Tratamento e recomendações para combater a rosácea - Melhor Com Saúde

Tratamento e recomendações para combater a rosácea

A rosácea é uma doença que afeta a pele, sobretudo as pessoas que têm a pele muito branca e são de ascendência europeia.
Tratamento e recomendações para combater a rosácea

Em geral, as mulheres sofrem com ela mais do que os homens, apesar de neles as complicações serem mais graves. A rosácea aparece como a vermelhidão e enrijecimento da pele que recobre bochechas, testa ou nariz. Neste artigo, você vai descobrir alguns tratamentos naturais para esta afecção.

Características da rosácea

A rosácea se caracteriza pela vermelhidão de algumas partes do rosto, mas também pode afetar o colo ou peito. Caso a vermelhidão apareça também no couro cabeludo e nas orelhas, isso pode ser sintoma de outra doença.

Outros sintomas da rosácea são:

— Eritema no centro da face
— Dilatação dos vasos sanguíneos superficiais (telangiectasia)
— Pequenas espinhas e pústulas
— Enrijecimento dos olhos
— Sensação de queimação na pele
— Ardor
— Vermelhidão no nariz (rinofima, complicação mais comum nos homens)

Rosacea-na-pele

Pode se apresentar juntamente com a acne ou a dermatite seborreica e, por isso, o tratamento desses problemas de saúde pode ser o mesmo. Em algumas pessoas, a rosácea causa problemas emocionais, como isolamento, vergonha, depressão, diminuição da qualidade de vida ou auto-exclusão social.

Tipos de rosácea

Rosácea eritemato-telangiectásica

Não importa muito o nome, e sim os sintomas. A pele se torna bem vermelha, os vasos sanguíneos são bem visíveis e o paciente sente coceira ou ardência.

Rosácea papulopustular

A pele também fica com um tom avermelhado e desenvolve pequenas protuberâncias, que podem ter pus. As pústulas duram cerca de quatro dias. É muito fácil confundir esse tipo de rosácea com a acne.

Rosácea fimatosa

Apresenta um enrijecimento da pele do nariz e do rosto como um todo. O nariz pode apresentar nódulos e ficar maior do que o normal, um sintoma mais comum nos homens.

Rosácea ocular

Afeta as pálpebras, as orelhas, as bochechas, a testa e o queixo. Os vasos sanguíneos ficam visíveis, os olhos ficam sempre secos, as pálpebras se mostram irritadas e a pessoa sofre com um ardor constante na pele.

O que causa a rosácea?

— Fatores hereditários
— Pessoas que se ruborizam com facilidade.
— Pacientes com muita sensibilidade à atividade do sistema nervoso parassimpático
— Causas emocionais, ansiedade

Tratamento natural para a rosácea

Conforme a medicina tradicional, não existe tratamento definitivo para a rosácea. Mas assim como diversas outras doenças da pele, pode ser um sinal de que o corpo está intoxicado e que precisa recuperar o equilíbrio. Para isso, necessitamos de três coisas: boa dieta, hábitos saudáveis e atitudes positivas frente à vida.

Dieta

Para melhorar a rosácea, é preciso que você adote uma dieta de qualidade, que consuma mais vegetais e frutas frescas, ambos antioxidantes e regeneradores celulares, além de serem ricos em nutrientes e vitaminas.

Na sua mesa, não deixe faltar a cenoura, a espirulina, o aipo, os brotos de alfafa e o tomate. Você pode misturá-los todos juntos num mesmo suco verde ou vitamina.

Alho e cebola

Alho
A cebola e o alho têm múltiplas aplicações na gastronomia e também são excelentes para a sua saúde. Contam com propriedades antioxidantes, antifúngicas, antibacterianas e depurativas. Você pode consumir um dente de alho triturado, dissolvido em água morna antes do café da manhã ou antes de dormir, para recuperar a saúde da sua pele.

Hidratação

Não se esqueça de beber bastante água ao longo do dia, já que este líquido vital é o componente principal da pele. Se a derme estiver desidratada por falta de água (que também pode ser obtida através dos alimentos, como frutas), secará e vais ressecar mais rapidamente, ficando mais propensa a doenças e infecções. Além da água, consuma chá verde depois de cada refeição e um suco de tomate por dia.

Bons hábitos

Remédio-hidratante

— Procure sempre dormir bem (entre 7 e 8 horas por noite), para que as células da pele se regenerem, se nutram e eliminem as toxinas acumuladas ao longo do dia.

— Também é bom praticar exercícios duas a três vezes por semana, para estimular a circulação sanguínea e a oxigenação da pele. A derme ficará repleta de nutrientes, você poderá liberar o estresse e eliminar toxinas que prejudicam o sistema imunológico.

— Evite as bebidas alcoólicas, refrigerantes e bebidas açucaradas, que irritam o sistema digestivo e promovem inflamações. Evite também o fumo.

Outros hábitos saudáveis

— Evite a exposição aos raios UV, usando um bom protetor solar.
— Use sabonetes suaves, sem perfume.
— Evite o estresse e a tensão.
— Evite choques térmicos: não passe de um local muito quente para outro muito frio (e vice-versa) rápido demais.
— Não se automedique. A rosácea requer o acompanhamento de um bom dermatologista.
— Evite o uso de maquiagens, bases ou cremes para a pele que contenham álcool.
— Não lave o rosto e outras áreas afetadas com água quente demais.
— Enxugue-se com uma toalha felpuda e suave.
— Para regular a acidez da pele, você pode usar argila verde duas a três vezes por semana. Esse elemento regenerador faz bem para a derme e ajuda a eliminar as células mortas. Após aplicar a máscara de argila verde, não se esqueça de usar um creme hidratante. Uma boa sugestão é usar produtos à base de aloe vera.