Vertigens: causas e remédios naturais - Melhor com Saúde

Vertigens: causas e remédios naturais

É importante suavizar também a rigidez do pescoço. Quanto menos mobilidade, maior a descompensação entre a visão e o ouvido, fatores que influenciam no surgimento da vertigem.

Sofrer com as vertigens e suas inevitáveis tonturas é, sem dúvida, um incômodo, algo que pode dificultar nossa vida diária, nos impedindo de trabalhar ou de cuidarmos de nossas responsabilidades habituais.

Formigamentos, câimbras, sensação de frio, rigidez na nuca, tonturas, são os sintomas mais normais e, em muitas ocasiões, podem se tornar crônicos.

As vértebras, que normalmente chamamos de cervicais, têm como função manter nossa cabeça erguida. Ela é composta de sete peças, onde geralmente está focalizada a tensão.

A má postura, o desgaste ou a ansiedade podem causar os problemas que estão inevitavelmente associados às temíveis vertigens.

Causas

    • Compressão neuro vascular devido às mudanças degenerativas nas vértebras, causando uma inevitável rigidez.
    • Conflitos entre a informação do movimento do pescoço, com a informação do ouvido e a visão: produz um desequilíbrio, em que sentimos a habitual instabilidade. Os olhos notam o movimento, mas o líquido existente no ouvido e no eixo pescoço-corpo permanece imóvel, causando assim um desequilíbrio e, consequentemente, a tontura. Tudo isso faz com que percamos a confiança na hora de realizar muitas atividades em nossa vida diária, pois sentimos uma compressão e uma hipervigilância, nos negando até a mover o pescoço quando notamos uma melhora, somente por medo de voltarem os sintomas.

Remédios

Tratamentos recomendados

      • Tratamento frio-calor: comece aplicando uma bolsa de gelo durante 3 ou 4 minutos. Depois, substitua por duchas quentes, compressas quentes ou bolsas de água quente. Não é recomendado para a pele dormir com uma almofadinha térmica durante a noite.
      • Evite, na medida do possível ,a atividade física intensa: tente evitar que a zona das cervicais inflamem ainda mais.
      • Banhos com água de alecrim ou água de lavanda são muito benéficos, atuam como anti-inflamatórios e são muito úteis para tratar contraturas, lombalgias, dor nas cervicais.
      • Tente ter um padrão de sono regular, o que trará estabilidade ao organismo, reduzindo também os estados de estresse.
      • O tratamento com um fisioterapeuta é também muito benéfico, assim como realizar exercícios aeróbicos que oferecem ao nosso corpo e ao nosso sistema nervoso a mobilidade e dinamismo indispensáveis para o bem-estar. É necessário suavizar também a rigidez do pescoço: quanto maior a rigidez e menor a mobilidade, maior é o desequilíbrio entre a visão e o ouvido, fatores básicos que produzem as tonturas.

Plantas para remediar a vertigem

        • Ginkgo biloba: seu extrato melhora a nossa circulação a nível cerebral, curando as tonturas, vertigens, zumbidos nos ouvidos, dor de cabeça. Podemos beber infusões ou tomar os preparados em comprimidos que são vendidos nos ervanários ou lojas de produtos naturais.
        • Gengibre: suas propriedades são perfeitas para remediar as tonturas e eliminar a sensação de náuseas. Podemos tomar a infusão pela manhã.

Jengibre

        • Passiflora: ajuda a prevenir as tonturas e é perfeita para situações de estresse e ansiedade, que são basicamente parte das causas da dor cervical. Podemos tomar a infusão de duas a três vezes ao dia.
        • Uva vermelha: usada habitualmente para melhorar a circulação cerebral, ajudando também aos pacientes com quadros de tonturas, vertigens, náuseas, enxaquecas. São muito benéficos tanto o suco das uvas como as folhas, que podem ser tomadas na forma de infusão quando estiverem secas. Ferva a água, deixe repousar e tome aos pequenos goles uma vez por dia.
        • Infusões de camomila e hortelã: mesmas propriedades do gengibre que aliviam as náuseas, vômitos e regulam a sensação de tontura. Podemos tomar sempre que necessitarmos.
        • Vitamina B6: existem diversos estudos que avaliam a importância na cura das tonturas e vertigem. A piridoxina melhora a metabolização das enzimas e dos aminoácidos dos grupos dos estados de ânimo, da energia, do rendimento muscular e do equilíbrio corporal. Tudo isso torna a vitamina B6 indispensável para manter e melhorar a saúde de nossos ossos e das vértebras e regular, inclusive, a sensação de angústia, os desequilíbrios e vômitos. Podemos encontrar a vitamina em cápsulas, nos ervanários e nas lojas de produtos naturais, sendo recomendado tomar 1,3 mg ao dia para os adultos e 0,6 mg ao dia para as crianças de 8 a 13 anos.

espinacas-desegura89

Também podemos encontrar a vitamina B6 nos grãos integrais, nas bananas, batata, alho, castanhas, ameixa seca, pistache, linguado, couve-flor, espinafre.