Você sente queimação ou acidez? Saiba que não são iguais!

Você sente queimação ou acidez? Saiba que não são a mesma coisa!

Ainda que tenham os mesmos sintomas e sejam confundidos com frequência, a queimação e a acidez são opostos. A queimação aparece por escassez de sucos gástricos, e a acidez pelo excesso.

Muitas pessoas sofrem com queimação ou acidez depois de comer, geralmente por não terem comido de forma equilibrada, porém, há quem padece estas afecções quase diariamente, não importando o que comem. Neste artigo, vamos explicar por que a queimação e a acidez ocorrem, já que conhecê-las e saber diferenciá-las vai ajudar a determinar qual desequilíbrio está acontecendo e o tratamento adequado.

Fatores que influenciam na queimação ou acidez

Há algumas questões que são comuns para estes dois transtornos, e por isso as destacamos em primeiro lugar:

  • Combinar diferentes alimentos em uma mesma refeição: por exemplo, carne e peixe, legumes e carne, lácteos e carne, etc. Devemos escolher refeições mais simples.
  • Comer em grande quantidade: se a digestão for difícil para nosso estômago, o mais saudável é consumir pequenas quantidades várias vezes ao dia, para evitar que se sobrecarregue.
  • Comer sobremesas ricas em gorduras, lácteos e/ou açúcares: são difíceis de digerir e engordam, por isso é sempre melhor comer doces de manhã ou à tarde.
  • Comer frutas cítricas de sobremesa, já que os ácidos não se digerem bem depois da refeição. Devemos optar pela maçã ou pera, e deixar os cítricos para a parte da manhã.
  • Comer muito rápido, sem mastigar corretamente os alimentos.
  • Beber muita água na comida: é muito mais saudável beber água até meia hora antes ou depois de ter feito a digestão.
  • Comer em estado de estresse, nervosismo, ansiedade ou irritabilidade. Tente comer tranquilamente, em um lugar agradável, sem fazer outras coisas e evitando as companhias que alteram nosso estado de ânimo.
  • Uso prolongado de medicamentos antiácidos,  que podem alterar o pH naturalmente ácido de nosso estômago.

 

  • Cítricos influênciam na queimação ou acidez

    A queimação

    Quem sofre de queimação se diferencia do resto porque seu estômago produz poucos sucos gástricos, o que provoca a fermentação dos alimentos ao não serem bem digeridos. 

    Os sintomas mais comuns são:

    • Digestões lentas, com sensação de estômago pesado.
    • Queimação após as refeições.
    • Fome com ansiedade.
    • O estômago se enche facilmente.
    • Também pode causar prisão de ventre, gases e problemas de inflamação de gengivas.

    Remédios para a queimação

    Para combater estes sintomas devemos seguir os seguintes conselhos:

    • Comer porções pequenas durante todo o dia.
    • Não ingerir alimentos muito quentes ou muito frios.
    • Mesmo se estivermos ansiosos para comer, devemos tentar mastigar bem e comer devagar.
    • Tomar algum suplemento natural à base de enzimas digestivas, adequado para nosso organismo, segundo o tipo de alimento que mais nos custa digerir (gorduras, proteínas, hidratos de carbono).

     A acidez

    A acidez gástrica é o oposto à queimação: o estômago separa demais os ácidos, o que faz com que os alimentos se digiram mais rápido.  Podemos apresentar também os seguintes sintomas:

     

    • Acidez antes de comer.
    • Temos muita fome e a comida acalma a acidez.
    • Muita sede de bebida fria.
    • Prisão de ventre e gengivas inflamadas.

    Remédios para a acidez

    • Ainda que comer acalme a acidez, devemos fazê-lo lentamente, sempre mastigando bem os alimentos e escolhendo os que são mais saudáveis e refrescantes.
    • Evitar alimentos ácidos ou acidificantes, como os cítricos, as farinhas refinadas, os açúcares, as frituras, os lácteos ou a carne vermelha. Podemos tomar limão, já que mesmo que seja ácido, tem a propriedade de neutralizar os ácidos em nosso estômago.                                                                                                                                                                                                                                                                         Batatas fritas contribuem queimação ou acidez

      Antiácidos naturais

      Se tivermos a necessidade de tomar um antiácido, tanto para os sintomas de queimação quanto para os de acidez, devemos escolher um destes remédios naturais que alcalinizam sem alterar o pH natural do estômago e desta forma, vamos tentar evitar os medicamentos, incluindo o bicarbonato de sódio, que a longo prazo pode se tornar prejudicial.

  • Cerejas umeboshi: estas cerejas japonesas têm um sabor muito forte, são salgadas e ácidas ao mesmo tempo, pois estão fermentadas. No entanto, são muito benéficas. Basta colocá-las no meio de nossa língua, deixar uns instantes e depois engolir.

Cereja Umeboshi combate queimação ou acidez

  • Argila branca (de uso oral): a argila branca é um suplemento muito benéfico, já que nos ajuda a eliminar as toxinas de nosso corpo e é um excelente alcalinizante que neutraliza a acidez. Coloque uma colher da argila em um copo de água e depois retire-a com uma colher que não seja nem de plástico nem de metal. Deixe repousar por dez minutos e beba a mistura.
  • Suco de batata crua: o suco de batata, apesar de ter uma textura e um sabor um pouco estranhos, é um antiácido natural que devemos ter sempre por perto. Podemos bater uma batata bem lavada e descascada no liquidificador ou também é possível comprar o suco em uma loja de produtos naturais.