Unhas que se descamam. Causas, tratamentos e soluções

Unhas que descamam: causas e tratamentos

Não utilize esmaltes de unhas por mais de três dias seguidos e deixe que elas descansem e respirem durante dois dias antes de pintá-las novamente.

A descamação das unhas é um problema com diversas causas, desde o estresse até a má alimentação, problemas na tireoide ou o fato de deixarmos as mãos na água por muito tempo. Conheça nesse artigo as causas, tratamentos e soluções para este problema tão comum.

Por que as unhas estão descamando?

Como dito anteriormente, as causas para o descamação das unhas são variadas. É aconselhável consultar um médico, entretanto, existe a opção de realizar um tratamento caseiro para solucionar e prevenir o problema.

Se a origem do problema está relacionada com uma má alimentação, provavelmente o que falta no organismo é o cálcio. Nesse caso, para solucionar o problema é preciso consumir lácteos tais como o iogurte, leite, queijo, além de outro alimentos tais como espinafre, acelga e todas as verduras de folhas verdes.

Também é importante evitar o consumo de bebidas gasosas, mate, café, chá, etc. pois esse tipo de bebida não permite uma absorção ótima do cálcio. Outra opção é consumir complementos de vitamina A, B e D, ou cálcio.

Remédio natural para unhas descamando

Ainda, se a origem do problema é a falta de hidratação, é recomendável consumir frutas, líquidos (água e sucos) e tomate, além de outros vegetais, para prevenir que a descamação seja maior.

Além disso, aplique um creme hidratante nas unhas, se possível antes de se deitar ou depois de permanecer em contato com água por muito tempo (lavando roupa a mão, louça, dando banho nas crianças etc.).

Essa opção também é aplicável no caso de pessoas que comem ou roem as unhas, afinal, dessa maneira, as unhas permanecem constantemente em contato com a saliva, além dos pedaços de unha que se perdem.

Quanto à estética, alguns tratamentos ou práticas podem danificar a saúde das unhas como, por exemplo, aplicar unhas postiças, lixar exageradamente, usar esmaltes de má qualidade ou com muito formol, secar as unhas quando estão úmidas repetidas vezes, tirar o esmalte com químicos muito agressivos (a acetona também faz mal à pele quando ambas entram em contato), não deixar passar um ou dois dias sem usar esmalte para que as unhas “respirem”, etc.

Outra das causas para a descamação das unhas é o contato com produtos químicos, tais como desinfetantes e demais produtos de limpeza, sem usar luvas. Tal prática deve ser evitada sempre, pois tais produtos provocam irritação na pele e descamação das unhas.

Problemas na tireoide podem causar descamação das unhas

A doença da tireoide também pode desencadear um problema com a dureza das unhas. Nesse caso é preciso procurar um endocrinologista para que receite o tratamento correspondente à doença.

Por fim, outra causa pode ser o estrese ou a falta de sono. Esses dois fatores podem ser modificados simplesmente deixando que os problemas do trabalho fiquem no trabalho, procurando o lado positivo das discussões entre aqueles com quem nos relacionamos, pensando de que maneira solucionar a falta de dinheiro, etc.

Para dormir melhor existem inúmeros tratamentos naturais, como ervas para preparar infusões e relaxar o corpo e a mente.

Recomendações para fortificar as unhas

  • Não utilize esmaltes de má qualidade, muito baratos, porque podem conter produtos químicos prejudiciais às unhas, debilitando-as;
  • Use esmaltes específicos para evitar a descamação. Existem muitas marcas de cosméticos que oferecem produtos para tratar esse problema, dentro de suas linhas “terapêuticas”;
  • Aplique um fortalecedor de unhas três vezes por semana;
  • Evite cortar ou tirar as escamas para que não danifique ainda mais a matriz da unha;
  • Submerja os dedos em um recipiente com água e vinagre de maçã por 3 minutos, duas vezes por semana;
  • Use uma lixa especial para lixar as unhas lentamente e tirar as escamas, deixando-as mais lisas. O uso frequente da lixa não é recomendável, pois a unha ficará muito fina;
  • Embeba um algodão com azeite de oliva e passe-o nas unhas para hidratá-las e selar as escamas.

Fortificar unhas

 omo preparar fortalecedores caseiros

Aqueles que sofrem com unhas frágeis, que quebram a todo o momento, um bom fortalecedor será ideal para fortalecer as unhas e torná-las saudáveis em pouco tempo. É possível encontrar uma grande variedade de marcas e modelos de fortalecedores para unhas no mercado, porém, existem receitas caseiras igualmente eficazes, mais econômicas e naturais.

  • Creme fortalecedor para as unhas: esse creme é preparado com 2 colheres de sopa de azeite de oliva, 1 colher de sopa de mel, 1 pitada de sal e 1 gema de ovo. Misture todos os ingredientes e aplique sobre as unhas. Deixe atuar por 20 minutos e depois enxágue com água morna. O procedimento pode ser repetido três vezes por semana.

Creme natural para fortalecer as unhas

  • Azeite de oliva extra virgem: mergulhe as unhas em um recipiente com esse azeite, deixe por vários minutos antes de se deitar, ou embeba um algodão no azeite e massageie as unhas todas as noites. Se o azeite de oliva for misturado com o óleo de amêndoas, teremos o complemento ideal para que suas unhas fiquem mais fortes (2 colheres de sopa de cada um). Aplique nas unhas e cutículas e deixe atuar por 10 minutos.
  • Fortalecedor “recarregado”: se você já comprou um fortalecedor em uma farmácia ou perfumaria, adicione nele um dente de alho socado, 5 gostas de suco de limão e 5 de iodo branco. Misture bem, deixe repousar 2 dias e aplique por duas semanas seguidas nas unhas.
  • Cebola: corte uma cebola ao meio e coloque as unhas dentro dela por 5 minutos. Depois retire-as e deixa-as secarem ao ar livre.

Imagens oferecidas por Vincent Lock, Peter Stevens, Julian Partridge, viviandnguyen, sjephoto y soaringbird.