Tendinite: conheça tratamentos naturais

Tratamento natural da tendinite

Lembre-se de que o confrei pode ser tóxico, e por isso deve ser aplicado somente externamente. Ele ajuda a regenerar os tecidos, favorece a cicatrização de fraturas e alivia as contusões.

Muitas pessoas sofrem de tendinite em distintos lugares do corpo, como o cotovelo, o calcanhar, o ombro ou o pulso, entre outros. No entanto, muitas destas pessoas somente identificam uma destas dores e não sabe qual é a causa nem o tratamento.

A tendinite pode ser causada por uma lesão, como acontece normalmente com os atletas, ou por sobrecargas nos tendões pouco alongados. Apresentaremos alguns remédios para tratar eficaz e naturalmente a tendinite.

Diagnóstico da tendinite

O principal sintoma da tendinite é a dor, a qual se localiza ao longo do tendão, geralmente próximo a uma articulação. Esta dor pode aparecer e desaparecer e parece piorar quando realizamos exercícios.

Se tivermos uma dor localizada em um tendão que repete diariamente, devemos procurar um médico. Ele examinará e realizará os exames pertinentes.

Posto que geralmente o tratamento se baseie no consumo habitual de medicamentos anti-inflamatórios, e que em muitos casos a doença não melhora facilmente, apresentaremos alguns remédios naturais com efeitos anti-inflamatórios e sem efeitos colaterais.

Alimentação adequada

Existem alguns nutrientes imprescindíveis para tratar naturalmente a tendinite. Podemos consumi-los através dos alimentos e/ou mediante suplementos naturais.

  • A vitamina C: podemos consumir alimentos ricos em vitamina C (cítricos, kiwi, framboesa, morango, mamão) ou bem tomá-la como suplemento. Também podemos colocar um pouquinho de suco de limão nas refeições ou utilizá-lo como tempero nas saladas.
  • O magnésio: ajuda a criar o colágeno, fundamental para o esqueleto, os tendões e as cartilagens. Pode ser consumido nos alimentos (cacau, verduras de folha verde, banana e sementes) ou como suplemento, em forma de citrato de magnésio ou cloreto de magnésio (melhor evitar este último se você sofre com acidez gástrica).
  • A vitamina E: a vitamina E é um antioxidante que protege o tecido corporal do dano causado por substâncias chamadas radicais livres. É encontrada nos vegetais de folha verde (brócolis, espinafre), sementes, gérmen de trigo, levedura de cerveja e na gema do ovo.
  • Os bioflavonóides: os bioflavonóides ou vitamina P atuam como antioxidantes já que ajudam a vitamina C a manter equilibrados os níveis de colágeno. Podemos encontrá-los nos cítricos, principalmente nas cascas, recomendamos usar a casca de limões e laranjas ecológicas para adicionar em saladas, sobremesas ou batidas. Também as uvas, cerejas, damasco, mamão etc.

água com limão para tratar tendinite

Emplastos caseiros

Podemos preparar emplastos caseiros com ervas medicinais para aliviar os sintomas da tendinite. Use as seguintes plantas:

  • Confrei (Symphitum Officinale): o nome desta planta medicinal faz referência à consolidação de feridas, e apresenta importantes efeitos benéficos sobre todo tipo de contusões e fraturas, já que é uma grande regeneradora de tecidos, mas deve sempre ser aplicada externamente, pois seu uso interno é tóxico.
  • Curcuma (Curcuma Longa): apresenta importantes efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios e anticancerígenos. Podemos consumi-la também entre as refeições.
  • Arnica (Arnica Montana): um dos anti-inflamatórios naturais mais conhecidos.

cura natural da tendinite

Devemos consumir, preferivelmente, estas plantas frescas. Triturá-las em um pilão e aplicar diretamente sobre a zona a tratar, cobrindo com uma gaze sem apertar.

Se somente as temos secas, as cozinhe com pouca água e logo depois aplique igualmente sobre a pele, cobrindo com um pano para que não goteje.

Destas plantas destacamos especialmente a arnica, possivelmente a mais conhecida entre os atletas e as pessoas que sofrem com problemas inflamatórios devido ao seu amplo uso na medicina natural e homeopática, e por seu poder anti-inflamatório. Esta planta pode ser encontrada em forma de creme, tintura, homeopatia etc.

Se decidirmos pelo tratamento homeopático, o remédio é o Arnica Montana 9 CH, e tomaremos três bolinhas em baixo da língua três vezes ao dia, separadas das refeições, bebidas e dos sabores fortes e mentolados (chiclete, pasta de dente etc.).

Cataplasmas de argila

Os cataplasmas de argila são um antigo remédio muito útil para aliviar dores causadas por inflamações. Podemos usar argila verde ou vermelha, que misturaremos com água morna até conseguir uma pasta untuosa. Também podemos usar, ao invés de água, a infusão de alguma das plantas medicinais que comentamos anteriormente.

Aplicaremos o cataplasma durante pelo menos 20 minutos. Depois, lavaremos bem com água morna.

Estes cataplasmas de argila devem ser realizados uma ou duas vezes durante a semana.

Imagens de cortesia por Matt Lavin y DorteF.