Você fica triste no Natal? Não perca estes 6 conselhos - Melhor com Saúde

Você tende a ficar triste no Natal? Não perca estes 6 conselhos

O dinheiro não é tudo nesta vida, portanto, não podemos deixar que as dificuldades financeiras nos amargurem no final do ano. Concentre-se nas pessoas queridas e desfrute dos pequenos detalhes.
Você tende a ficar triste no Natal? Não perca estes 6 conselhos

O Natal é uma época de união familiar, celebração e momentos que causam uma sensação de felicidade; entretanto, enquanto algumas pessoas desfrutam dessa época assim, em outras surge um estado de tristeza que chega a ser comparável à depressão.

Por questões sociais, essa época do ano está relacionada às festas, presentes e muitos outros detalhes, que, supõe-se, geram alegria. O problema é que, por uma ou outra razão, há pessoas que não podem vivenciá-las assim e desenvolvem uma série de emoções negativas que podem acabar em uma situação delicada.

Quem tende a ter essas oscilações de humor deve buscar a possível causa de sua infelicidade e uma possível solução. Para isso, a seguir compartilhamos os fatores que mais influem e uma série de recomendações para combater essa “tristeza natalina”.

Causas da tristeza no Natal

Antes de saber como aliviá-la, é bom identificar sua possível origem. Vamos revisar alguns dos motivos mais comuns:

– Lembrar com nostalgia da infância.
– Não ter tempo suficiente para compartilhar com a família.
– Estar sobrecarregado de trabalho.
– Não poder visitar os familiares ou amigos mais próximos.
– Estar cercado de pessoas negativas.
– Ter perdido um ser querido.
– Solidão.

Se você se identificar qualquer uma dessas razões, convidamos você a aplicar os seguintes seis conselhos para viver o final de ano com mais tranquilidade, sem ficar triste no Natal e Ano Novo.

1. Diante da perda de um ser querido…

Mulher triste no Natal

É essencial dar um tempo de luto e adaptação. Não é fácil aceitar o fato de que alguém tão amado não está presente. Lembrar-se de como se viveu o Natal em anos anteriores com essa pessoa pode causar melancolia e depressão.

Para enfrentá-lo, é bom buscar apoio nos demais familiares e transformar essas lembranças tristes em causa de felicidade.

Ainda que não seja uma obrigação celebrar, é bom recordar as coisas positivas e procurar estar cercado de quem ainda está presente.

2. Se você estiver longe da família…

Atualmente, é muito fácil encurtar distâncias, graças à tecnologia. Ainda que, para todo mundo, o ideal é poder estar reunido em casa, quando não é possível, vale a pena aproveitar essas ferramentas tecnológicas que permitem estar em contato a todo momento.

A chamada com vídeo, os aplicativos de mensagens instantâneas e as redes sociais, tornam possível uma proximidade, para que a distância não seja tão sentida.

Além disso, se não puder celebrar o Natal com a família, haverá outras datas para estar juntos. O importante é não se deixar levar pelo estresse e tratar de comemorar de alguma forma no local onde se mora.

3. Se houver problemas relativos a dinheiro…

Família reunida no Natal

Os problemas financeiros relacionados a essas datas são muito comuns e são uma das principais causas da depressão.

O fato de não contar com dinheiro para os presentes ou para realizar uma viagem em família pode causar frustração e outras emoções negativas, que podem se transmitir a cada um dos membros familiares.

Para não deixar que esse fator afete essas datas, é bom buscar um plano alternativo, como sair para ver as decorações natalinas, passear por parques da cidade ou assistir um filme.

Nestes momentos, poderemos lembrar que nem tudo é dinheiro e que a felicidade está nos pequenos detalhes.

4. Para sentir alívio emocional…

Uma das melhores terapias é fazer algo especial por alguém que necessite. Dar um presente, compartilhar uma refeição ou oferecer alguma ajuda, por pequena que seja, causa uma sensação de alívio e tranquilidade a nível espiritual.

5. Se você ficar triste no Natal por causa da solidão…

Mulher se sentindo triste no Natal

O melhor antídoto para combatê-la será companhia. Telefonar para um amigo ou sair para fazer novas amizades pode completar esse vazio para tornar esses dias um pouco mais divertidos.

6. Se for devido a problemas familiares…

É o momento de acabar com o orgulho. Se os demais não tomarem a iniciativa para a reconciliação, você pode fazê-lo.

Vivenciar dificuldades nas relações familiares causa tristeza, mais ainda em datas em que se supõe que os laços devem estar mais unidos do que nunca.

Se for um problema complexo, que não pode ser solucionado tão facilmente, pelo menos deve-se chegar a um tipo de acordo para que isso não afete as festas e celebrações. A tolerância e o respeito devem ser o mais importante, ainda que haja diferenças ou problemas.

Talvez esses conselhos não sejam suficientes para aliviar por completo a tristeza dessas datas, mas, pelo menos, podem ajudar. O primordial é tentar adotar uma boa atitude e estar disposto a enfrentar esses problemas da melhor forma possível.