Câncer: Veja como o vinho tinto pode nos ajudar a prevenir

Como o vinho tinto pode nos ajudar a prevenir o câncer?

Segundo pesquisados da Universidade de Leicester (Reino Unido), o vinho tinto que muitos de nós consumimos diariamente, contém Resveratrol, um componente químico que comprovadamente ajuda a prevenir o câncer.

O Resveratrol está presente no vinho tinto, bem como em alguns dos medicamentos receitados atualmente e este, foi comprovado, é quem ajuda a reduzir a ocorrência de tumores nos intestinos.

Os pesquisadores que realizaram a descoberta apresentaram os resultados na Conferência do Resveratrol em 2012 e explicaram como este componente ajuda na redução da incidência do câncer.

De momento, todos os testes foram realizados em laboratórios, mas os pesquisadores esperam obter melhores resultados em breve e conhecer, com exatidão, como este componente atua nas células de nosso organismo.

Essa descoberta amplia os estudos realizados em grande parte do mundo, e pretende ser o início para encontrar uma cura mais eficaz para essa doença, que ainda é uma das primeiras causas de morte em nossa espécie.

 Propriedades que evitam o câncer

 

Se os pesquisadores foram bem sucedidos em conhecer o efeito deste componente químico e analisar como atua nas células de nosso corpo, poderia ser o começo para a criação de fármacos capazes de prevenirem o desenvolvimento da doença, o que possivelmente ainda demoraria cerca de mais de 10 anos.

Porém, as pesquisas não deixam de ser uma esperança para todas as pessoas que sofrem de câncer, bem como seus familiares ou familiares que perderam seus entes queridos para essa doença.

Depois de comprovada a eficácia desse componente no auxílio à prevenção dessa e de outras doenças, agora é necessário continuar com as pesquisas para conhecer melhor como ele afeta realmente a diferentes grupos de pessoas que o consumam em diferentes doses.

Além disso, na conferência de 2012 se apresentaram especialistas que trabalham com o Resveratrol para ajudarem a estabelecer a quantidade do composto necessária e como ele poderia ser utilizado para ajudar na prevenção de outras doenças, tais como a diabetes, doenças cardíacas e neurológicas, dentre outras.

Resultados das pesquisas contra o câncer

Os resultados são animadores, pois foi exposto que as pesquisas a respeito desse tipo de doença, que são as mais severas, tem avançado a um bom ritmo e tudo isso graças a ajuda de governos que investem no desenvolvimento de pesquisa para a saúde, bem como pessoas que contribuem, mesmo que em pequenas porções, em termos econômicos pra que as pesquisas sigam e os resultados surjam para melhorarem a prevenção e tratamento desse tipo de doença.

Agora, nos resta acompanhar o desenvolvimento das pesquisas e novas descobertas e torcer para que os resultados sejam totalmente satisfatórios.