Tratamentos para a dor na planta dos pés - Melhor Com Saúde

Tratamentos para a dor na planta dos pés

O excesso de pressão nos pés, que é a causa da fascite plantar, pode ocorrer por diversos motivos, desde o sobrepeso ao mau uso do calçado.

A dor na planta do pé ou fascite plantar, se produz mais exatamente na parte baixa do calcanhar – ainda que pode se irradiar por todo o pé ou ter outro foco de início – , esta dor pode ser provocada pelo excesso de pressão nos pés, causando uma ruptura dos ligamentos e gerando uma intensa dor e sensação de rigidez na parte do calcanhar.

Causas de fascite plantar

A fascite plantar pode ser provocada principalmente por:

  • Excesso de peso
  • Gravidez
  • Jornadas de trabalho muito pesadas
  • Mau uso de calçados
  • Pés planos ou com muita curvatura

Sintomas

Os sintomas que são produzidos por esta condição tendem a ser:

  • Dor
  • Ardor na parte baixa do calcanhar (ou em todo o pé)
  • Rigidez

Geralmente, este problema se apresenta somente em um pé, ainda que possa aparecer nos dois pés de uma vez.

Esta afecção é muito mais forte pelas manhãs, quando damos os primeiros passos logo depois do descanso da noite ou quando ficamos em pé depois de um longo período sentado descansando, também pode ser sentida depois de uma longa jornada de exercícios ou qualquer atividade na qual permanecemos muito tempo de pé. 

Tratamentos para a dor da planta dos pés

O tratamento indicado para a dor da planta do pé é fundamentalmente reduzir o máximo a inflamação.

Remédios caseiros

Tratamento para dor nas plantas dos pés

O primeiro que devemos fazer é ficar descalço a maior parte do tempo possível, além disso, aplicar gelo pelo menos quatro vezes ao dia, durante vinte minutos cada vez, ajuda a desinflamar a zona afetada.

No sapato, devemos colocar um suporte que apoie o arco do pé, desse modo, a dor é reduzida.

Dedicar pelo menos vinte minutos diários para a prática de exercícios de alongamento.

Tome alguns remédios anti-inflamatórios – pode ser ibuprofeno- será de grande ajuda, mas sem abusar.

Tratamentos médicos

Se os anti-inflamatórios não fazem o efeito buscado, recorra a um tratamento muito mais forte e efetivo, como pode ser a aplicação de uma injeção de corticoesteroides. Esses são aplicados diretamente na parte afetada do ligamento, na pele do calcanhar ou no arco do pé, a seguir uma corrente elétrica é aplicada o que não causa nenhuma dor, assim o esteroide penetra na pele e no músculo.

Além disso, o profissional pode optar por uma terapia física, onde são feitos alongamentos da fascite plantar e nos tendões de Aquiles. Da mesma forma, recomendam exercícios para fortalecer os músculos inferiores da perna.

Em alguns casos, é primordial a utilização de talas noturnas, que ajudam a esticar a panturrilha e o arco do pé, permitindo que o pé se mantenha flexionado alargando a fascite plantar e o tendão de Aquiles, tendo como resultado a redução da dor e a rigidez nas manhãs.

Nos sapatos, pode-se utilizar alguns aparatos ortopédicos que ajudam a distribuir a pressão, desta maneira, previne-se e evita-se danos de maior importância na fascite plantar.

Lembre-se

É sumamente importante que você esteja atento(a) a todos e a cada um dos sintomas apresentados. Se ao iniciar um tratamento com os remédios caseiros que recomendamos você não sentir melhoria, o melhor é procurar de imediato um médico e seguir o tratamento prescrito.