômen, também pode se apresentar na zona lombar das costas;
  • Necessidade de urinar várias vezes seguidas.

Sintomas caso a infecção propague, especialmente para os rins

  • Arrepios e tremores;
  • Suores noturnos;
  • Fadiga;
  • Febre acima de 38ºC;
  • Dor nas costas ou na virilha;
  • Pele de cor avermelhada;
  • Mudanças mentais ou confusão (geralmente em pessoas de terceira idade);
  • Náuseas e vômitos;
  • Dor na zona abdominal muito intensa (nem sempre).

Alguns fatores que podem incrementar as possibilidades de sofrer uma infecção urinária

  • Ter diabetes;
  • Mal de Alzheimer e delírio (em idosos);
  • Problemas para esvaziar por completo a bexiga;
  • Incontinência intestinal;
  • Próstata de tamanho maior que o normal, uretra estreita ou outro fator que impeça o fluxo normal da urina;
  • Permanecer por muito tempo sem fazer atividade física;

Como prevenir as infecções urinárias?

Sempre que escutamos de uma doença, por mínima que seja, buscamos alguma maneira de preveni-la, e as infecções urinárias não são a exceção. Recomendamos que você tome nota das seguintes recomendações.

Mantenha uma higiene íntima

Sempre que for realizar a limpeza da área genital, é muito importante fazê-lo de frente para trás, para evitar arrastar bactérias da região anal para a uretra.

Beba líquido suficiente

Beber água para infecções urinárias

Beber boas quantidades de líquido, especialmente de água, favorece a diurese. Desta forma, também limita a proliferação de bactérias.

Urinar com frequência

Recomenda-se esvaziar por completo a bexiga, se não ficar vazia por completo, contribuirá para o crescimento de germes presentes neste órgão.

Urinar antes e depois da relação sexual

Quando você mantém relações sexuais vários germes aproveitam para se alojar na uretra, mas se você urinar depois, elas podem ser eliminadas.

Evite o uso de espermicidas

Os espermicidas afetam de maneira negativa o pH de nossa zona íntima e favorece amplamente o início de novas doenças urinárias.

Tratamento caseiro para as infecções urinárias

Como tudo na vida, as infecções urinárias têm solução caseira. Mas cuidado! O tratamento caseiro somente é um paliativo para aliviar sintomas. Caso a infecção urinária tenha avançado o suficiente, o tratamento caseiro não funciona, logo é recomendado procurar um médico. A seguir algumas recomendações para o tratamento caseiro.

Bicarbonato de sódio

Bicarbonato de sódio para tratar infecções urinárias

Quando os primeiros sintomas da infecção urinária aparecerem prepare a seguinte bebida: pegue um copo com 125 mL de água, depois dissolve nele ¼ colher de bicarbonato de sódio.

Tome primeiro dois copos de água normal e depois beba o que contém o bicarbonato.

Beba água suficiente

A água é um purificador por excelência e neste caso beber abundantes quantidades de água diariamente ajudará a eliminar mais germes de nossa bexiga, desocupando assim nossas vias urinárias.

Suco de mirtilo

Estudos afirmam que o suco de mirtilo contribui para que as bactérias não se agarrem ou se adiram às paredes do trato digestivo, o que contribui para que elas sejam eliminadas mais facilmente.

Água de coco

A água de coco é muito efetiva para eliminar as impurezas dos rins, por outro lado o óleo de coco é um efetivo antibacteriano que pode chegar a matar a bactéria Escherichia coli, mesmo quando ela é resistente aos antibióticos.